Siga-nos nas redes sociais:

Maggi critica união de ministérios feita por Bolsonaro

Ministro entende que fusão das duas pastas trará prejuízos ao agronegócio 31/10/2018 - 16:57:02

Em viagem aos Emirados Árabes, onde participa da exposição Agrispape, o ministro Blairo Maggi lamentou a decisão do presidente eleito Jair Bolsonaro de unir as pastas da Agricultura e do Meio Ambiente. Na opinião de Maggi, essa fusão trará prejuízos ao agronegócio brasileiro, muito cobrado pelos países da Europa pela preservação do meio ambiente. 

Ao longo dos últimos dois anos e meio, Blairo Maggi viajou pelo mundo divulgando a sustentabilidade do agronegócio brasileiro e cobrando preferência pelos produtos do Brasil por causa dos custos dos produtores em manter reservas ambientais em suas propriedades. 

Com dados da Embrapa Territorial, o ministro da Agricultura provou que 66% do território brasileiro se mantém preservado graças à ação dos produtores brasileiros. Esse discurso, segundo Maggi, pode ser prejudicado com a fusão das duas pastas. 

Outro argumento apontado por Blairo Maggi é com relação às agendas dos dois ministérios. Ele entende que elas são convergentes em alguns pontos, mas no geral possuem temas próprios que necessitam de atenção. “Existem muitos fóruns importantes nos quais o Brasil deve marcar sua posição, mas não será possível para um ministro participar de todos sozinho”, lembrou. 

Os dois órgãos, na opinião do ministro, são de extrema importância para o Brasil. 

Ao final, o ministro Blairo Maggi ponderou que o Ministério do Meio Ambiente, às vezes, tem que tratar de questões de áreas que não são afetas ao agro, como energia, infraestrutura, mineração, petróleo. Para o ministro, seria dificílimo conciliar todos esses assuntos. “Como um ministro da agricultura vai opinar sobre um campo de petróleo ou exploração de minérios? ”, questionou. 

Ainda durante o segundo turno, ao saber da intenção do presidente eleito em unir as duas pastas, o ministro Blairo Maggi manifestou-se contrário. Ele chegou a comemorar o recuo, mas hoje lamentou a decisão.

Fonte: Folha Max

Veja tambem

13/11/2018 | DECISÃO UNILATERAL

Presidente da AL cita lei do bom senso e arquiva pedido para afastar Taques

Eduardo Botelho cita que analisou aspectos jurídicos e políticos do possível afastamento de Pedro Taques

13/11/2018 | EDUCAÇÃO

Aberto período de inscrições de processo seletivo para professores

Interessados em participar do certame têm até o dia 21/11 para acessar o endereço eletrônico.

12/11/2018 | Reforma administrativa passa a vigorar a partir de

Mauro extingue nove secretarias e corta 3 mil comissionados; veja mudanças

Reforma administrativa passa a vigorar a partir de 1º de janeiro

12/11/2018 | MENOR JOVEM APRENDIZ

Sine leva educação financeira para alunos do CIEE

A coordenadora do Sine, Débora Malagutti revela que ações semelhantes à essa foram desenvolvidas ao longo de todo 2018

11/11/2018 | DECISÃO LIMINAR

Ministro do STJ manda soltar Neri Geller

Ex-ministro, Geller foi preso na sexta e, desde então, está em cela comum na Mata Grande

10/11/2018 | POLITICA DE SEGURANÇA

Investimentos em inteligência reduziram em mais de 20% índices de crimes em MT

Houve queda de 21% em latrocínio e 23,4% em roubos no estado, de 2015 a setembro de 2018. Nesse período, foram investidos mais de R$ 3,9 milhões.

09/11/2018 | NOTA

SECRETARIA MUNICIPAL DE SAÚDE

09/11/2018 | OPERAÇÃO CAPITU

PF prende deputado eleito em MT por fraude no Ministério da Agricultura

Esquema envolveu favorecimentos a JBS no Governo Dilma; Geller foi ministro entre março e dezembro de 2014

08/11/2018 | OPERAÇÃO FURNA DA ONÇA, OPERAÇÃO CADEIA VELHA

MPF e PF fazem operação e prendem mais sete deputados estaduais no Rio

Outros três - Picciani, Melo e Albertassi - já estão presos desde 2017

08/11/2018 | SUAS

Gestores da Assistência social se reúnem em Brasília para evitar cortes orçamentários

A Prefeitura de Sinop esteve representada nos eventos, pela secretária responsável pela pasta, Josi Palmasola.

08/11/2018 | DISPUTA PELA MESA

Projeto de Botelho e Janaína para Mesa Diretora ganha força

Guilherme Maluf (PSDB) estaria enfrentando resistência por ser correligionário do atual governador Pedro Taques (PSDB)

07/11/2018 | PAUTA

Botelho cobra votação dos vetos na AL

Botelho pediu empenho da Comissão de Constituição, Justiça e Redação para apreciação dos vetos e pediu uma reunião da Comissão para tratar do tema.