Siga-nos nas redes sociais:

Botelho afirma ao Gaeco que empresa investigada não era de fachada

O deputado Eduardo Botelho esclareceu ao Gaeco os cheques emitidos por ele à Santos Treinamento, empresa investigada na Operação Bônus. 14/05/2018 - 18:32:28

O presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho (DEM) afirmou em depoimento na sede do Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado (Gaeco) que entrou como sócio investidor na Santos Treinamento e garantiu que a empresa não era de fachada, conforme apontou o Ministério Público Estadual (MPE).

Segundo o deputado, os questionamentos dos promotores do Gaeco foram quanto a cheques emitidos por ele.

"Eu entrei como investidor, não tinha gerência, não participei de nada. Foi esclarecido tudo. Eles fizeram levantamento de todos os cheques que saíram da minha conta e eu expliquei um por um dos meus cheques que foram repassados", disse.

O deputado reiterou que nunca teve participação na administração ou gerência da empresa e que os valores repassados por ele foram referenta à cota da socieade na Santos Treinamento.

As investigações da Operação Bereré destacaram que a empresa teria recebido R$ 7,3 milhões a título de propina por meio de contratos com a empresa EIG Mercados, a antiga FDL Serviços. Conforme o Gaeco, os repasses ilícitos faziam parte do esquema de desvio de dinheiro do Detran, por meio de contrato com a EIG Mercados. 

O esquema de propina envolvendo a EIG Mercados, a Santos Treinamento e o Detran veio à tona na Operação Bereré e, recentemente, na segunda fase, denominada Operação Bônus.

A operação é resultado da delação do ex-presidente do Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT), Teodoro Lopes, o Dóia.

Conforme o Ministério Público Estadual (MPE), foram cumpridos mandados de busca e apreensão expedidos pelo Tribunal de Justiça na Assembleia Legislativa e nas casas dos deputados Eduardo Botelho e Mauro Savi, além do ex-deputado federal Pedro Henry, de servidores públicos, empresas e particulares.

As investigações tiveram início na Delegacia Especializada em Crimes Contra a Administração Pública e Ordem Tributária (Defaz), sendo que as medidas cautelares foram requeridas pelo Naco Criminal (Núcleo de Ações de Competência Originária) do Ministério Público Estadual e estão sendo cumpridas em Cuiabá, Sorriso e Brasília (DF), pelo Gaeco (Grupo de Atuação Especial Contra o Crime Organizado) e Polícia Judiciária Civil, com apoio da Polícia Militar, por meio do Bope.

Veja o vídeo:

Fonte: REPÓRTE-MT

Veja tambem

17/07/2018 | ELEIÇÕES 2018

Nilson Leitão oficializa a pré-candidatos do PSDB que será candidato ao Senado

O encontro ocorreu na sede do diretório do partido, em Cuiabá.

16/07/2018 | CONDUTA QUESTIONADA

Tem que fechar a Assembleia, dispara Botelho sobre vedações eleitorais

A afirmação foi feita em resposta às recomendações do Ministério Público Eleitoral sobre as vedações aos agentes públicos neste período.

16/07/2018 | ELEIÇÕES 2018

Ninguém bate em cachorro morto, reage Taques sobre as representações do PDT

Para o governador Pedro Taques, na corrida eleitoral quem ameaça recebe críticas porque isso é natural do processo

16/07/2018 | CAUTELA PRÉ-CONVENÇÕES

Presidente da AL vê cenário indefinido e prevê "adversários se unindo" em MT

Ele chegou a ironizar, insinuando que adversários como o MDB e Taques poderiam ficar juntos

15/07/2018 | ÚLTIMA CARTADA

Deputados do PSD articulam vice e senador na chapa de Taques

Decisão da legenda será tomada somente em convenção

14/07/2018 | ELEIÇÕES 2018

Tucano resiste a acordo que sela aliança entre PSD e Alckmin

Izalci reforçou decisão de concorrer ao Palácio do Buriti, indo na contramão da negociação entre Alckmin e PSD

14/07/2018 | INCONSTITUCIONAL

Taques veta 4 projetos aprovados pela AL

Os vetos às proposituras foram publicados na edição do Diário Oficial do Estado (DOE) que circulou na última quinta-feira, 12.

14/07/2018 | ELEIÇÕES 2018

Em pré-campanha, Nilson Leitão recebe apoios em Campo Verde

O vice-prefeito de Campo Verde, Milton Garbúgio, reconheceu a trajetória do deputado desde quando era prefeito de Sinop

13/07/2018 | MATO GROSSO

MP pede afastamento e bloqueio de R$ 365 mil em bens de secretário de Saúde de MT

Segundo o MPE, Luiz Soares descumpre ordens judiciais para fornecimento de atendimentos a pacientes. O governo disse que ainda não foi notificado sobre a ação.

13/07/2018 | ALIANÇA COM PT

Após apoio de Paulo Câmara a Lula, Gleisi cobra aliança formal do PSB

Afirmação é também uma resposta ao prefeito de Belo Horizonte, Marcio Lacerda (PSB), que descartou a possibilidade de uma aliança com o PT

13/07/2018 | APOIO

Ex-presidente da Aprosoja declara apoio a Nilson Leitão

A declaração foi dada em um vídeo que circula nas redes sociais.

13/07/2018 | ARTICULAÇÕES

Senador garante espaço para Fávaro e conta com PSD em chapa

Wellington Fagundes também está otimista em receber apoio do PSL