Siga-nos nas redes sociais:

Comissão conclui votação da reforma da Previdência

Agora, texto irá a plenário semana que vem 05/07/2019 - 10:07:16

Após 16 horas de debates, a comissão especial da reforma da Previdência (PEC 6/19) na Câmara dos Deputados concluiu, na madrugada desta sexta-feira (5), a votação do parecer do deputado Samuel Moreira (PSDB-SP).

O texto-base da proposta foi aprovado na tarde de ontem (4) por 36 votos a favor e 13 contra.

Na sequência, os deputados se debruçaram sobre os destaques com sugestões de mudança no relatório. Foram derrubados, em bloco, 99 destaques individuais e analisados, um a um, 17 destaques de bancadas – a maioria rejeitada.

Apenas dois destaques foram aprovados. Um deles, do bloco PP, PTB e MDB, retirou dois temas do relatório. O primeiro é a limitação para renegociação de dívidas junto ao Estado em até 60 meses. Atualmente, os programas não têm limitação de prazo.

O segundo ponto excluído do parecer trata da cobrança de contribuições previdenciárias sobre a exportação do agronegócio. Com essa renúncia fiscal, o governo projeta uma redução da economia prevista com a reforma em R$ 83 bilhões nos próximos dez anos.

O outro destaque aprovado, do DEM, retira policiais militares e bombeiros do texto da Proposta de Emenda à Constituição (PEC. Os deputados aprovaram, por unanimidade, a retirada da aplicação a PMs e bombeiros das regras de transferência para inatividade e pensão por morte dos integrantes das Forças Armadas, até que uma lei complementar local defina essas regras.

O texto exclui ainda a possibilidade de que lei estadual estabeleça alíquota e base de cálculo de contribuição previdenciária para policiais e bombeiros militares.

Agentes de segurança e professores
A comissão especial rejeitou mudanças nas regras de aposentadoria para policiais que servem à União. Pelo texto aprovado na comissão especial, policiais federais e legislativos se aposentarão aos 55 anos de idade, com 30 anos de contribuição e 25 anos de exercício efetivo na carreira, independentemente de distinção de sexo.

Por 30 votos a 18, a comissão rejeitou mudança nas regras de aposentadoria de professores. O destaque buscava manter as atuais regras de aposentadoria para professores, com 25 anos de contribuição para mulheres e 30 anos para homens, sem exigência de idade mínima.

Pelo texto do relator, as professoras poderão se aposentar com 57 anos de idade e 25 de contribuição; e os professores, com 60 de idade e 30 de contribuição. Os profissionais do magistério terão de comprovar efetivo exercício na educação infantil ou nos ensinos médio e fundamental.

Plenário
Em sua conta no Twitter, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), comemorou a aprovação do parecer da reforma da Previdência na comissão especial. Segundo a previsão de Maia, o texto já começa a ser discutido pelo plenário na próxima terça-feira (9) e deve ser votado antes recesso parlamentar, que se inicia no dia 18 deste mês.

Para o texto começar a ser debatido no plenário, o regimento da Câmara estabelece um prazo de duas sessões após a conclusão da votação na comissão especial.

Por se tratar de uma proposta de emenda à Constituição (PEC), o texto precisa ser aprovado por três quintos dos deputados, o correspondente a 308 votos favoráveis, em dois turnos de votação.
Aprovado pelos deputados, a matéria segue para apreciação do Senado, onde também deve ser apreciado em dois turnos e depende da aprovação de, pelo menos, 49 senadores.

Foto Marcelo Camargo

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

24/01/2020 | SINOP SEM DENGUE

Prefeitura inicia testes com drone para vistoria em imóveis fechados

Conforme o secretário da pasta, Gerson Danzer, a utilização do drone é para vistoriar os imóveis onde os agentes não tem acesso

22/01/2020 | DIEGO FREDERICI

Em MT, 500 mil eleitores podem não votar ao Senado; confira calendário

TRE abriu prazo até 21 de fevereiro para eleitores se regularizarem a tempo de votarem na eleição suplementar

21/01/2020 | NINHO TUCANO

Candidatura de Leitão ao Senado ainda é incerta

Nilson Leitão disputou o senado em 2018, ficando em 4º lugar

21/01/2020 | RENOVAR É PRECISO

Um novo nome para o cenário político mato-grossense.

Segundo Antoniolli, os nomes que estão sendo ventilados, são todos ligados à velha política.

20/01/2020 | DOCUMENTO DE PIARAÇU

Cacique Raoni é criticado pelos indígenas agricultores por evento contra Bolsonaro

Mais de 600 lideranças indígeas reunidas na Aldeia Piaraçu, que fica no Parque Nacional do Xingu, em Mato Gross

17/01/2020 | CARTÃO NORTÃO

TCE suspende pregão de R$ 3,8 milhões em cidade de MT por direcionamento; só 1 participante

Conselheiros faz uma série de críticas ao certame na gestão de Rosana Martinelli

17/01/2020 | FOSFOETANOLAMINA

Pacientes revivem esperança após indicativo de liberação da pílula do câncer

Bolsonaro aproveitou para destacar que a Anvisa, que chegou a indicar que vetaria a pílula, não pode protelar por tanto tempo sobre as liberações que são de interesses da sociedade.

17/01/2020 | ARTICULAÇÃO

Prefeitos e empresários aprovam projeto da Rota do Oeste para trevo de acesso de Sinop a Cláudia

O encontro foi realizado no Sindicato Rural, onde foram avaliados três projetos, sendo que um deles foi o escolhido pelas lideranças presentes.

17/01/2020 | ARTICULAÇÃO

Prefeitos e empresários aprovam projeto da Rota do Oeste para trevo de acesso de Sinop a Cláudia

O encontro foi realizado no Sindicato Rural, onde foram avaliados três projetos, sendo que um deles foi o escolhido pelas lideranças presentes.

17/01/2020 | CONSUMIDOR

Comissão aprova venda direta de etanol de usinas para postos de combustíveis

17/01/2020 | CIDADE LIMPA

CUIABÁ: Materiais recicláveis podem ser trocados por créditos para celular e vale-transporte

A troca pode ser feita em máquinas instaladas em oito pontos da cidade.

16/01/2020 | AGORA É LEI

Associação de Mulheres de Rondonópolis Sul é Declarada de Utilidade Pública

A lei foi uma iniciativa do deputado estadual Delegado Claudinei (PSL). Em 2019, a Associação realizou mais de mil atendimentos