Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Cattani quer fim de feriado em MT: “Nada a ver com racismo"

Medida torna feriado em ponto facultativo; tendência é que o projeto de lei seja votado na próxima semana. 25/06/2022 - 19:13:50

O deputado estadual Gilberto Cattani (PL) defendeu o projeto de lei, de sua autoria, que torna ponto facultativo o feriado estadual da Consciência Negra. O feriado é comemorado no dia 20 de novembro, que neste ano cai em um domingo.

A medida foi colocada na pauta da sessão desta semana, mas não foi votado. A tendência é de que ele seja analisado na próxima semana. 

O parlamentar afirmou que o objetivo da mudança é um pedido do comércio do Estado, que sofreu com os fechamentos durante a pandemia da Covid-19.

“Nós tivemos uma solicitação do setor comercial para que a gente pudesse amenizar a questão dos feriados no mês de novembro. Há três feriados em novembro e quase todos são prolongados. Dia 2 [Finados], 15 [Proclamação da República] e 20 [Consciência Negra]”, disse.

“O único feriado que a gente pode alterar e não anular, que fique bem claro, é o feriado estadual da Consciência Negra. O projeto é para que ele se torne ponto facultativo, coisa que na Capital e em outros municípios do Estado já é. Nós só estamos tentando fazer isso a nível estadual”, acrescentou.

Cattani negou que o projeto tenha cunho racista. Para ele, não há desrespeito com os negrosn a apresentação de tal propositura.

“Não tem absolutamente nada a ver com racismo. Eu acho que todos são iguais. Os negros precisam ser respeitados, assim como os brancos, como os homossexuais, heterossexuais"

"As pessoas têm que ser respeitadas da maneira que elas são. Isso não é uma falta de respeito de forma nenhuma. Nós estamos aqui falando de questão comercial”, pontou.

Foto: ALMT

Fonte: MidiaNews - THAIZA ASSUNÇÃO E CÍNTIA BORGES

Veja tambem

08/08/2022 | LEGISLATIVO SINOP

Sinop: CPI que investiga saúde começa a elaborar relatório final

Denúncias de atraso no pagamento dos salários levaram a implantação da CPI, na Câmara de Sinop, no dia 2 de maio deste ano.

08/08/2022 | LEGISLATIVO SINOP

Câmara autoriza município remanejar R$ 2,2 mi para realização de estudos

08/08/2022 | MELHORIAS NO TRÂNSITO

Trânsito já instalou três novos semáforos e cinco botoeiras; confira os locais

Ao todo, a Prefeitura está investindo aproximadamente R$ 4,2 milhões.

08/08/2022 | ELEIÇÕES 2022 TSE

TSE responde aos questionamentos técnicos das Forças Armadas

Presidente do tribunal diz que não há normas para algumas solicitações.

07/08/2022 | ELEIÇÕES 2022

Lula declara R$ 7,4 milhões em bens ao TSE; veja patrimônios informados pelos presidenciáveis

Bolsonaro e Ciro ainda não registraram candidaturas na Justiça; Simone Tebet declara R$ 2,3 milhões

06/08/2022 | ELEIÇÕES 2022

Mais de 23 milhões de eleitores estão aptos a votar voluntariamente

Votação será realizada no dia 2 de outubro.

05/08/2022 | ELEIÇÕES 2022 BOLSONARO 44,2%

Bolsonaro é favorito em MT com 44,5%; Lula tem 33,2%

Presidente caiu em relação a pesquisas anteriores, mas dentro da margem de erro; Ciro tem apenas 4%

04/08/2022 | RODOVIA DA MORTE

Dorner reivindica à presidente melhorias para diminuir mortes na BR-163

O ministro da Infraestrutura, Marcelo Sampaio, falou sobre a situação da rodovia, que é conhecida como rodovia da morte.

03/08/2022 | NO “MATO SEM CACHORRO”

PP veta aliança com PT e afasta Neri da federação de esquerda

Decisão foi divulgada pelo dirigente da sigla, que lembrou apoio à reeleição de Bolsonaro

02/08/2022 | NOVO MARCO REGULATÓRIO DO SANEAMENTO

Sinop: Cidades atendidas pela AGER são capacitadas para regular serviço de água e esgoto

02/08/2022 | CRIME ORGANIZADO

Sesp: facções conseguiram penetrar até em forças de segurança

Alexandre Bustamante diz que facções brasileiras estão se expandido para outros países

01/08/2022 | LEGISLATIVO SINOP

Vereadores retomam sessões ordinárias e aprovam projetos voltados para saúde

Outros 17 projetos (lei, decreto legislativo) e um veto foram encaminhados às comissões para análise.