Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Preços caem nos postos; revendedores achatam rentabilidade

As quedas recentes no etanol nos postos não ocorrem na mesma proporção nas usinas e distribuidoras. 12/06/2021 - 20:02:21

Nos postos da Grande Cuiabá, o preço do etanol caiu, mas continua sem competir com a gasolina e o consumidor segue abastecendo os veículos flex com o combustível derivado do petróleo. Há estabelecimentos comercializando o litro do etanol a R$3,94, sendo que dados da Agência Nacional do Petróleo (ANP) mostram que o preço atingiu R$ 4,40, o litro, na capital mato-grossense nas duas últimas semanas. Tais reajustes acompanharam elevações realizadas nas usinas e distribuidoras. 

As quedas recentes no etanol nos postos não ocorrem na mesma proporção nas usinas e distribuidoras. Nestes dois últimos agentes, a redução não ultrapassa R$ 0,03 depois de uma sequência de fortes elevações.

Desde o 1º de abril, o etanol nas usinas registrou sete altas e apenas duas reduções. O aumento alcança mais de R$ 0,66. Em abril o combustível chegou a custar R$ 2,99 nas usinas. Já em junho, o preço registrado é de R$3,617. 

Os dados levam o setor a crer que no posto de revendedor a queda ocorre por força da concorrência. Considerando que os valores nas usinas ainda não contabilizam os custos de distribuição e do frete, também é possível concluir que há um achatamento da margem de lucro na revenda. 

“Fazendo poucas contas já é possível compreender que há um desequilíbrio na rentabilidade de toda a cadeia de combustíveis e que, consequentemente, os proprietários de postos assumem as menores margens na condução dos negócios”, destaca Nelson Soares, diretor-executivo do Sindipetróleo, sindicato que representa os postos. “Infelizmente, só é notícia quando o posto ajusta para mais os preços”, completa Soares. 

Por: Simone Alves

Foto Reprodução

Fonte: Sindipetróleo

Veja tambem

19/10/2021 | AUXÍLIO EMERGENCIAL

Nascidos em novembro e dezembro podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 2 e 3 de outubro

14/10/2021 | ICMS COMBUSTÍVEL 2022

Câmara aprova mudança em ICMS sobre combustíveis que pode reduzir o valor em 2022

Texto segue para o Senado Federal

07/10/2021 | ECONOMIA / DÓLAR MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha acima de R$5,50 pela 1ª vez desde abril antes de IPCA e emprego nos EUA

27/09/2021 | ETANOL

Consumo de etanol em MS deve crescer 5,35% com venda direta

Projeção foi feita pelos analistas do Observatório Econômico em virtude da MP 1063/21 em vigor

27/09/2021 | AUXÍLIO EMEREGENCIAL

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 7

Benefício varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

24/09/2021 | BOLSA FAMILIA CAIXA

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Acesso passa a ser realizado com CPF e senha do beneficiário

21/09/2021 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai com esperança sobre precatórios, mas aguarda Fed e Copom

A baixa percentual é a mais forte desde o último dia 13 (-0,84%).

21/09/2021 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar acompanha recuperação do apetite por risco global e cede terreno ante real

Às 9:08, o dólar recuava 0,47%, a 5,3035 reais na venda, enquanto o contrato mais negociado de dólar futuro caía 0,61, a 5,3055 reais

16/09/2021 | AUXÍLIO EMEREGENCIAL

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

Dinheiro foi depositado em 28 de agosto

15/09/2021 | CRÉDITO

FCO injetará mais de R$ 419 milhões nos setores empresarial e rural de Mato Grosso

Juntos os financiamentos vão gerar quase 2.100 mil empregos diretos e indiretos no Estado

15/09/2021 | ECONOMIA DÓLAR

Dólar ronda R$5,25 com IBC-Br e política monetária no radar; mercado monitora clima em Brasília

14/09/2021 | ETANOL

Produção de anidro cresce 42% na segunda quinzena de agosto

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras do Centro-Sul alcançou 43,13 milhões de toneladas na 2ª metade de agosto, com avanço de 2,08% sobre o valor apurado na mesma quinzena da safra 2020/2021 – 42,25 milhões de toneladas.