Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Governador veta porte de arma para advogados em MT e libera para atiradores esportivos

ALMT aprovou 2 projetos sobre porte de armas, mas só um teve aval do governador 26/07/2022 - 15:53:12

O governador Mauro Mendes (UB) analisou os dois projetos de lei encaminhados pela Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) que versavam sobre a liberação do porte de armas para algumas categorias, no Estado. O gestor estadual sancionou o texto que prevê o risco para o atirador desportivo integrante de entidades de desporto (CACs), mas vetou a legislação que reconhecia o risco da atividade profissional dos advogados.  

O Projeto de Lei 25/2022, que previa a liberação para os CACs, é de autoria dos deputados Ulysses Moraes (PTB), Xuxu Dal Molin (UB) e Gilberto Cattani (PL). O texto foi sancionado na segunda-feira (25), pelo governador, e transformou-se na Lei 11.840/2022. 

Na justificativa da legislação, os parlamentares alegavam que “o Atirador Esportivo por sua condição especial está inegavelmente exposto a risco, sujeito a atividade criminosa, porquanto alvo na busca de armamento. Esses desportistas não têm meio de defesa, muito embora transportem bens e valores de interesse dos criminosos”. 

Mauro Mendes, no entanto, vetou o projeto que reconhecia o risco da atividade profissional dos advogados. O texto, que fazia parte do Projeto de Lei 259/2022, é de autoria do deputado estadual Faissal Calil (Cidadania). De acordo com o governador, a proposta invade a competência legislativa da União, sendo assim, inconstitucional. 

“A Procuradoria-Geral do Estado opinou pelo veto total ao projeto de lei pela sua inconstitucionalidade, de acordo com os tópicos elencados no parecer, os quais acompanho integralmente: Inconstitucionalidade Formal: Invasão de Competência legislativa e material da União para fiscalizar a fabricação, o comércio, a importação, a exportação, a aquisição, o armazenamento, a posse ou o porte e a destinação final dos materiais bélicos em todo o território brasileiro, e da atribuição da Polícia Federal para avaliar o risco da atividade e a efetiva necessidade do porte de armas, além da atribuição da União Federal para definir requisitos e condições para o exercício da atividade profissional”, aponta o despacho. 

O veto do governador também aponta que a legislação incidiria também em Inconstitucionalidade material, já que o Projeto de lei, ao criar presunção de risco de atividade, busca a facilitar o porte de arma para os profissionais da advocacia, independente da área de atuação jurídica, em contraposição à intenção legislativa subjacente ao Estatuto do Desarmamento (Lei 10.826/2003) de coibir e controlar o acesso a armas e seu porte. A ALMT, no entanto, irá avaliar o veto e poderá manter ou derrubar a decisão de Mauro Mendes.

Foto Reprodução

Fonte: Folha Max / LEONARDO HEITOR

Veja tambem

08/08/2022 | LEGISLATIVO SINOP

Sinop: CPI que investiga saúde começa a elaborar relatório final

Denúncias de atraso no pagamento dos salários levaram a implantação da CPI, na Câmara de Sinop, no dia 2 de maio deste ano.

08/08/2022 | LEGISLATIVO SINOP

Câmara autoriza município remanejar R$ 2,2 mi para realização de estudos

08/08/2022 | MELHORIAS NO TRÂNSITO

Trânsito já instalou três novos semáforos e cinco botoeiras; confira os locais

Ao todo, a Prefeitura está investindo aproximadamente R$ 4,2 milhões.

08/08/2022 | ELEIÇÕES 2022 TSE

TSE responde aos questionamentos técnicos das Forças Armadas

Presidente do tribunal diz que não há normas para algumas solicitações.

07/08/2022 | ELEIÇÕES 2022

Lula declara R$ 7,4 milhões em bens ao TSE; veja patrimônios informados pelos presidenciáveis

Bolsonaro e Ciro ainda não registraram candidaturas na Justiça; Simone Tebet declara R$ 2,3 milhões

06/08/2022 | ELEIÇÕES 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

Votação será realizada no dia 2 de outubro.

05/08/2022 | ELEIÇÕES 2022 BOLSONARO 44,2%

Bolsonaro é favorito em MT com 44,5%; Lula tem 33,2%

Presidente caiu em relação a pesquisas anteriores, mas dentro da margem de erro; Ciro tem apenas 4%

04/08/2022 | RODOVIA DA MORTE

Dorner reivindica à presidente melhorias para diminuir mortes na BR-163

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, falou sobre a situação da rodovia, que é conhecida como rodovia da morte.

03/08/2022 | NO “MATO SEM CACHORRO”

PP veta aliança com PT e afasta Neri da federação de esquerda

Decisão foi divulgada pelo dirigente da sigla, que lembrou apoio à reeleição de Bolsonaro

02/08/2022 | NOVO MARCO REGULATÓRIO DO SANEAMENTO

Sinop: Cidades atendidas pela AGER são capacitadas para regular serviço de água e esgoto

02/08/2022 | CRIME ORGANIZADO

Sesp: facções conseguiram penetrar até em forças de segurança

Alexandre Bustamante diz que facções brasileiras estão se expandido para outros países

01/08/2022 | LEGISLATIVO SINOP

Vereadores retomam sessões ordinárias e aprovam projetos voltados para saúde

Outros 17 projetos (lei, decreto legislativo) e um veto foram encaminhados às comissões para análise.