Siga-nos nas redes sociais:

Cabo eleitoral de Bolsonaro em MT faz sucesso com a política “banha-de-porco”c

Nelson Barbudo faz vídeos criticando políticos e é cortejado para disputar as eleições em 2018 27/12/2017 - 10:25:52

O pecuarista Nelson Ned Previdente é uma figura pitoresca, com suas longas barbas e um estilo quase caricato. O jeito manso de se mover pela sala e o visual que remete um dia calmo no campo, disfarçam a impaciência e a eloquência do produtor rural quando se trata de criticar a postura de certas figuras políticas. Mas uma delas ele defende: Jair Messias Bolsonaro.

Conhecido como Nelson Barbudo, o produtor rural ganhou visibilidade na internet depois que fez um vídeo defendendo o deputado federal e provável candidato à presidência, de críticas feitas pelo colunista Reinaldo Azevedo. O último vídeo feito contra o colunista tem mais de 83 mil visualizações na página do Facebook do militante.

Do mesmo modo, seu vídeo criticando o único discurso feito pelo deputado federal Tiririca já tem mais de 10 mil compartilhamentos.

Nelson Barbudo é cortejado pelo Podemos, partido liderado pelo senador José Medeiros em Mato Grosso – e que acompanhou Nelson em entrevista na redação do LIVRE.

Nelson Barbudo classifica seu estilo como uma “política banha de porco”, em contraponto ao que ele chama de “política Nutella”. O produtor rural classifica o ex-governador Silval da Cunha Barbosa como um “traidor da pátria” e como um “vagabundo”. “Mas pelo menos pagava salário”, diz.

Silval foi acusado pelo Ministério Público Estadual (MPE) por diversos casos de corrupção e ficou preso por um ano e oito meses. Depois, fechou acordo de colaboração premiada com a Procuradoria-Geral da República (PGR) e devolveu R$ 70 milhões à Justiça. Em sua delação, o ex-governador entregou vídeos de deputados recebendo maços de dinheiro.

“Cada mala daquelas é um monte de caixão em que as mães têm que colocar seus filhos pela falta de atendimento; é um motorista de caminhão morto porque a estrada não foi duplicada; é um produtor rural que quebra”, diz. “Não tem perdão para o Silval”, decreta.

O produtor coloca Bolsonaro como uma esperança de mudança no cenário político representado por Silval e outras figuras. O deputado federal significaria, para Nelson, a garantia de um presidente “cristão, patriota, respeitador da Constituição” e com segurança contra “os comunistas”.

Nos próximos 10 meses, parte da propriedade de Nelson Barbudo está alugada para que ele possa se dedicar a uma única tarefa: militar em favor de Bolsonaro e contra o “plano criminoso de Fernando Henrique Cardoso e Lula”.

nelson Barbudo

Produtor vê intervenção militar com preocupação

Nelson foi eleitor do governador Pedro Taques (PSDB), mas se diz decepcionado com o governo do ex-membro do Ministério Público Federal (MPF). Morador de Alto Taquari há 35 anos, o produtor reclama da falta de asfalto interligando o município e a cidade de Alto Araguaia, na divisa com o Estado de Goiás, e critica o Governo do Estado pela falta de ação. “São 60 quilômetros que faltam para ligar as duas cidades, que são rota para Goiás, e eles não conseguem terminar”, diz.

Apesar de ser seguidor de Bolsonaro, o produtor rural pondera sobre a solução militar apresentada por parte daqueles que militam pelo pré-candidato à presidência. Para Nelson, uma intervenção dos militares poderia ter “consequências sangrentas”, com possíveis combates armados entre o Exército e “o Movimento dos Sem Terra e a parte comunista do Exército”.

A economia também seria uma preocupação no caso de intervenção. “E se os Estados Unidos param de comprar soja de Mato Grosso? Viraria um caos”, afirma.

O produtor rural é casado e tem duas filhas, uma advogada e outra estudante de medicina veterinária. Nelson já foi vereador de Alto Taquari e sua esposa já foi presidente da Câmara de Vereadores do município. Com o discurso radical, Nelson Barbudo tenta romper os limites do pequeno município e cogita se candidatar a deputado federal.

Fonte: Pagina de Sorriso

Veja tambem

21/06/2018 | TORIXORÉU-MT

Ex-prefeito, marido de prefeita é preso em operação da PF contra desvio de dinheiro em MT

Odoni Mesquita Coelho é acusado de fraudar licitação durante a gestão dele. Também foram cumpridos quatro mandados de busca e apreensão no município.

20/06/2018 | REUNIÃO TÉCNICA

Sine debate políticas para a inserção do menor jovem aprendiz no mercado de trabalho

O evento está marcado para a amanhã, quinta-feira, 21, às 14h, no centro de eventos da Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL).

20/06/2018 | MÁQUINA PÚBLICA

Leitão consegue assinaturas suficientes para PEC do corte de gastos

A PEC do corte de gastos públicos não se restringe a reduzir o número de integrantes do Legislativo, mas também reduzira a verba indenizatória dos deputados federais, estaduais e vereadores.

20/06/2018 | EMENDA PARLAMENTARES

Governador se reúne com prefeitos e ouve demandas dos municípios

Taques pediu que os prefeitos pontuassem as prioridades de suas administrações, uma vez que os recursos serão disponibilizados conforme o fluxo de caixa do Estado.

20/06/2018 | FORO MANTIDO

TJ cita processo na reta final e nega "descer" ação contra deputado de MT

Romoaldo Junior responde por desvio de dinheiro e falsidade ideológica enquanto prefeito de Alta Floresta

19/06/2018 | INVESTIMENTO

Grupo internacional deve investir R$ 18 milhões em MT

Em 2016, o grupo lançou em Cuiabá uma plataforma de sustentabilidade em que o consumidor poder saber o local exato da produção da carne e as condições

19/06/2018 | PLANEJAMENTO

Sinop será sede para a Reunião Técnica de todos os Procons de Mato Grosso

19/06/2018 | QUEBRADO BILIONÁRIO

Taques compara que Mauro deve mais que MT e "comunga" com roubalheira de Silval

Tucano ainda lamentou o fato de ex-prefeito dever para 800 trabalhadores

18/06/2018 | DESVIOS NO ESTACIONAMENTO

TCE conclui julgamento sobre fraudes na AL

16/06/2018 | TRANSPORTE ESCOLAR

Prefeita Rosana entrega uniformes para profissionais do Transporte Escolar

15/06/2018 | R$ 36 MILHÕES

Governo destinará 20% do Fundo da Saúde aos hospitais filantrópicos

Destinação foi confirmada pelo governador em encontro com diretores das unidades

14/06/2018 | CONDENADOS NA LAVA JATO

STJ rejeita liberdade de Lula para participar de campanha

Ministro Felix Fischer negou liberdade até o julgamento do mérito de recurso no processo do tríplex do Guarujá