Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Dólar cai para R$ 5,26 e tem primeira queda semanal desde maio

Bolsa recua 0,44%, mas termina segunda semana seguida em alta 08/07/2022 - 20:02:30

Em mais um dia de alívio no mercado financeiro, o dólar caiu para abaixo de R$ 5,30 e teve o primeiro recuo semanal desde maio. A bolsa de valores terminou o dia em baixa, mas registrou a segunda semana seguida de ganhos.

O dólar comercial encerrou esta sexta-feira (8) vendido a R$ 5,268, com queda de R$ 0,077 (-1,44%). A cotação chegou a abrir em leve alta, mas passou a despencar logo após a abertura do mercado norte-americano, encerrando próxima do valor mínimo do dia.

Com o desempenho de hoje, o dólar acumula queda 0,99% na semana, após chegar a R$ 5,46 na última quarta-feira (6). A divisa sobe 0,63% em julho, mas cai 5,52% em 2022.

No mercado de ações, o dia foi marcado pela volatilidade. O índice Ibovespa, da B3, fechou aos 100.299 pontos, com recuo de 0,44%. O indicador iniciou o dia em alta, mas inverteu o movimento no decorrer da sessão e passou a cair, pressionado por ações de mineradoras e de siderúrgicas. Apesar da queda de hoje, a bolsa ganhou 1,35% na semana e continuou acima dos 100 mil pontos.

Dados do mercado de trabalho norte-americano trouxeram alívio ao mercado global. A divulgação de que a economia dos Estados Unidos criou 376 mil empregos em junho animou os investidores. O número veio acima do previsto, o que reduz o risco de a maior economia do planeta entrar em recessão, apesar dos aumentos recentes de juros pelo Federal Reserve (Fed, Banco Central norte-americano).

No Brasil, o atraso na votação da proposta de emenda à Constituição (PEC) que aumenta benefícios sociais e cria auxílio para caminhoneiros e taxistas até o fim do ano influenciou o mercado. Prevista para ocorrer ontem (7) na Câmara dos Deputados, a votação foi adiada para terça-feira (12) por falta de quórum. O mercado tem receio do impacto de R$ 41,25 bilhões da proposta sobre o Orçamento da União até o fim do ano.

*Com informações da Reuters.

Edição: Pedro Ivo de Oliveira - © Valter Campanato

Fonte: AG Brasil - Wellton Máximo

Veja tambem

08/08/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,11 e fecha no menor nível em sete semanas

Bolsa sobe 1,81% e recupera os 108 mil pontos.

07/08/2022 | BENEFÍCIO CAMINHONEIRO

Caminhoneiros começam a receber benefício emergencial nesta terça

Ministro do Trabalho será entrevistado no Brasil em Pauta.

04/08/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,22 após reunião do Copom

Bolsa de valores sobe 2,04% com expectativa de fim de altas nos juros

02/08/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Tensões entre China e Taiwan elevam dólar para R$ 5,27

Bolsa subiu 1,11%, puxada por mineradoras e bancos

29/07/2022 | MAIS EMPREGO

Taxa de desemprego cai para 9,3% no segundo trimestre

População ocupada é a maior desde o início da série histórica.

25/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO - DÓLAR

Dólar tem maior queda diária em 16 meses e fecha em R$ 5,37

Bolsa supera 100 mil pontos por primeira vez em três semanas

21/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar encosta em R$ 5,50 após alta dos juros na zona do euro

Bolsa subiu pela quinta vez seguida e superou os 99 mil pontos

20/07/2022 |

Dólar sobe para R$ 5,46 e fecha no maior valor em seis meses

Bolsa de valores encerra dia em estabilidade, com pequena alta.

19/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha praticamente estável a R$ 5,42 após cair 1% durante o dia

Bolsa teve terceira alta seguida e ultrapassou os 98 mil pontos

07/07/2022 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai para R$ 5,34 com alívio no mercado externo

Bolsa sobe 2,04% e fecha acima de 100 mil pontos

07/07/2022 | FGTS CASA VERDE E AMARELA

Conselho do FGTS aprova renda maior para Casa Verde e Amarela

Teto do programa habitacional sobe para R$ 8 mil

05/07/2022 |

Nova presidente da Caixa anuncia primeiras medidas à frente do banco

Daniella Marques Consentino tomou posse no comando da instituição