Siga-nos nas redes sociais:

Sinop terá que devolver R$ 726 mil por não comprovar uso de dinheiro

A decisão foi tomada pelo Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso 05/12/2018 - 14:28:47

A Prefeitura de Sinop não conseguiu comprovar o uso dos recursos repassados pela Secretaria de Infraestrutura para aplicação de lama asfáltica em diversas ruas do município e agora terá que devolver aos cofres do Estado o valor de R$ 726.192,94.

A decisão é do Pleno do Tribunal de Contas de Mato Grosso, que em sessão extraordinária nesta terça-feira (04/12) julgou irregular a Tomada de Contas Especial instaurada para apurar a execução do Convênio nº 18/2009, celebrado entre, à época, a Secretaria de Transportes e Pavimentação Urbana (SETPU) e a Prefeitura Municipal de Sinop, no valor de R$ 757.285,82, cuja finalidade era aplicação de lama asfáltica em 377.967,48 m² de ruas do município.

Os membros do Pleno, por unanimidade, acompanharam entendimento do relator da Tomada de Contas (Processo nº 138304/2014), conselheiro interino Luiz Henrique Lima, que em consonância com parecer do Ministério Público de Contas votou pela restituição dos recursos ao Estado. O prefeito à época do convênio, Juarez Alves Costa, foi multado pelo TCE-MT em 20 UPFs, por não observar as regras da execução do convênio e também por não prestar contas do recurso. Segundo o conselheiro, foi comprovado apenas o uso de R$ 31.092,88 na compra de material.

O Tribunal Pleno determinou à atual gestão da Sinfra a abertura de sindicância administrativa para apurar a responsabilidade dos servidores do órgão responsáveis pela aprovação da prestação de contas, em desacordo com os termos do Convênio nº 018/2009. Determinou ainda que cópia dos autos seja encaminhada ao Ministério Público Estadual, para as devidas providências.

Foto Reprodução

Fonte: Mídia News

Veja tambem

23/05/2019 | OPINIÃO/POLÍTICA

3 nomes se destacam em enquete eleitoral do município de Cláudia

Daniel, Fernando e Marciel conquistaram 97,99% dos votos

22/05/2019 | "SULTÃO" E CAIXA 2

Delator diz que Taques gastou R$ 7 milhões de caixa 2 em 2014

Alan Malouf, já condenado à prisão, também disse que ex-governador é o "sultão"

21/05/2019 | AGRICULTURA FAMILIAR

Cooperativa procura produtores rurais de Sinop para formar parceria

21/05/2019 | SAÚDE PÚBLICA:

Leonardo Visera quer tornar obrigatória a emissão de receituários médicos digitados em computador

Todos os consultórios, clínicas, postos de saúde ou UBS's público e privados, deverão se submeter à lei.

20/05/2019 | LEI 616/2001

Secretaria inicia fiscalização de anúncios publicitários instalados irregularmente em Sinop

20/05/2019 | SINOP-MT

Sinop é terceiro município polo a receber o Programa Gestão Eficaz em 2019

20/05/2019 | ABRINDO VAGAS

Hospital Regional de Sinop contratará 80 profissionais e abrirá 12 leitos

Desta forma, o Estado ficará responsável por pacientes de alta complexidade, enquanto o município atenderá casos de baixa e média complexidades.

19/05/2019 | BENESSES

Deputados de MT têm maior verba indenizatória do Brasil

A verba indenizatória foi para R$ 65 mil, valor que permanece até hoje.

19/05/2019 | SAÚDE

Prefeita, vereadores e Sinop Energia inauguram UBS na Gleba Mercedes

18/05/2019 | BENEFÍCIO A SERVIDORES

Poderes são independentes e podem dar RGA, diz Dilmar

Líder disse que Governo ainda não tem condições de pagar benefício aos servidores

18/05/2019 | IDEOLOGIA OU DEMAGOGIA?

Presidente denuncia deputado por viajar para encontro do MBL com verba da AL

Janaína Riva e Ulysses Moraes travado discussões por conta da verba indenizatória

17/05/2019 | MEDIDAS DE MENDES

Dal'Bosco: MT melhorou, mas ainda precisa ser agressivo nas mudanças

Líder do Governo, Dilmar Dal'Bosco defende que Executivo apresente novos ajustes para melhorar caixa