Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Sintep cita negacionismo do Estado e critica retorno presencial das aulas em MT

07/10/2021 - 23:36:03

O Sindicato dos Trabalhadores no Ensino Público de Mato Grosso (Sintep) reagiu ao anúncio da Secretaria Estadual de Educação em relação ao retorno obrigatório das aulas presenciais marcado o dia 18 de outubro no Estado. A decisão foi anunciada pelo chefe da pasta, Alan Porto, nesta quinta-feira (7).

Por meio de nota, o Sindicato afirma que ainda não é um momento seguro para o retorno dos alunos as escolas e critica a postura do Executivo. "Recebemos com perplexidade o anúncio do retorno das atividades presenciais, com 100% de estudantes, por parte do governo  e revogação quase que total das medidas de biossegurança. O que é um erro. Ainda não superamos a pandemia para encarar com normalidade as mortes e contaminações que estão ocorrendo", diz trecho da nota.

Na sequência, o Sintep sustenta que o governo atua de forma negligente e negacionista em relação a pandemia. "Os números apontam que se Mato Grosso fosse a referência para o resto do Brasil teríamos, hoje, quase um milhão de pessoas mortas “assassinadas” pela covid-19 devido à ação negacionista e negligente do governador Mauro Mendes e seus secretários, principalmente de Educação Allan Porto", acrescenta.

Ainda segundo o Sindicato, o retorno das aulas presenciais só deve ocorrer após a imunização total de todos os alunos e as mudanças estruturais para garantir as medidas de segurança contra a covid-19.

"Não há que se falar em retorno de 100% das atividades presenciais nas unidades escolares sem a imunização total dos estudantes, adequações estruturais das escolas que garantam o distanciamento entre outras medidas de biossegurança. Esperamos que os pais tenham consciência do que está em jogo é a vida dos seus filhos. Sabemos que a aprendizagem se recupera. Vidas perdidas não", pondera.

Volta às aulas
Em coletiva de imprensa nesta quinta-feira (7), o secretário da pasta disse que 237 profissionais da educação recusaram a imunização contra a covid-19. Ao todo, o estado tem 23.700 professores. Isso significa dizer que apenas 1% não estão imunizados, por terem negado a vacina.

Os que recusaram deverão apresentar laudo médico, para provar que existe uma contra indicação para ser vacinado. Caso não apresentem ou não seja comprovado a contra indicação, terão que assinar termo de responsabilidade médica e retornar para as salas de aula mesmo assim.

A medida ocorre após o governo de Mato Grosso determinar o retorno das atividades pedagógicas em regime 100% presencial, a partir do dia 18 de outubro. No último dia 3 de agosto, as aulas presenciais na rede estadual retornaram com 50% da capacidade.

Foto Reprodução

Fonte: Gazeta Digital / Allan Mesquita / Vitória Lopes

Veja tambem

06/12/2021 | COVID-19

Segunda-feira (06): Mato Grosso registra 553.658 casos e 14.004 óbitos por Covid-19

Há 46 internações em UTIs públicas e 17 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 25% para UTIs e em 4% para enfermaria

03/12/2021 | FRAUDE EM MATRÍCULA

STJ nega recurso de Colonizadora Sinop e mantém bloqueio com base em investigação da PF

O magistrado considerou que a escritura é fraudulenta.

03/12/2021 | COVID-19

Sexta-feira (03): Mato Grosso registra 553.409 casos e 14.002 óbitos por Covid-19

Há 47 internações em UTIs públicas e 22 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 26% para UTIs e em 5% para enfermaria

02/12/2021 | COVID-19

Quinta-feira (02): Mato Grosso registra 553.230 casos e 14.002 óbitos por Covid-19

Há 41 internações em UTIs públicas e 20 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 23% para UTIs e em 4% para enfermaria

02/12/2021 | COVID-19

Quinta-feira (02): Mato Grosso registra 553.230 casos e 14.002 óbitos por Covid-19

Há 41 internações em UTIs públicas e 20 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 23% para UTIs e em 4% para enfermaria

01/12/2021 | REUNIÃO COM ANM

Metamat irá reativar mais dois garimpos em Mato Grosso

O garimpo do Planeta já foi considerado o maior de Mato Grosso, com aproximadamente 15 mil homens trabalhando, enquanto estava em atividade.

30/11/2021 | COVID-19

Terça-feira (30): Mato Grosso registra 552.833 casos e 14.001 óbitos por Covid-19

Há 46 internações em UTIs públicas e 30 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 25% para UTIs e em 6% para enfermaria

29/11/2021 | COVID-19

Segunda-feira (29): Mato Grosso registra 552.613 casos e 13.999 óbitos por Covid-19

Há 46 internações em UTIs públicas e 29 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 25% para UTIs e em 6% para enfermaria

29/11/2021 | ELEIÇÃO NA ORDEM

OAB proclama vitória de Gisela Cardoso; veja eleitos nas subseções do interior de MT

Em Colíder, houve empate e candidato mais idoso acabou sendo eleito

29/11/2021 | CANTE E LOUVE

Abertas inscrições para o 1º Festival de Música Gospel de Sinop

As inscrições são gratuitas e podem participar do concurso pessoas físicas interessadas.

27/11/2021 | ADVOCACIA

Gisela Cardoso é segunda mulher eleita para comandar a OAB-MT

Presidente eleita é advogada atuante há 20 anos em Mato Grosso

26/11/2021 | COVID-19

Sexta-feira (26): Mato Grosso registra 552.325 casos e 13.996 óbitos por Covid-19

Há 47 internações em UTIs públicas e 31 em enfermarias públicas; taxa de ocupação está em 25% para UTIs e em 7% para enfermaria