Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Dólar tem maior queda diária em 16 meses e fecha em R$ 5,37

Bolsa supera 100 mil pontos por primeira vez em três semanas 25/07/2022 - 20:31:48

O alívio nos mercados doméstico e internacional fez o dólar ter a maior queda diária em 16 meses e fechar abaixo de R$ 5,40. A bolsa de valores subiu mais de 1% e encerrou acima dos 100 mil pontos pela primeira vez em quase três semanas.

O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (25) vendido a R$ 5,37, com recuo de R$ 0,129 (-2,35%). A cotação operou em baixa durante todo o dia, fechando próxima dos níveis mínimos da sessão.

Esta foi a primeira vez, desde o último dia 11, em que a divisa fechou abaixo de R$ 5,40. O dólar acumula alta de 2,58% em julho e queda de 3,69% em 2022. O euro comercial, que encerrou a semana passada em R$ 5,61, após o aumento de juros do Banco Central Europeu, caiu 2,14% e fechou a R$ 5,49.

No mercado de ações, o dia também foi marcado pela recuperação. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 100.270 pontos, com alta de 1,36%. O indicador encerrou no maior nível desde 8 de julho.

Tanto o cenário doméstico como o internacional contribuíram para a melhoria no mercado financeiro após dias de tensão. No Brasil, os investidores reagiram positivamente à declaração do secretário especial de Tesouro e Orçamento do Ministério da Economia, Esteves Colnago, de que o rascunho do projeto de lei do Orçamento de 2023 prevê o 
retorno do Auxílio Brasil para R$ 400, reduzindo as pressões sobre as contas públicas.

No mercado externo, o dólar caiu globalmente com a redução das tensões em relação à reunião do Federal Reserve (Banco Central norte-americano), amanhã (26) e quarta (27). Reduziram-se as apostas de que o Fed elevará os juros básicos da maior economia do planeta em 1 ponto percentual, aumentando as taxas em 0,75 ponto. Juros mais altos em economias avançadas estimulam a fuga de capitais de países emergentes, como o Brasil.


*Com informações da Reuters

Edição: Nádia Franco

Foto © Valter Campanato

Fonte: AG Brasil - Wellton Máximo

Veja tambem

08/08/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Bolsa sobe 1,81% e recupera os 108 mil pontos.

07/08/2022 | BENEFÍCIO CAMINHONEIRO

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

Ministro do Trabalho será entrevistado no Brasil em Pauta.

04/08/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,22 após reunião do Copom

Bolsa de valores sobe 2,04% com expectativa de fim de altas nos juros

02/08/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Tensões entre China e Taiwan elevam dólar para R$ 5,27

Bolsa subiu 1,11%, puxada por mineradoras e bancos

29/07/2022 | MAIS EMPREGO

Taxa de desemprego cai para 9,3% no segundo trimestre

População ocupada é a maior desde o início da série histórica.

21/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar encosta em R$ 5,50 após alta dos juros na zona do euro

Bolsa subiu pela quinta vez seguida e superou os 99 mil pontos

20/07/2022 |

Dólar sobe para R$ 5,46 e fecha no maior valor em seis meses

Bolsa de valores encerra dia em estabilidade, com pequena alta.

19/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha praticamente estável a R$ 5,42 após cair 1% durante o dia

Bolsa teve terceira alta seguida e ultrapassou os 98 mil pontos

08/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO - DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,26 e tem primeira queda semanal desde maio

Bolsa recua 0,44%, mas termina segunda semana seguida em alta

07/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,34 com alívio no mercado externo

Bolsa sobe 2,04% e fecha acima de 100 mil pontos

07/07/2022 | FGTS CASA VERDE E AMARELA

Conselho do FGTS aprova renda maior para Casa Verde e Amarela

Teto do programa habitacional sobe para R$ 8 mil

05/07/2022 |

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco

Daniella Marques Consentino tomou posse no comando da instituição