Siga-nos nas redes sociais:

Justiça deve investigar vereador por falsidade ideológica; parlamentar diz não ser notificado

Adenilson Rocha teria apresentado “atestado de pobreza” para evitar o pagamento de custas processuais 05/08/2019 - 21:19:15

O vereador por Sinop, Adenilson Rocha (PSDB), deve ser investigado pelo Ministério Público, por supostamente ter cometido o crime de Falsidade Ideológica. Quem solicitou o pedido foi o promotor Pompilio Paulo Azevedo, da Promotoria Criminal.

Conforme a ação popular, Rocha teria apresentado “atestado de pobreza” para evitar o pagamento de custas processuais, neste sentido, teria apresentado declaração de hipossuficiência, ou seja, quando uma pessoa declara não ter condições financeiras para arcar com as despesas e os custos de um processo judicial.

Em manifesto, o promotor considerou a posição de Rocha, que além de vereador também é empresário. “Extração de cópia da inicial, declaração de hipossuficiência e edital de licitação visando o encaminhamento a Procuradoria de Justiça Criminal para fins de apuração de eventual crime de falsidade ideológica, considerando a atual posição do autor, vereador e empresário, e a declaração de hipossuficiência de ID 16807631 – Pag. 1, bem como a indicação do valor da causa em valor irrisório, considerando-se o valor do contrato celebrado”, pediu o promotor Pompílio Paulo Azevedo Silva Neto.

O parlamentar entrou com um pedido para que a prefeitura interrompesse o processo de instalação dos controladores de velocidade em Sinop. Em dezembro de 2018 o juiz Mirko Vicenzo Gianotte acatou o pedido do vereador, entretanto, em fevereiro deste ano, a Justiça derrubou a liminar e autorizou a instalação dos aparelhos.

Outro lado
Para a Rádio 93 FM, Adenilson afirmou que entrou com uma ação popular e argumentou que conforme o Artigo 5º da Constituição Federal, ele pode entrar com pedido de Justiça gratuito, ocorre que o promotor negou esse pedido. “Na verdade isso é uma briga de gigante”. Entramos com a ação, pra que a gente não precise pagar o custeio do processo, eu não tenho interesse nisso, eu tenho interesse em não deixar lesar o patrimônio público”, disse.

Adenilson afirma ainda, que a empresa responsável pela instalação quer que ele desista da ação e assegura também que não foi notificado sobre a ação. Ele aponta que soube da investigação pela imprensa da capital Cuiabá. “é inadmissível isso, vou esperar que o próprio promotor faça sua investigação. Estou à disposição pra responder”, conclui.

por Anderson Hentges 

Foto reprodução

Fonte: 93-FM

Veja tambem

12/12/2019 | EVENTO

Circuito de Negócios Agro movimenta a economia de Sinop

O Circuito Agro conta com o apoio da Prefeitura de Sinop, através da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (Sedec).

12/12/2019 | DESTAQUES

Dilmar Dal Bosco apresenta quase 200 propostas e comemora aprovação de projetos importantes

Entre ações, deputado destaca aprovação da lei que diminui multas acessórias e penalidades para classe empresarial

11/12/2019 | LEGISLATIVO / SINOP

Vereadores votam 09 matérias durante última Sessão Ordinária

10/12/2019 | RECURSOS PARA ASFALTO

Leonardo Visera e vereadores pleiteiam recursos para asfaltamento das Estradas Monalisa e Brígida

10/12/2019 | OPERAÇÃO PORTEIRA ABERTA 2

PF afasta e bloqueia R$ 5 mi de fiscais que receberam propina da JBS em MT

As propinas variavam de R$ 5.000,00 a R$ 25.000,00 mensais, que perduraram até o início de 2017, cessando com a deflagração da Operação Carne Fraca.

09/12/2019 | POLITICA / SAÚDE

Joaninha propõe implantação de Equoterapia

A indicação foi encaminhada à Secretaria de Saúde.

09/12/2019 | AGILIDADE NO ATENDIMENTO

Dilmair quer melhoria no controle de usuários do centro de coleta de exames

06/12/2019 | SEGURANÇA PÚBLICA

Delegado Claudinei destina R$ 2 mi de emendas livres à PJC/MT

Por lei, o deputado pode indicar R$ 3,276 milhões de emendas livres no Projeto de Lei Orçamentária Anual de 2020 (PLOA).

06/12/2019 | CULTURA

Vila do Natal dos Sonhos leva magia e encantamento às crianças de Sinop

A exposição segue de segunda a sexta, das 18h às 22h, e aos sábados e domingos, das 17h às 22h, até o dia 06 de janeiro de 2020.

05/12/2019 | EXERCÍCIO 2018

Prefeito de Sorriso é multado em 39 UPFs no julgamento das contas de gestão 2018

As contas foram julgadas regulares, com determinações e recomendações legais

04/12/2019 | PACOTE ANTICRIME

Plenário da Câmara aprova texto-base do pacote anticrime

O placar foi 408 votos a favor, 9 contra, e 2 abstenções.

04/12/2019 | INQUÉRITO

Câmara instaura CPI para apurar nepotismo em Sinop

A Câmara emitiu portaria nomeando a CPI que irá apurar a existência de parentes de autoridades políticas em cargos comissionados