Olá! Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho, analisar como você interage em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies.

Siga-nos nas redes sociais:

Brasília: Secretário discute prioridade para comércio local nas licitações públicas

Todos foram atendidos pela supervisora do Núcleo de Desenvolvimento Econômico da Confederação, Thalyta Alves. 18/09/2019 - 19:20:51

Astério Gomes, secretário municipal de Planejamento, Finanças e Orçamento de Sinop, integrou a comitiva de secretários municipais de finanças de Mato Grosso que entre a terça-feira (17) e esta quarta-feira (18) visitaram a sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em Brasília. A agenda objetivou buscar conhecimentos e segurança jurídica no que tange aos processos licitatórios, priorizando empresas locais na realização de comércio com o poder público municipal. 

Entre as pautas de discussões esteve a Lei Complementar 123/2006, que institui o Estatuto Nacional da Microempresa e da Empresa de Pequeno Porte, mas que não elenca de maneira clara pontos acerca da contratação prioritária de fornecedores enquadradas como microempresas ou empresas de pequeno porte que estão nos municípios. Além do secretário de Sinop, participaram do encontro na CNM os também secretários municipais de Finanças de Sorriso, Nova Mutum e Campo Novo do Parecis. Todos foram atendidos pela supervisora do Núcleo de Desenvolvimento Econômico da Confederação, Thalyta Alves.

De acordo com a supervisora do núcleo de Desenvolvimento, Thalyta Alves, "o parágrafo único do Art. 47 da Lei Complementar 123/2006 estabelece que, no que diz respeito às compras públicas, o Município pode regulamentar sobre a matéria de forma a promover o tratamento favorável à microempresa à e empresa de pequeno porte, em especial ao comércio de sua localidade", informa a CNM.

Na ocasião, os gestores solicitaram à CNM a elaboração de uma nota técnica "esclarecendo a prerrogativa dos municípios para dar segurança às ações e às modificações das legislações próprias municipais de forma a garantir o incentivo ao desenvolvimento local", informa a Confederação. 

Foto Por: Bianca Galeno/CNM

Fonte: Assessoria da Prefeitura com Agência CNM de Notíci

Veja tambem

19/10/2021 | AUXÍLIO EMERGENCIAL

Nascidos em novembro e dezembro podem sacar auxílio emergencial

Parcela foi depositada em 2 e 3 de outubro

14/10/2021 | ICMS COMBUSTÍVEL 2022

Câmara aprova mudança em ICMS sobre combustíveis que pode reduzir o valor em 2022

Texto segue para o Senado Federal

07/10/2021 | ECONOMIA / DÓLAR MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha acima de R$5,50 pela 1ª vez desde abril antes de IPCA e emprego nos EUA

27/09/2021 | ETANOL

Consumo de etanol em MS deve crescer 5,35% com venda direta

Projeção foi feita pelos analistas do Observatório Econômico em virtude da MP 1063/21 em vigor

27/09/2021 | AUXÍLIO EMEREGENCIAL

Auxílio emergencial é pago a beneficiários do Bolsa Família com NIS 7

Benefício varia de R$ 150 a R$ 375, dependendo da família

24/09/2021 | BOLSA FAMILIA CAIXA

Caixa lança nova versão do aplicativo Bolsa Família

Acesso passa a ser realizado com CPF e senha do beneficiário

21/09/2021 | MERCADO FINANCEIRO DÓLAR

Dólar cai com esperança sobre precatórios, mas aguarda Fed e Copom

A baixa percentual é a mais forte desde o último dia 13 (-0,84%).

21/09/2021 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar acompanha recuperação do apetite por risco global e cede terreno ante real

Às 9:08, o dólar recuava 0,47%, a 5,3035 reais na venda, enquanto o contrato mais negociado de dólar futuro caía 0,61, a 5,3055 reais

16/09/2021 | AUXÍLIO EMEREGENCIAL

Trabalhadores nascidos em outubro podem sacar auxílio emergencial

Dinheiro foi depositado em 28 de agosto

15/09/2021 | CRÉDITO

FCO injetará mais de R$ 419 milhões nos setores empresarial e rural de Mato Grosso

Juntos os financiamentos vão gerar quase 2.100 mil empregos diretos e indiretos no Estado

15/09/2021 | ECONOMIA DÓLAR

Dólar ronda R$5,25 com IBC-Br e política monetária no radar; mercado monitora clima em Brasília

14/09/2021 | ETANOL

Produção de anidro cresce 42% na segunda quinzena de agosto

A quantidade de cana-de-açúcar processada pelas unidades produtoras do Centro-Sul alcançou 43,13 milhões de toneladas na 2ª metade de agosto, com avanço de 2,08% sobre o valor apurado na mesma quinzena da safra 2020/2021 – 42,25 milhões de toneladas.