Siga-nos nas redes sociais:

MPE autoriza candidatura de Selma, mas quer proibir o uso de 'juíza'

Impugnação será julgada pelo Pleno do órgão no dia 24 de setembro. 20/09/2018 - 11:25:15

O Ministério Público Federal (MPF), através da Procuradoria Regional Eleitoral, se manifestou pela autorização de registro, mas quer proibir a candidata ao Senado, Selma Arruda (PSL), de utilizar o termo "juíza" nas urnas.

Impugnação será julgada pelo Pleno do órgão no dia 24 de setembro. O juiz Ulisses Rabaneda, relator do processo, já se manifestou nesta quinta-feira (20) para que Selma apresente um nome alternativo a ser usado em caso de decisão em seu desfavor.

Segundo a procuradora Cristina Nascimento de Melo, com a escolha do nome "juíza Selma Arruda" nas urnas "tem-se como acentuada a inclinação do eleitor de, primeiro, associar a imagem da pré-candidata à respeitabilidade de que goza a instituição que integrou (Poder Judiciário) e, segundo, associar a imagem da pré-candidata a cargo que não mais ocupa, em razão de sua aposentadoria voluntária".

Para Cristina Nascimento, Selma não busca uma simples vinculação da sua antiga profissão com o seu nome, mas sim "perpetuar indevidamente na cabeça do eleitor a existência de vínculo com o poder judiciário, o que geraria, entre outros malefícios, falsa expectativa de que, se eleito, a candidata poderá ter acesso mais fácil à estrutura do governo e ajudar os cidadãos".

"Dessa forma, o uso indevido de tal expressão deve ser sumariamente coibido por esse Egrégio Tribunal Eleitoral, mormente cria inegável identificação com o órgão ao qual estava vinculada, apta a criar nefasta distorção junto aos eleitores de Mato Grosso", completa.

Deferimento

Já em relação ao pedido de não conceder o registro de candidatura à candidata, a procuradora afirmou que os impugnantes não comprovaram possíveis irregularidades de que Selma Arruda estaria respondendo processo administrativo disciplinar por infração grave que pode culminar na sanção de aposentadoria compulsória, razão pela qual não incide a inelegibilidade prevista.

"Por outro lado, as provas juntadas pela impugnada, mormente a íntegra do processo de aposentadoria demonstram a Reclamação Disciplinar, a Sindicância, bem como todos os pedidos de providências pendentes foram levados em conta pelo órgão judiciário para análise do pedido de sua aposentadoria, convergindo para inexistência de óbice ao deferimento do pedido", justificou Cristina Nascimento de Melo.

"Diante do exposto, o Ministério Público Federal opina pelo Parcial Provimento da ação de impugnação em desfavor de Selma Rosane Santos Arruda, tão somente quanto à impossibilidade de utilização do nome de urna 'Juíza Selma Arruda', e pelo Deferimento de seu registro de candidatura", finaliza o parecer.

Fonte: Gazeta Digital

Veja tambem

17/10/2018 | MAIS OBRAS

Prefeita se reúne com presidente do BNDES na busca de recursos para obras em Sinop

O encontro foi intermediado e teve apoio do senador Wellington Fagundes (PR).

16/10/2018 | PROJETO DE LEI

Debortoli propõe que prefeitura divulgue motivo de paralisação de obras

16/10/2018 | COBRANÇA DA TAXA

Produtores querem ter controle sobre o Fethab 2

Antônio Galvan afirma que a categoria só aceitará a continuidade da cobrança da taxa se ela própria puder administrar os recursos e decidir em quais rodovias eles serão aplicados.

15/10/2018 | ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro tem 59% dos votos válidos e Haddad 41%, diz Ibope para segundo turno

Nos votos totais, Jair Bolsonaro, do PSL, tem 52%, e Haddad, 37%. Pesquisa é a primeira do Ibope no segundo turno das eleições.

13/10/2018 | MATO GROSSO

Ex-senadora, vice-governador e deputados não conseguem retomar carreira política

Na lista dos “barrados na urna” estão ex-deputados, vice-governador, prefeito de Cuiabá e senadora.

13/10/2018 | ELEIÇÕES 2018

Bolsonaro diz que aceita realizar debate com Haddad, com condições

Ele afirmou ainda que num governo Haddad quem escolheria os ministros seria Lula.

13/10/2018 | DISCURSO AMENO

PSDB descarta oposição raivosa a Mauro

Borges disse que Wilson e Maluf é que serão os responsáveis por discutir o assunto.

12/10/2018 | DISPUTA PELA MESA

Dal’Bosco: Não pode virar reinado; tem 14 novos deputados na AL

Aliado de Mauro Mendes se diz interessado em concorrer ao comando da Assembleia

12/10/2018 | 75% DE AUMENTO

Prefeito cria verba indenizatória e passa receber R$ 27 mil em MT

Souza reside em Várzea Grande, mas comanda prefeitura livramentense

11/10/2018 | UTILIDADE PÚBLICA

Prefeita recebe representantes de associações e confirma concessão de títulos

O encontro foi intermediado pelo vereador Hedvaldo Costa (PR)

09/10/2018 | LEI DOS 15 MINUTOS

Projeto de Leonardo Visera que torna rígida lei da espera em bancos, tem primeira aprovação no legislativo

Proposta abrange as agências dos Correios e institui cassação de alvará da empresa que sofrer cinco sentenças por descumprimento da Lei vigente.

09/10/2018 | DISCUSSÕES DE COMPOSIÇÃO

Dois reeleitos na Assembleia já estão de olho na Mesa

O tucano explica que já fez parte da Mesa nos últimos 4 anos e sente vontade em voltar ao comando.