Siga-nos nas redes sociais:

Prefeita extingue contrato e multa em R$ 1,8 milhão empresa responsável por construção de nova rodoviária

O contrato de concessão foi assinado em 2016 e a empresa teria que entregar a rodoviária pronta em outubro de 2017. 03/07/2019 - 15:23:18

A prefeita Rosana Martinelli extingiu o contrato de concessão número 063/2016 e estabeleceu multa de R$ 1.855 milhão ao Grupo JVF LTDA SPE, vencedor do processo licitatório para construção da nova rodoviária de Sinop. O grupo também fica impedido de licitar e contratar com a Prefeitura de Sinop pelo período de cinco anos. As decisões constam em âmbito do Despacho 008/2019. 

A empresa tem prazo de dez dias para recorrer da decisão proferida, contados a partir da notificação. "As empresas são responsáveis sobre os compromissos que assumem com a Prefeitura Municipal e devem cumprir com o que está no contrato. Caso contrário, serão penalizadas conforme determina a lei [Lei 10.520 de 17 de julho de 2002 e a Lei 8.666 de 21 de junho de 1993]”, diz Rosana Martinelli.

De acordo com o projeto apresentado pela empresa à Prefeitura de Sinop, a nova  rodoviária contaria com 25 mil metros quadrados a serem construídos em área localizada no cruzamento das Avenidas dos Jacarandás com Avenida das Palmeiras, compreendendo, além do terminal de embarque/desembarque, um complexo de loja situado em dois pavimentos. A previsão de construção para a rodoviária era de 12 meses e para as demais áreas do complexo (shopping), 24 meses.

O contrato de concessão foi assinado em 2016 e a empresa teria que entregar a rodoviária pronta em outubro de 2017. "O fato é que a empresa não foi cumprindo os prazos e a Prefeitura é obrigada a cumprir as cláusulas da concessão", acrescentou Martinelli. Conforme frisa a gestora, a decisão em estabelecer multa e extinguir o contrato não significa uma consequente e imediata realização de novo processo licitatório, pois o direito de recorrer da decisão é assegurado à empresa.
 
"Acreditamos que a empresa vá se defender e vamos estar no aguardo. Agora, precisamos concluir esse processo. Não estamos falando que iremos abrir uma nova concessão agora e nem quando, pois precisamos concluir esse processo para, posteriormente, tomarmos uma decisão de como será feito. Essa é a primeira etapa que a Prefeitura tomou a atitude, diante de a empresa não ter obedecido as cláusulas contratuais, a partir do momento que assinou o contrato de concessão", finalizou Rosana Martinelli.

Fonte: Ass: com Redação

Veja tambem

18/07/2019 | AÇÃO SOCIAL

Conselho recebe recursos doados ao Fundo da Criança e do Adolescente

17/07/2019 | SAÚDE

Agentes recebem capacitação sobre o ciclo biológico do Aedes

16/07/2019 | PORTAL DO AGRONEGÓCIO

Sinop reafirma condição de cidade polo ao sediar Fórum Regional de Turismo e Desenvolvimento

11/07/2019 | SINOP-MT

Convênio para construção de novo Fórum é assinado

Com 12.666,27 metros quadrados, a edificação será construída em um terreno doado pela Prefeitura de Sin

10/07/2019 | SAÚDE

Representantes municipais participam da 9° Conferência Estadual de Saúde

10/07/2019 | FEX E RECEITA DO ESTADO

AL derruba veto e facilita o pagamento da RGA aos servidores

Com a medida, deputados incluem fundo no cálculo que prevê possibilidade de pagamento da revisão

09/07/2019 | POLÍTICA E FÉ

Sinop: TJ anula lei que obrigava uso da bíblia em Câmara de Vereadores

Desembargadores citaram que Constituição deixa claro que Brasil é um país laico

08/07/2019 | SAÚDE

Visera quer informações do contrato firmado com administradora da UPA

O instituto recebe mensalmente pouco mais de R$ 1,9 milhão para gerir UPA e mais 5 unidades de saúde.

08/07/2019 | INCRA

Maioria dos assentamentos da região sul de MT não estão regularizados

Cerca de 400 títulos foram emitidos nos assentamentos da região sul, sendo que 5.400 estão pendentes por não terem sido georreferenciadas

08/07/2019 | MEIO AMBIENTE

Câmara Municipal cobra do Governo do Estado liberação de recursos para o Parque Florestal de Cláudia

Proposta prevê ações visando proteção ambiental e criação de áreas de lazer e turística no Parque Florestal Municipal, investimento estimado em R$ 2,5 Milhões

05/07/2019 | ASSISTÊNCIA SOCIAL

Prefeitura convoca parceiros e discute obras de esgoto no Nico Baracat

O serviço é considerado vital, pois, sem a execução, não há como ser efetivada a entrega dos 1.440 apartamentos.

05/07/2019 | ASSISTÊNCIA SOCIAL

Prefeitura convoca parceiros e discute obras de esgoto no Nico Baracat

O serviço é considerado vital, pois, sem a execução, não há como ser efetivada a entrega dos 1.440 apartamentos.