Siga-nos nas redes sociais:

Câmara Municipal cobra do Governo do Estado liberação de recursos para o Parque Florestal de Cláudia

Proposta prevê ações visando proteção ambiental e criação de áreas de lazer e turística no Parque Florestal Municipal, investimento estimado em R$ 2,5 Milhões 08/07/2019 - 13:22:16

A revitalização do Parque Florestal de Cláudia foi tema de reuniões na Casa Civil e na Sema, ocorrido na última terça-feira (02.07) na capital mato-grossense. Os vereadores claudienses Benézio dos Santos, Amaral Carteiro, Marciel Ricarte e Fernando Leitão cobraram do Governo de Mato Grosso a liberação de recursos para garantir a efetiva proteção e gestão do local que é uma unidade de conservação municipal de fins ecológico, turístico, esportivo e de lazer da cidade. 
 
Reunião na Casa Civil Na Casa Civil do Palácio Paiguás os parlamentares se reuniram com Wagner Ramos, Assessor Especial de Assuntos Políticos, que após tomar conhecimento das demandas apresentadas pelos vereadores se comprometeu em tomar todas as providências para que o município seja contemplado com os recursos pleiteados. A proposta contempla e prevê implantação de infraestrutura e de proteção e recuperação ambiental. Além dos fins ecológicos e garantir a conservação dos recursos naturais remanescentes no local, a exemplo da nascente do Rio Loreta, lagos e fragmento florestal, a intenção é que o Parque Florestal Municipal também possa ser destinado às atividades de recreação, esporte, lazer e turismo. 
 
Reunião na Sema Na Secretaria Estadual de Meio Ambiente – Sema, os parlamentares foram recebidos por Elton Antônio Silveira, Superintendente de Mudanças Climáticas e Biodiversidades.  Segundo informou o vereador Benézio do Santos, presidente da Câmara de Cláudia, o recurso pleiteado ao município de Cláudia através da Sema é na ordem de R$ 2,5 Milhões. Outras fontes de recursos público e privado também podem ser contatadas pelos vereadores, a fim de assegurar a efetiva preservação deste patrimônio natural dos claudiesnes e de que a cidade tenha um local para lazer e práticas esportivas em contato com a natureza. 

“A Câmara vai continuar acompanhando no governo do estado o andamento da proposta da implantação do Parque Florestal Municipal de Cláudia. Essa é a única área verde da nossa cidade e além da proteção de fato deste local vai beneficiar a população com uma área de lazer e contato com a natureza no perímetro urbano, bem perto de casa. A exemplo de Sinop, que possui um Parque bem estruturado que é atração turística e área de lazer frequentada por milhares de pessoas, Cláudia também pode e precisa ter a implantação do nosso Parque Florestal. E é para isso que estamos trabalhando e cobrando a liberação dos recursos para Cláudia”, declarou o vereador Benézio dos Santos. 
 
Recurso O recurso pleiteado para o Parque Florestal de Cláudia é da compensação ambiental da obra da usina hidrelétrica da Companhia Energética Sinop (CES), que foi implantada no Rio Teles Pires, no território do município de Cláudia.  
 
Parque Florestal Por meio do Decreto nº 094/2017, a reserva Parque Florestal de Cláudia foi transformado numa unidade de conservação, a Unidade de Conservação (UC) Ambiental Municipal Parque Florestal Paulo Viriato Correa da Costa. Com uma área de 20,971 ha, a UC está voltada ao “objetivo de preservar os ecossistemas naturais existentes, possibilitando a realização de pesquisas científicas e o desenvolvimento de atividades de educação ambiental, de turismo ecológico, de recreação, esporte e lazer, com espaços de convivência e de incentivo ao comércio local da agricultura familiar, em especial na área de alimentação e artesanatos”. Além da nascente do Rio Loreta e o lago da antiga “Prainha do Corá”, que constitui importante fonte de água para uso pelo município, a UC conta com diversas espécies florestais como Cedro, Angelim, Seringueira, Castanheira, Peroba, Ipê e Itaúba. Animais silvestres, pássaros, serpente e insetos variados completam a riqueza natural ecologia da área. Atualmente um número muito pequeno de populares utilizam o Parque Florestal para caminhadas, práticas esportivas, observação de fauna, educação ambiental e passeios ecológicos.  A falta de segurança e de estrutura inibem uma maior presença da população, inclusive de turistas. 
 
Risco Ambiental Apesar de algumas ações paliativas realizadas pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente nos últimos anos, a exemplo de limpeza, plantio de mudas e prevenção de incêndios, o Parque Florestal necessita de um investimento de grande envergadura 

para garantir a efetiva proteção, implantação de infraestrutura e a gestão da Unidade de Conservação conforme preconiza a legislação ambiental que regem as UCs. Assoreamento da nascente do Loreta, voçoroca causada por drenagem de águas pluviais lançadas indevidamente e focos de incêndio florestais são alguns dos problemas ambientais que anualmente afetam e ameaçam a preservação da área do Parque.  
 
Projeto Loreta Por iniciativa da Ong Grupo Agroflorestal e Proteção Ambiental (GAPA), da ambientalista Brigite Frick, com financiamento do Ministério do Meio Ambiente, parceria da Prefeitura de Cláudia e apoio das entidades Rotary, Instituto Socioambiental (ISA), Rádio Comunitária Nativa de Cláudia e do Instituto Centro de Vida, no passado a área do Parque Florestal passou por ações de reflorestamento e teve a nascente recuperada. Estas ações garantiram a recuperação ambiental da área degradada e a conservação das nascentes, salvando a reserva florestal da completa extinção. 

Fonte: Da Ass: com Redação

Veja tambem

23/08/2019 | DIA DO SOLDADO

Selma Arruda é condecorada com Medalha Exército Brasileiro

A cerimônia contou com a presença do presidente da República, Jair Messias Bolsonaro

23/08/2019 | CELEBRA SINOP

Inscrições para Musicanto seguem até 31 de agosto

A ficha encontra-se no portal da Prefeitura de Sinop (www.sinop.mt.gov.br).

23/08/2019 | AGENDA

Bolsonaro recebe Mauro e discute agronegócio e liberação do FEX

Bancada e presidente da Aprosoja participarão de encontro

22/08/2019 | SEMINÁRIO AGELIDER

Parceria com prefeituras é o caminho para a regularização fundiária no Estado

Intermat apresentou histórico e soluções para a titulação de terras, durante evento sobre desenvolvimento regional, em Sorriso

22/08/2019 | ASSISTÊNCIA SOCIAL

Começa campanha para eleição de conselheiros tutelares

Pela primeira vez as eleições serão realizadas através de urna eletrônica

22/08/2019 | AÇÃO POLÍTICA

Em Brasília, vereadores de Cláudia reivindicam recursos para saúde, meio ambiente e assentamento

22/08/2019 | METAS FISCAIS

Secretarias apresentam relatórios na Assembleia Legislativa

Estado trabalha com frustração de receita; déficit é de mais de R$ 1 bilhão

22/08/2019 | OPERAÇÃO TAPIRAGUAIA

PF recolhe documentos na casa de ex-deputado; ex-prefeito em MT é preso

Gaspar Lazzari, de Confresa, já havia sido alvo da 1ª fase da operação

19/08/2019 | PROJETO DE LEI

Lei sobre o Feconseg de MT do deputado Claudinei é o segundo sancionado no país

Projeto de lei do parlamentar é o primeiro aprovado pelo poder executivo e comemorado pelos integrantes do Consegs de Mato Grosso

19/08/2019 | LEGISLATIVO / SINOP

Dilmair requer informações sobre pagamentos para empresa que instalou radares em Sinop

18/08/2019 | MELHORIAS URBANAS

Com aprovação da Câmara, Caixa concede empréstimo de R$ 11,5 milhões para Prefeitura de Cláudia

principais ações previstas prefeito Altamir kurten reconhece apoio da câmara municipal de Cláudia sem o qual o empréstimo não seria liberado para o município.

16/08/2019 | EM BRASÍLIA

Leonardo Visera vai à Brasília e conquista R$ 2 milhões para asfaltamento da Comunidade Adalgisa e Feira do Agricultor

O valor é verba parlamentar dos deputados Neri Geller (PP) e José Medeiros (PODE).