Siga-nos nas redes sociais:

Sorriso: Polícia Civil indicia professora por maltratar crianças em berçário

Ela é acusada de maltratar bebês de 6 meses a 1 ano de um berçário público. 09/08/2018 - 18:27:56

Uma professora concursada da Prefeitura Municipal de Sorriso (420 km ao Norte), e acusada de maltratar crianças de um berçário público foi indiciada pela Polícia Judiciária Civil pelos crimes de maus tratos e ameaça.

O inquérito, instaurado no mês de julho, foi concluído e relatado pelo delegado Nilson André Farias de Oliveira, nesta quinta-feira (09.08). Os autos serão encaminhados ao Ministério Público para medidas cabíveis na fase processual.

As diligências iniciaram após denúncias repassadas à Polícia Civil sobre maus tratos e ameaças (a professora fala que ia corta as línguas das crianças). Foram colhidas provas testemunhais que apontavam a veracidade dos fatos. Em depoimento, vários pais e estagiários ouvidos também confirmaram o ocorrido.

A profissional trabalhava no berçário 01, que atende crianças de seis meses a um ano de idade. Agindo sempre sem paciência e gritando, a professora mandava as auxiliares de sala não dar colo nem carinho aos bebês.

Também foi constatado que as crianças tinham receio dessa professora, a qual afogava os bebês embaixo d'agua. No momento que viam que as crianças não aguentavam mais, eram retiradas da água. Os relatos ainda revelam tapas com força que faziam as crianças gritarem de dor. Os "corretivos" aplicados pela professora ocorriam em um biombo, para que os outros profissionais não pudessem ver. Porém, eles relataram que ouviam o que acontecia.

Após a denúncia,  a Prefeitura afastou a suspeita do berçário, que foi colocada para trabalhar em outra escola com crianças maiores, a fim de preservar a integridade física dos bebês.

"Mesmo achando estranho o comportamento, uma das testemunhas alegou que imaginaria que não passaria dos castigos, até o dia que presenciou a professora impaciente, ao dar banho em um dos bebês. Ela deixou a criança embaixo da torneira, sacudindo, até que começasse a se afogar", disse o delegado, Nilson André Farias de Oliveira.

Com a conclusão do inquérito policial, a professora foi indiciada pelos crimes de maus tratos e ameaça

Fonte: Ass: /PJC MT com Redação

Veja tambem

17/10/2018 | TRANSITO

Mulher fica ferida em colisão de carro e moto em Sinop-MT

17/10/2018 | SINOP-MT

Polícia Militar apreende adolescente de 13 anos com entorpecentes em Sinop

15/10/2018 | AÇÃO RÁPIDA

PM prende 6 suspeitos de furto na agência Sicredi de Nova Ubiratã

Os dois caminhavam a pé na rodovia e não respeitaram a ordem de parada.

15/10/2018 | PARCERIA INTERNACIONAL

Gefron auxilia polícia boliviana em ação para retomada de San Matias

No lado brasileiro da fronteira o monitoramento diário foi intensificado, com mais agentes de plantão

15/10/2018 | SINOP-MT

Adolescente é morto a tiros no bairro Sebastião de Matos em Sinop

Pelo menos 3 tiros acertaram a cabeça do jovem.

14/10/2018 | TRAGÉDIA

Mulher morre e 6 ficam feridos em acidente em MT

Em um dos veículos estava Mariele Bastos Kapp, de 30 ficou presa as ferragens e morreu no local.

14/10/2018 | SINOP-MT

Policia Militar de Sinop prende bandidos antes que fossem praticar roubo a loja de eletrodoméstico em Vera

13/10/2018 | VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Mulher é agredida pelo marido e PM apreende armas de fogo na residência

A guarnição foi acionada por vizinhos que ouviram barulhos e pedidos de socorro

12/10/2018 | SINOP-MT

Homem é assassinado em Sinop no Bairro Camping Club a tiros

O caso passa a ser investigado pela Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP).

11/10/2018 | OPERAÇÃO / RED MONEY

Inquérito da Operação Red Money indicia 113 pessoas e sequestra cerca de 8 milhões em bens

O inquérito policial foi concluído e encaminhado à Justiça na tarde desta quinta-feira (11).

11/10/2018 | PARANATINGA

Mulher suspeita de matar companheiro é presa pela Polícia Civil em Paranatinga

O delegado explica que em razão do crime de ocultação de cadáver ter caráter permanente foi possível realizar a prisão em flagrante da suspeita

11/10/2018 | ARIPUANÃ

Padrasto suspeito de estuprar enteada de 11 anos é preso pela Polícia Civil em Aripuanã

A vítima foi submetida a exame de corpo de delito que constatou lesões recentes em sua genitália.