Siga-nos nas redes sociais:

Dal'Bosco: MT melhorou, mas ainda precisa ser agressivo nas mudanças

Líder do Governo, Dilmar Dal'Bosco defende que Executivo apresente novos ajustes para melhorar caixa 17/05/2019 - 17:54:48

O líder do Governo na Assembleia Legislativa, deputado Dilmar Dal’Bosco (DEM), defendeu que o Executivo ainda precisa ser “agressivo” no trabalho de melhora do caixa e propor novos ajustes.

Apesar de enxergar melhora na arrecadação, o parlamentar disse que a situação financeira está longe de ser a ideal.

“O Estado melhorou, sim, a arrecadação com as medidas que tomou no início do ano. O Governo conseguiu diminuir despesa e aumentar receita. Mas ainda tem que ser agressivo nas mudanças e alterações. Tem que fazer choque mesmo”, disse.

“Não podemos viver num momento em que o trabalhador, o frentista de um posto, um trabalhador de uma loja ou conveniência, não tenha direito a Saúde e Educação de qualidade. Nós temos que trabalhar para isso. O Governo tem que estar focado nas pessoas menos favorecidas. E para isso o Governo tem que ter dinheiro, mas estamos ainda com dificuldades em repasses como a Saúde”, afirmou.

Segundo o deputado, um dos entraves para a melhora das contas é a queda nos repasses do Governo Federal. Os valores têm diminuído mensalmente.

Além disso, desde 2018 a União não repassa os valores do Fundo de Auxílio Financeiro para Fomento das Exportações (FEX).

“O Estado tem que se preocupar. Estamos com dificuldades na receita, de repasses do Governo Federal. Isso é preocupante. Temos constantemente acréscimos nos preços de obras que o Estado precisa executar. Estamos com um orçamento com dificuldades e o Estado tem que fazer mais alguns ajustes”, disse.

“Essa queda tem dificultado. Por isso o Governo tem ido atrás, está preocupado com isso. Os prefeitos também têm tido grandes dificuldades. O Governo tem que pensar que não é uma gestão de apenas quatro anos, tem que pensar que são 10 anos, 20 anos. Esta é a gestão. Não focado em um mandato, mas no futuro”, afirmou.

Extinção de autarquias

Dilmar defendeu que o Governo decida o quanto antes sobre as autarquias que podem ou não ser extintas.

Em janeiro, a Assembleia aprovou um projeto que prevê a possibilidade de extinção de cinco empresas públicas e sociedades de economia mista do Estado.

Fazem parte do pacote: Agência de Fomento do Estado de Mato Grosso S.A (MT Fomento), atual Desenvolve MT; a Central de Abastecimento do Estado de Mato Grosso (Ceasa-MT); e a Companhia Mato-grossense de Mineração (Metamat). Além delas, as empresas públicas: Empresa Mato-grossense de Pesquisa, Assistência e Extensão Rural (Empaer); e a Empresa Mato-grossense de Tecnologia da Informação (MTI).

Até o momento, a única que teve a extinção decretada foi a Ceasa-MT.

“Autorizamos o fechamento de algumas autarquias e o governador vai ter que decidir se mantem, diminui ou fecha de vez. Essas medidas são urgentes. Essa decisão precisa ser tomada”, disse Dilmar.

Foto Reprodução

Fonte: Mídia News

Veja tambem

26/06/2019 | VOO DROGAS PRESIDENTE JAIR BOLSONARO

Bolsonaro exige punição severa de responsável por drogas em voo

Presidente destaca que caso não tem relação com sua equipe

25/06/2019 | CLÁUDIA-MT

Prefeitura de Cláudia e Corpo de Bombeiros firmam parceria no combate as queimadas

A medida visa ampliar o reforço da brigada municipal mista no período proibitivo de queimadas

25/06/2019 | INFRAESTRUTURA

Prefeitura pede apoio do Estado para asfaltar estrada Jacinta

25/06/2019 | POLITEC

Politec perde efetivo de pessoal em Rondonópolis

Delegado Claudinei reuniu com representantes da Politec que reclamam da necessidade de profissionais na instituição e a perda do direito ao porte de arma pelo STF

24/06/2019 | SAÚDE

Prefeitura de Sinop leva 30 crianças para avaliação cirúrgica na capital

As crianças que passaram pela avaliação e segundo o laudo médico realmente precisam de cirurgia, irão receber do município de Sinop todos os exames pré-operatórios

24/06/2019 | LEGISLATIVO

Após pedido de recuperação, senador defende que Rota Oeste perca concessão

Diante da recuperação judicial da Odebrecht, o ministério do Transporte estuda uma forma para transferir a concessão da BR-163 da Rota do Oeste para outra empresa.

24/06/2019 | CRIME

MPE denuncia dois ex-secretários de Fazenda por suposto esquema de R$ 11 milhões

O processo versa sobre pagamento de R$ 11,7 milhões com suposto superfaturamento de R$ 3,7 milhões

22/06/2019 | OBRA PARALISADA

Câmara de Cláudia cobra da SINFRA-MT conclusão de reparos na MT-423

Obra está paralisada há mais de 60 dias, causa transtornos à população e aumenta risco de acidentes de trânsito

21/06/2019 | PROJETO DE LEI, GARANTIAS JURÍDICAS A MILITARES

Bolsonaro vai enviar projeto para dar garantia jurídica a policiais

Ele quer militares "condecorados e não processados” após uma missão

21/06/2019 | CINCO POR UM

MP investiga “servidora empresária” que dá consultoria a 5 prefeituras de MT

E.A.B. é servidora efetiva do município de Sorriso e estaria prestando serviços a outras prefeituras da região por meio de sua empresa

21/06/2019 | OPERAÇÃO SEVEN

Justiça bloqueia casa em bairro nobre e libera carrões de ex-secretário de MT

Juiz da Vara de Ação Civil Pública e Ação Popular do Tribunal de Justiça também pediu compartilhamento de provas da esfera penal de suposta fraude de R$ 7 milhões

20/06/2019 | ECONOMIA

Programa ‘Banco de Milhagens’ garante apoio à estudantes e atletas

Utilização de passagens aéreas e prêmios de milhagens oriundas de recursos públicos já é realidade no estado do Rio Grande do Sul (RS).