Siga-nos nas redes sociais:

AL derruba veto e facilita o pagamento da RGA aos servidores

Com a medida, deputados incluem fundo no cálculo que prevê possibilidade de pagamento da revisão 10/07/2019 - 10:11:43

A Assembleia Legislativa derrubou, na sessão desta terça-feira (9), o veto do governador Mauro Mendes (DEM) à emenda proposta à Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) Estadual que incluía os recursos do FEX (Fundo Estadual de Auxílio à Exportação) no cálculo da receita corrente líquida do Estado.

A medida dos parlamentares facilita a concessão da Revisão Geral Anual aos servidores.

O Executivo vetou a mensagem, em fevereiro deste ano, com a justificativa de ser “ilógica” a inclusão do repasse na base de cálculo, uma vez que o FEX não tem previsão de recebimento garantida. 

No ano passado, por exemplo, Mato Grosso deixou de receber mais de R$ 450 milhões relativos ao fundo porque a União decidiu não fazer o repasse.

“Todas as informações que temos hoje do Congresso Nacional é de que quando vier o FEX, ele virá com uma lei dando uma garantia de repasses em todos os anos. Eu não vejo no que isso pode prejudicar. Não vai alterar nada”, disse o presidente da Assembleia Eduardo Botelho (DEM) ao fim da sessão. 

“Porque o Governo disse que caso houvesse uma previsibilidade constitucional, ele não veria problema nenhum de o FEX entrar na Receita Corrente Líquida. Como os indicadores estão mostrando que, caso o FEX venha, ele vai vir com uma lei garantida. Então nada mais justo que derrubar esse veto”, completou.

A emenda havia sido proposta por Botelho e atendia a uma das reivindicações dos servidores públicos do Estado. 

Para o funcionalismo, a inclusão do FEX na base de cálculo facilita o pagamento da Revisão Geral Anual (RGA) aos servidores. 

Isso porque, conforme a LRF estadual, a concessão do benefício só poderá ocorrer quando a receita corrente líquida for maior que as despesas.

Em um entendimento recente, o Tribunal de Contas do Estado (TCE) barrou a concessão de 2% da Revisão Geral Anual (RGA) de 2018. Com isso, o Executivo só poderá dar a reposição se tiver capacidade financeira de cumprir com a LRF. Para 2019, a RGA também está barrada pelo Executivo.

Por: CÍNTIA BORGES

Alair Ribeiro

Fonte: Mídia News

Veja tambem

03/06/2020 | SEGURANÇA

Sesp-MT é convocada para esclarecer ordens judiciais e falta de nomeação de aprovados em concursos públicos

Deputado Delegado Claudinei requereu esclarecimentos para evitar abertura de processo por crime de responsabilidade contra o governo de MT

02/06/2020 | INCUMBÊNCIA DOS PREFEITOS

Governo delega a cada município a decisão sobre aulas nas escolas particulares

Decisão foi tomada pelo governador Mauro Mendes, que acatou sugestão dos deputados Dilmar Dal Bosco e Xuxu Dal Molin

01/06/2020 | LEGISLATIVO / SINOP

Vereadores votam 34 proposituras durante 15ª Sessão Ordinária

Todas essas matérias foram aprovadas por unanimidade e encaminhadas para as respectivas pastas.

01/06/2020 | FLEXIBILIZAÇÃO

MT retoma 90% das atividades econômicas e arrecadação inicia recuperação

Mauro Mendes deu uma entrevista à CNN na última sexta-feira

31/05/2020 | EDUCAÇÃO

Sinop: Retorno de aulas em escolas municipais é adiado

A decisão da Prefeitura de Sinop não influencia a rede particular de educação, que vem retomando suas aulas

31/05/2020 | CONEXÃO JBS

Três ex-governadores são investigados pela PF em MT

Blairo Maggi, Silval Barbosa e Pedro Taques são suspeitos de caixa 2

29/05/2020 | SAÚDE

Prefeitura adquire camas e colchões para UPA e Hospital de Campanha

29/05/2020 | ASFALTO É SAÚDE

Câmara faz reunião e defende acordo para retomada de asfalto no Alto da Glória

O asfaltamento de parte do bairro Alto da Glória faz parte do pacote de R$ 99 milhões do financiamento do Finisa autorizado pela Câmara Municipal no ano passado.

29/05/2020 | COVID-19

MT vai aumentar de 796 para 1.148 a capacidade de testes diários

Na primeira quinzena de junho, a capacidade ainda deve ser aumentada para 1.148 amostras por dia, podendo chegar a 2.946 no próximo mês

29/05/2020 | PROGRAMA FEDERATIVO

Veja quanto cada município receberá de 'auxílio emergencial' do governo federal

Sinop será a 4° cidade mais beneficiada em Mato Grosso com R$ 39,449 milhões.

28/05/2020 | MT-220

Investimentos previstos para concessão da MT-220 somam R$ 267 milhões

Devem ser concedidos à iniciativa privada 138,4 quilômetros da MT-220, entre Tabaporã e Sinop

28/05/2020 | LEITOS DA COVID

MT acusa Cuiabá de impedir fiscalização em UTIs para Covid e vai a Justiça

Auditagem é importante para município ter acesso a recursos federais