Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Vinte um atletas morrem em ultramaratona na China

Corrida, de 100 quilômetros, começou no sábado 24/05/2021 - 09:53:00

Vinte e uma pessoas morreram durante uma ultramaratona na província de Gansu, no noroeste da China. A corrida, de 100 quilômetros (km), começou no sábado (22) e, no caminho, os atletas contavam com desfiladeiros e colinas, em uma região a mais de mil metros de altitude.

De repente, o tempo mudou. Ficou extremamente frio e começou a chover forte granizo. Foi fatal para mais de duas dezenas de atletas. Quando a ultramaratona começou, o céu já estava nublado, mas não havia previsão do que poderia ocorrer.

Por volta do meio-dia de sábado, numa área montanhosa da prova, o clima sofreu uma alteração súbita. Toda a região por onde passavam os atletas foi atingida por uma mudança repentina de temperatura, que chegou a valores negativos, acompanhada de forte granizo. Alguns maratonistas falam em chuva congelante e um vendaval como nunca tinham visto.

"A chuva ficou cada vez mais forte", disse à Reuters Mao Shuzhi, quando já tinha corrido 24 km. A atleta decidiu então voltar. Ela já tinha passado por experiências anteriores com hipotermia e não quis se arriscar. 

"No início, fiquei um pouco arrependida", disse. "Pensava que poderia ser apenas uma chuva passageira, mas quando vi os fortes ventos e a chuva mais tarde, pela janela do meu quarto de hotel, senti-me tão sortuda por ter tomada essa decisão".

Pouco depois começou uma enorme operação de resgate, com mais de 1,2 mil pessoas auxiliadas por drones, com imagens térmicas, detectores de rádio e equipamentos de demolição, informa a Reuters.

Um deslizamento de terra dificultou os trabalhos.

No total, participavam da maratona 172 pessoas e 21 acabaram morrendo.

A organização da prova está sendo fortemente criticada por não ter um plano de contingência para eventualidades.

© Reuters/ cnsphoto/Direitos reservados

Fonte: AG Brasil / Por RTP - Pequim

Veja tambem

06/08/2022 | grãos da Ucrânia

Primeiro navio estrangeiro chega à Ucrânia desde o início da guerra

Embarcação tem a bandeira de Barbados.

02/08/2022 | INTERNACIONAL

Biden: ataque dos EUA no Afeganistão mata líder da Al Qaeda

Havia recompensa de US$ 25 milhões por Ayman al-Zawahiri

06/07/2022 | INTERNACIONAL

Juventudes rurais de todo o mundo se reuniram na Costa Rica para trocar experiências sobre agricultura regenerativa

Na sede central do IICA, na Costa Rica, embaixadores da rede NextGen Ag Impact Network (NGIN) ratificaram que a agricultura é fundamental para alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável.

06/07/2022 | INTERNACIONAL

Avanço russo na região de Donetsk foi frustrado até agora, diz Ucrânia

Sloviansk e outras áreas, no entanto, são fortemente bombardeadas

28/05/2022 |

Rússia exibe míssil de cruzeiro hipersônico Zircon em teste no mar

Míssil foi disparado do Mar de Barents e atingiu um alvo no Mar Branco

06/05/2022 | EXPLOSÃO HAVANA

Explosão em hotel no centro de Havana mata pelo menos quatro pessoas

Presidente cubano descartou que causa tenha sido uma bomba Share on WhatsApp Share on Facebook Share on Twitter Share on Linkedin

30/04/2022 | MUNDO - GUERRA NA UCRÂNIA

Polônia já enviou mais de 200 tanques para a Ucrânia

A informação é da estatal Rádio Polonesa.

15/04/2022 | MUNDO GUERRA

Ucrânia diz ter atacado comboio militar e principal navio russo na região

Na região de Kharkiv, a Ucrânia informou que atingiu uma ponte por onde passava um comboio russo

06/04/2022 | MUNDO SANÇÕES

EUA anunciam sanções contra filhas de Vladimir Putin

As sanções são uma retaliação dos americanos e aliados devido à invasão da Rússia ao território ucraniano

03/04/2022 | MUNDO RÚSSIA-UCRÂNIA

Rússia culpa 'radicais da Ucrânia' por corpos em Butcha e convoca Conselho de Segurança da ONU

A informação foi compartilhada pelo vice-embaixador russo na ONU, Dmitri Polianski, em um aplicativo de mensagens, de acordo com a agência de notícias RIA.

19/03/2022 | MUNDO GUERRA

Ataque russo mata meia centena de soldados ucranianos em Mykolaiv

Ataque ocorreu enquanto dormiam.

19/03/2022 | MUNDO GUERRA

Ataque russo mata meia centena de soldados ucranianos em Mykolaiv

Ataque ocorreu enquanto dormiam.