Siga-nos nas redes sociais:

Deputado Leonardo elogia Bolsonaro e cobra de Mauro Mendes redução do preço dos combustíveis

A proposta não foi bem recebida pelos governadores, inclusive em Mato Grosso. 11/02/2020 - 09:08:13

O deputado federal Dr. Leonardo (Solidariedade-MT) usou as redes sociais, ontem, segunda-feira (10.02), para cobrar do governador Mauro Mendes (DEM) uma resposta sobre o desafio proposto pelo presidente Jair Bolsonaro para reduzir o preço dos combustíveis no Brasil.

Segundo o deputado, a declaração do presidente é “uma ótima oportunidade para um diálogo franco, aberto e técnico”.

“O fato é que o cidadão merece menos impostos, ou seja, um combustível mais acessível. Por isso concordo com o posicionamento do presidente Bolsonaro. Alguém tem que dar início a essa conversa. Coloco meu mandato à disposição do governador Mauro Mendes para esse debate que irá beneficiar a população”, afirmou.

Durante a campanha em 2018, o governador de Mato Grosso se comprometeu a reduzir o Imposto Sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) sobre o diesel.

Na semana passada, Bolsonaro desafiou os governadores dos estados e afirmou que zera os tributos federais (Cide e PIS/Cofins) sobre os combustíveis se eles zerarem o ICMS. A proposta não foi bem recebida pelos governadores, inclusive em Mato Grosso.                                                                 Resultado de imagem para governador Mauro Mendes (DEM)

Já no final de semana, o presidente afirmou que se trata de ‘vergonha na cara’, e não de um ato de ‘populismo’, sua recente crítica ao preço dos combustíveis. Ele disse que faz ‘papel de otário’, já que a Petrobras reduz o preço médio da gasolina e do diesel nas refinarias, mas, segundo ele, a diferença não é repassada para o consumidor.

Na avaliação do deputado Dr. Leonardo, a discussão estrutural sobre a redução dos impostos no Brasil é importante para fortalecer a atividade produtiva, especialmente em Mato Grosso.

Além do combustível, temos um amplo campo a ser debatido até promovermos uma simplificação tributária, com redução de impostos de forma planejada e responsável. É o que espera o cidadão de Mato Grosso e do Brasil”, finalizou Dr. Leonardo.

O governador Mauro Mendes aceitou o desafio de Bolsonaro. Ele usou suas redes sociais para anunciar que topa o desafio feito pelo presidente Jair Bolsonado (sem partido) para reduzir impostos, mas com condições. “Mato Grosso aceita o desafio de reduzir o ICMS dos combustíveis. Se o Governo Federal pagar todas as perdas do Estado ocasionadas pela Lei Kandir e o não pagamento do FEX 2018 e 2019. O desafio do Presidente significa abrir mão no Estado de 25% de receita do ICMS. Na União, o PIS e Cofins dos combustíveis representa apenas 2% da Receita. Muito desproporcional“, diz o governador.

Foto Reprodução

Fonte: CenárioMT

Veja tambem

30/03/2020 | CORONAVÍRUS

Sinop não tem casos confirmados e oito são descartados

Até o momento, 22 pessoas seguem sendo monitoradas com suspeita de coronavírus e aguardando resultados dos exames.

30/03/2020 | ESFORÇO CONJUNTO

Governo e Poderes articulam regulação única para casos de Coronavírus

Mauro Mendes afirmou que central única dará mais eficiência ao atendimento

30/03/2020 | SAÚDE

Segunda-feira (30): Mato Grosso tem 18 casos confirmados de coronavírus

Os pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do Estado e dos municípios. Mais informações estão detalhadas na Nota Informativa divulgada pela SES

30/03/2020 | COMÉRCIO FECHADO

Prefeito se revolta com promotor em MT: (vão comer na casa dele)

Após dizer que preferia morrer com barriga cheia, prefeito gera nova polêmica

28/03/2020 | SAÚDE

Governador anuncia mais 147 leitos para pacientes de Covid-19

Governador anuncia mais 147 leitos para pacientes de Covid-19

27/03/2020 | COVID-19

Sobe para 85 número de suspeitas de coronavírus em Sinop

Em Mato Grosso, conforme a Secretaria de Estado de Saúde, 11 casos foram confirmados, sendo oito em Cuiabá, dois em Várzea Grande e um em Nova Monte Verde

27/03/2020 | ATUALIZADA

Mato Grossos continua com 11 casos confirmados de coronavírus; número de suspeitos sobe para 556

Pacientes são devidamente acompanhados pelas equipes de Vigilância Epidemiológica do estado e dos municípios

27/03/2020 | FIM DO NAMORO

Chega ao fim o relacionamento político entre os chefes de poderes em Marcelândia

A relação politica entre os dois já vinha sofrendo desgaste e a separação já era dada como certa.

27/03/2020 | PARA O TRABALHO COM CAUTELA

Sinop: Prefeita diz que empresários também são responsáveis por controle da COVID

As decisões foram tomados após pronunciamento do presidente Jair Bolsonaro

26/03/2020 | PRIORIDADE PARA IDOSOS

Vacinação contra a gripe é retomada nesta sexta-feira, dia 27

Com isso, a vacinação em Sinop será retomada nesta sexta-feira, dia 27, nos grupos prioritários de idosos (60 anos e mais)

26/03/2020 | VINCULANDO ÁS PREFEITURAS

Governo consolida critérios de combate ao coronavírus; veja

Decreto mantém medidas de isolamento social e segue orientação da Sociedade Brasileira de Infectologia

25/03/2020 | MEDIDAS ECONÔMICAS

Sinop: Saiba o que está previsto no decreto 065/2020

As medidas poderão ser reavaliadas a qualquer momento, de acordo com a situação epidemiológica do município. Passaram a vigorar também nesta quarta-feira, 25 de março.