Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Vereadora do PT é condenada a indenizar Cattani por danos morais

Edna Sampaio fez acusação após postagem de Cattani nas redes sociais 02/12/2021 - 13:38:09

A vereadora de Cuiabá, Edna Sampaio (PT) foi condenada a pagar uma indenização de R$ 3 mil ao deputado estadual Gilberto Cattani (PSL), por acusa-lo de ser homofóbico, em suas redes sociais. A decisão foi proferida na última segunda-feira (29), pelo juiz Cássio Leite Barros Neto, da 1ª Vara da Comarca de Nova Mutum.

A Justiça já havia, no mês de junho, determinado que a vereadora apagasse todas as publicações que fez em suas redes sociais contra Cattani, entendendo que a parlamentar petista cometeu crime de calúnia ao acusa-lo de ter cometido o crime de homofobia.

Conforme o magistrado, a Justiça não pode tolerar que uma pessoa seja acusada publicamente de ter cometido algum crime que ela não cometeu.

“Nunca, em hipótese alguma, pode o poder judiciário permitir atribuição de crime a alguém que não o cometeu, isso não é política, isso é ato ilícito passível de ser reprimido judicialmente. Isto posto, opino pela procedência da pretensão contida na inicial para tornar definitiva a decisão que antecipou os efeitos da tutela e, ainda, condenar a Reclamada a pagar ao Reclamante o valor de R$ 3.000,00 (três mil reais) a título de indenização por danos morais”, diz a sentença.

O advogado do deputado, Daniel Luis Nascimento Moura, explicou que a condenação comprova que Cattani nunca cometeu crime de homofobia e que nenhum parlamentar tem o direito de exceder os limites de suas funções, que no caso da vereadora, é de legislar por Cuiabá.

“Nós entramos com uma ação de indenização contra a vereadora, da qual tivemos lá atrás uma decisão liminar, onde o juiz mandou ela apagar qualquer fala acusando o deputado de ser homofóbico e agora veio a sentença confirmando que ela errou e a condenando a pagar R$ 3 mil de danos morais. O valor não nos interessa, o que interessa é que a justiça reconheceu que ele não fez nada e que qualquer parlamentar que exceder os limites de suas funções está sujeito a ser penalizado”, afirmou.

No mês de maio deste ano, Cattani, em referência a frase “não ser gay é uma escolha, ser homofóbico é”, que foi amplamente divulgada por ativistas da causa LGBTQIA+, no dia internacional contra a homofobia, publicou na ferramenta Stories de sua conta no Instagram, a frase “ser homofóbico é uma escolha, ser gay também”.

Desde então, a vereadora Edna Sampaio passou a acusar Cattani, por meio de vídeos e textos em suas contas nas redes sociais, de ter cometido crime de homofobia, delito este que ele nunca foi sequer julgado ou condenado.

Com Assessoria.

Foto Reprodução

Fonte: Da Redação

Veja tambem

23/01/2022 | COTA PARLAMENTAR

3 deputados federais gastam quase R$ 200 mil com aluguel em 2021

Conforme o portal, os deputados federais têm direito a receber um auxílio-moradia de R$ 4.253, quando não ocupam um apartamento funcional.

21/01/2022 | PARCERIA

Sinop oferece alfabetização para jovens e adultos pelo Programa Mais MT Muxirum

O programa é realizado pelo Governo do Estado, em parceria com a Prefeitura de Sinop.

21/01/2022 | PARCERIA

PRF terá sede em Sinop com imóvel locado pela prefeitura

O imóvel locado fica localizado na rua das Castanheiras, próximo ao cruzamento com Avenida das Sibipirunas.

21/01/2022 | DOSE PEDIÁTRICA

Gilberto nega erro em vacinação de crianças e diz que denúncia busca atrapalhar campanha de imunização

Para Gilberto, é necessário cautela para analisar os dados.

21/01/2022 | ELEIÇÕES 2022

MDB diz ter nomes para disputar Governo, mas pode indicar vice de Mauro

Carlos Bezerra citou Emanuel Pinheiro e Janaína Riva como possíveis candidatos ao Palácio Paiaguás

20/01/2022 | PIS/Cofins Jair Bolsonaro

Presidente negocia PEC para zerar impostos sobre combustíveis

Medida prevê fim da cobrança da PIS/Pasep e Cofins nestes produtos

20/01/2022 | 14,3 MILHÕES

Governo investe R$ 14,3 milhões para construção de novas unidades da Polícia Militar em MT

Até agora, seis municípios foram beneficiados com os convênios que somam R$ 29,3 milhões

20/01/2022 | ENDEMIAS

Dengue: mais de 200 focos de Aedes encontrados em 15 dias de trabalhos

122 casos da doença foram notificados sendo que 22 já estavam confirmados como dengue e, os outros 100, ainda em investigação pelo setor.

20/01/2022 | DISTRIBUIÇÃO DE NOVILHAS

Governo faz chamamento público para fomento da bacia leiteira em Mato Grosso

Empresas, associações e cooperativas poderão se inscrever; sessão ocorre no dia 21 de fevereiro

20/01/2022 | EDUCAÇÃO

Municípios de MT receberão R$ 2,4 bilhões do Fundeb em 2022

A distribuição é feita de acordo com o número de matrículas de cada prefeitura.

19/01/2022 | ÁGUA BOA A LUCAS

Governo Federal libera recurso para duas ferrovias em MT

A projeção de investimentos nos trechos autorizados é de R$ 102,3 bilhões.

19/01/2022 | QUENTINHAS NOS PRESÍDIOS

Quatro empresas denunciam ao TCE falhas em pregão de R$ 300 milhões em MT

Conselheiro dá prazo de cinco dias para secretário detalhar licitações