Siga-nos nas redes sociais:

Bolsonaro defende aprovação da idade mínima para aposentadoria

A proposta é fixar 61 anos para homens e 56 para mulheres 05/11/2018 - 20:02:15

O presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), defendeu hoje (5) que seja aprovado ainda este ano algum passo, "por menor que seja", na Reforma da Previdência. Ele propõe a fixação da idade mínima para 61 anos para os homens e 56 para mulheres. O presidente prevê “majorar” em determinas carreiras que serão especificadas. A intenção é aprovar as mudanças ainda este ano.

“Um grande passo, no meu entender, se este ano for possível, vamos passar para 61 anos [a idade mínima] o serviço público para o homem, 56 para a mulher, e majorar também o ano nas demais carreiras. Acredito que seja um bom começo para entrar no ano que vem já tendo algo de concreto para nos ajudar na economia", disse o presidente eleito em entrevista à TV Aparecida.

Segundo Bolsonaro, não se pode generalizar a fixação da idade mínima de 65 anos porque certas atividades são incompatíveis com a aposentadoria até mesmo aos 60. O presidente eleito usou como exemplo os policiais militares do Rio de Janeiro. "Não é justo colocar lá em cima [a idade mínima]."

No projeto que está na comissão especial da Câmara dos Deputados, a idade mínima é de 65 anos para homens e 62 para mulheres. A proposta já foi aprovada na comissão especial, ainda tem de passar por outras instâncias na Casa.

Prioridades

Bolsonaro reiterou que o tema está entre as prioridades para o governo eleito. "Não adianta ter uma boa proposta previdenciária, se ela não vai passar na Câmara e no Senado. Queremos dar um passo, por menor que seja, mas dar um passo na Reforma da Previdência, que é necessário."

Para o presidente eleito, é necessário eliminar as incorporações de cargos de comissão aos salários de servidores que desempenham essas funções por algum tempo.

Fusão de ministérios

Na entrevista, Bolsonaro indicou que deve manter em pastas distintas Meio Ambiente e Agricultura, não deu sinalizações de fusão das duas áreas. "Vários ruralistas estão achando que não é o caso a fusão, mas vou deixar bem claro que não vai haver diferença.”

O presidente eleito reiterou que a nomeação dos ministros será feita somente por ele. “Quem vai nomear o ministro do Meio Ambiente vai ser eu, e não vão ser essas pessoas que tivemos até o momento transitando por lá, prestando um desserviço ao meio ambiente e um desserviço ao homem do campo."

Aborto

Questionado sobre ampliar, na legislação, as possibilidades de autorização para o aborto legal, Bolsonaro disse que sua prioridade é manter como está. "O compromisso que tenho é não deixar ampliar o aborto em hipótese alguma", disse ele.

O presidente eleito diz que é contra o aborto, mas há situações extremas em que é necessário reavaliar a posição. "Eu sou contra o aborto, mas a questão do risco de morte para a mãe é uma questão que fica difícil. Se não abortar uma gravidez tubária, a mãe vai morrer. Qual é a solução? É deixar a acontecer? Peço a Deus que me ilumine para tomar uma decisão no tocante a isso, caso essa questão volte a ser discutida no plenário da Câmara e do Senado".

Em outro momento da entrevista, Bolsonaro disse ser a favor do acolhimento dos venezuelanos que chegam ao Brasil como refugiados, mas disse que é preciso combinar essa recepção com medidas contra o governo da Venezuela. 

"Vamos reconhecer a situação da Venezuela. Eles estão fugindo da ditadura, da fome e da violência, mas o Governo Federal tem que tomar medidas contra o Governo Maduro. E não apenas acolher e deixar que se resolva as coisas naturalmente".

 Foto: divulgação/ site oficial

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

18/04/2019 | DIA DO ÍNDIO

Seduc investe na qualificação de professores da educação escolar indígena

São 460 professores com curso superior nas escolas indígenas e 120 estão em formação em Mato Grosso.

18/04/2019 | JANAÍNA RIVA

Primeira mulher: Janaína Riva assume a presidência da ALMT por 121 dias

Janaína Riva é a primeira mulher a ocupar o cargo de presidente da Assembleia Legislativa do Estado, mesmo que temporariamente

17/04/2019 | SECRETARIA DE SAÚDE

Sinop investe em saúde duas vezes mais que o exigido em Lei

O montante equivale a 33,59% da receita própria aplicada em saúde pelo Poder Executivo no último exercício.

16/04/2019 | BR-163 INFRAESTRUTURA

Dnit garante vias de acesso ao comércio do Distrito Industrial após obras de duplicação da BR-163/364

Participaram da reunião, o deputado Nininho e empresários do Grupo Lebrinha, Sinuelo e Ville de France (Citroën).

16/04/2019 | MANUTENÇÃO

Leonardo Visera pede limpeza de área institucional e redutor de velocidade para avenida de Sinop

12/04/2019 | INFRAESTRUTURA

Governo assina contrato de concessão de rodovia no Nortão de MT

Concessionária Via Brasil assumirá a administração da MT-320 por 30 anos. Mas pedágios só iniciam após a realização das obras essenciais.

12/04/2019 | INDICAÇÕES 175/2019 / 176/2019

Vereador Remídio Kutz solicita construção de lombada

11/04/2019 | EDUCAÇÃO

Prefeitura anuncia novo processo seletivo para contratação de professores

Ao todo, são ofertadas 47 vagas para a função de professor.

10/04/2019 | CASSAÇÃO DE SELMA

Vou recorrer a instâncias superiores para provar minha boa fé

Por unanimidade, a chapa eleitoral de Selma foi cassada pelo TRE; decisão cabe recurso

10/04/2019 | APOIO

PSL sai em defesa de senadora cassada

O parlamentar lembra que Selma recebeu mais de 678 mil votos, legítimos do povo mato-grossense

10/04/2019 | APROVADO

Prefeita participa da Marcha a Brasília e comemora aprovação da PEC 61

A PEC foi aprovada pelo plenário do Senado aprovou nessa terça-feira (9)

10/04/2019 | SUSPEITA DE CAIXA 2; ASSISTA

TRE retoma julgamento de Selma; juiz nega suspeição de relator

Sessão, que deveria ter sido realizada ontem, foi suspensa; MP Eleitoral quer nova eleição