Siga-nos nas redes sociais:

MP aponta políticos como principais beneficiados com propina no Detran

Os membros deste núcleo também são acusados de usar do poder econômico para investir na construção de esquemas ilícitos visando lucro posterior, com o recebimento de propina. 10/05/2018 - 16:44:43

No inquérito em que apurou o suposto esquema de fraudes em contratos da EIG Mercados (antiga FDL Serviços de Registro) com o Departamento Estadual de Trânsito (Detran), o Ministério Público Estadual (MPE) apontou que a organização criminosa que praticava os crimes era dividida em 3 núcleos: de liderança, de operação e o subalterno e ainda contava com o apoio de um grupo de lavagem da propina que garantia a permanência da empresa suspeita de corrupção na gerência dos serviços de gravame em Mato Grosso.

São apontados como membros do núcleo de liderança do esquema os deputados estaduais Mauro Savi e Eduardo Botelho (ambos do DEM) o ex-governador Silval Barbosa, o ex-deputado federal Pedro Henry, o ex-presidente do Detran Teodoro Moreira Lopes, o Dóia, e o ex-chefe da Casa Civil no atual governo Paulo Taques.

De acordo com o MPE, era de responsabilidade deste núcleo a formulação, aprovação e a garantia de desenvolvimento e manutenção de planos voltados à solicitação e ao recebimento de propinas no âmbito do Detran. Para isso, os acusados teriam se valido de seu poder político-funcional, ou seja, decorrente dos cargos ou mandatos que detinham, para interferir na atuação da autarquia.

Os membros deste núcleo também são acusados de usar do poder econômico para investir na construção de esquemas ilícitos visando lucro posterior, com o recebimento de propina. Por conta disso, eles seriam os maiores beneficiados dentro da organização criminosa.

O Núcleo de Ações de Competência Originária (Naco) e o Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) lembram que, na qualidade de governador, Silval Barbosa detinha o poder de nomear o presidente do Detran, após aprovação pela Assembleia Legislativa. Mas apesar disso, quem realmente escolhia a pessoa para exercer tal função era o deputado Mauro Savi e Eduardo Botelho, que na época ainda não era deputado, mas empresário do ramo de transporte.

Teodoro Moreira Lopes foi apontado como um dos líderes do esquema porque na época era o responsável jurídico e quem determinada as frentes de atuação da autarquia.

Já o ex-deputado federal Pedro Henry teria atuado na qualidade de particular interessado nos esquemas ilícitos no Detran, valendo-se de suas ligações e pode econômico para obter lucro com as atividades criminosas.

O Ministério Público o acusa de idealizar contratos administrativos firmados por meio de licitação direcionada, além de ter agenciado e confabulado para sua assinatura em troca de propinas pagas pelas empresas contratadas pela autarquia estadual de trânsito.

O ex-chefe da Casa Civil Paulo Taques, de acordo com a investigação, iniciou os acordos de prestação de serviços advocatícios fictícios ainda na época da eleição de 2014, quando seu primo Pedro Taques (PSDB) era candidato a governador. Ele teria acordado que se a eleição fosse ganha por Taques, o esquema teria continuidade na autarquia, já que ele seria (e se tornou) a pessoa nº 1 no staff de governo, por ocupar a chefia da Casa Civil.

Fonte: Folha Max

Veja tambem

19/01/2019 | ECONOMIA EVENTO

Bolsonaro irá ao Fórum Econômico Mundial defender reformas

Bolsonaro desembarca em Davos na próxima segunda-feira (22), onde participará do Fórum Econômico Mundial

18/01/2019 | ECONOMIA SINOP-MT

Grupo Pão de Açúcar manifesta interesse em investir em Sinop

O grupo aponta a quadra onde se situa o estádio Gigante do Norte como favorável aos planos de expansão.

18/01/2019 | AGENDA EM MATO GROSSO

Presidente da Câmara garante celeridade no FEX e quer votos de toda bancada de MT

Rodrigo Maia, porém, evita associar ação em prol de Mato Grosso ao voto dos deputados

18/01/2019 | INFRAESTRUTURA

Martinelli visita obras estruturantes do município

A primeira visita foi na obra de tubulação e fechamento da vala na avenida das Itaúbas

17/01/2019 | INFRAESTRUTURA

Prefeita de Sinop recebe técnicos do BNDES e discute liberação de recursos para obras

Rosana Martinelli determinou à equipe de governo prioridade na finalização dos planos de trabalho.

16/01/2019 | PEDIDO DE MENDES

Assembleia aprova urgência para projetos do novo Fethab e RGA

Dilmar Dal’Bosco critica criação de audiências para discutir pacotão do governador Mauro Mendes

16/01/2019 | MAIS ARRECADAÇÃO

Novo Fethab garantirá retomada de obras e manutenção de rodovias em MT

Proposta enviada pelo Governo do Estado à ALMT será utilizada para tocar programas de financiamento que contemplam a área de Infraestrutura

16/01/2019 | JANEIRO ROXO

Novos casos de hanseníase são diagnosticados durante mutirão em Sinop

O tratamento é todo gratuito, os médicos são especializados para atender a população.

16/01/2019 | CRISE ECONÔMICA

Governador vai a Brasília apresentar situação de Mato Grosso e estuda decretar estado de calamidade financeira

Na busca de soluções para a grave crise financeira, Mauro Mendes estará nos ministérios e no Banco do Brasil nesta quarta-feira (16.01).

15/01/2019 | POLITICA / SAÚDE

MT Saúde paga 95% da dívida com a rede ativa; nova presidente assume

O governador Mauro Mendes (DEM) definiu que Misma Thalita dos Anjos Coutinho será a nova presidente do Mato Grosso Saúde.

14/01/2019 | RANKING DA CGU

Transparência de Mato Grosso está acima da média dos estados

A pontuação de Mato Grosso é considerada boa e ficou acima da média das notas dos estados (7,94).

12/01/2019 | PRESIDENTE DA ALMT

Botelho fecha chapa para Mesa Diretora e tem 16 votos

O arranjo desarticula o grupo de Sílvio Favero (PSL), deputado de primeiro mandato que sonhava ser presidente.