Siga-nos nas redes sociais:

Bolsonaro recebe Mauro e discute agronegócio e liberação do FEX

Bancada e presidente da Aprosoja participarão de encontro 23/08/2019 - 08:58:34

Atendendo pedido do deputado federal José Medeiros (Pode-MT), o presidente Jair Bolsonaro vai se reunir com o governador Mauro Mendes e a bancada federal de Mato Grosso no próximo dia 29 de agosto, às 8h30, no Palácio do Planalto. No encontro, será discutido a moratória da soja, a situação do agronegócio em Mato Grosso, a liberação dos recursos do FEX (Fundo Estadual de Auxílio à Exportação) e a inauguração da Universidade Federal de Rondonópolis.

“Vamos reunir com o presidente Bolsonaro para um café da manhã e apresentar as principais demandas de Mato Grosso. Além da não aprovação da moratória da soja produzida no Cerrado, vamos solicitar agilidade no processo de liberação dos recursos do FEX. Mato Grosso precisa desse recurso para equilibrar as contas públicas. O governador Mauro Mendes já confirmou participação na reunião, como também toda a bancada federal”, explicou Medeiros, que ocupa a vice-liderança do governo Bolsonaro na Câmara Federal.

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), Antonio Galvan, também vai participar da reunião com o presidente da República.

Moratória

Medeiros lembrou que recentemente denunciou na tribuna da Câmara Federal a ação de organismos internacionais que estão procurando impedir a expansão da produção agrícola nacional e diminuir a competitividade do Brasil no mercado internacional com a criação da moratória da soja no Cerrado brasileiro. Segundo o deputado, a moratória da soja, que propõe não financiar ou comercializar soja produzida no Cerrado, não é uma ação para preservar o meio ambiente, mas sim para prejudicar Mato Grosso e o Brasil.

“Vamos levar ao presidente Bolsonaro a preocupação do setor produtivo de Mato Grosso com o movimento internacional para coibir o desenvolvimento da agricultura. Esse movimento vem travestido de moratória da soja. Eles estão dando milhões de dólares a tradings para que elas não comprem soja produzida no Cerrado brasileiro, em propriedades que estão legalizadas e que não cometem nenhuma irregularidade ambiental”.

Fonte: Folha Max

Veja tambem

19/09/2019 | MEIO AMBIENTE

Prefeitura convoca moradores do entorno do Parque Florestal para reunião participativa

19/09/2019 | ORÇAMENTO DE R$ 20,3 BI

Governo altera peça e MT passa a ter superávit de R$ 120 milhões

Novo orçamento também prevê alteração da despesa; medida deve ser analisada na próxima semana

19/09/2019 |

Empresas do nortão patrocinam obras de arte sacra na igreja nossa senhora aparecida em tapurah

Líder do governo no Congresso foi ministro da Integração e é investigado por irregularidades na transposição do Rio São Francisco. Defesa diz que medidas se referem a 'fatos pretéritos' e que parlamentar tem atuação 'combativa'.

18/09/2019 | REPRESENTANTE DO POVO

Leonardo Visera cobra remoção do lixo da Estrada Ana

A cobrança foi feita durante a 30ª Sessão Ordinária, realizada na última segunda-feira (16).

17/09/2019 | CIOPAER

UTI aérea vai gerar economia anual de R$ 10 milhões ao Estado

Entrega da aeronave ao Ciopaer foi formalizada nesta terça-feira (17.09) e as adequações devem ser feitas até dezembro

16/09/2019 | REFORMA AGRÁRIA

Em audiência pública, presidente da Câmara de Cláudia cobra regularização de assentamentos rurais

16/09/2019 | MUNICIPALISTA

Prefeito e lideranças de Alto Araguaia apresentam demandas

O deputado estadual Delegado Claudinei esteve na última sexta-feira (13) no município

16/09/2019 | JAIR BOLSONAROCIRURGIA

Bolsonaro receberá alta à tarde e retorna a Brasília ainda hoje

Há a previsão inicial de que a equipe médica vá a Brasília na sexta-feira para avaliar a recuperação de Bolsonaro.

16/09/2019 | POLYGONUM 6

PC prende 12 por fraudes ambientais; servidores, engenheiros e fazendeiros são alvos

Investigação descobriu que grupo inseria relatório falso sobre vegetação de propriedades para aumentar desmatamento

15/09/2019 | COMPRA DE TABLETS

Empresa denuncia direcionamento em licitação de R$ 1,5 mi em MT

Prefeita Rosana Martinelli e secretária de Educação terão que explicar certame

13/09/2019 | INVESTIMENTOS

Governo: Com Recurso do Fethab tocar mais de 100 obras", diz governador

A Lei n° 10.818/2019, que definiu as novas regras do Fundo, prevê um aumento gradual da destinação dos investimentos no setor de infraestrutura ao longo de quatro anos, passando de 40%, em 2019, para 60% em 2023.

12/09/2019 | FRAUDE ELEITORAL

Defesa de Fiuza cobra do TSE julgamento da cassação de José Medeiros

Defesa de Fiuza cobra do TSE julgamento da cassação de José Medeiros