Siga-nos nas redes sociais:

Polícia Civil prende filho acusado de matar pai por esganadura em Confresa

O suspeito, Gilcimar Gomes da Silva, 40, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, no sábado (18.08). 20/08/2018 - 16:47:06

Um homem acusado de matar por esganadura o próprio pai, na zona rural do município de Confresa (1.160 km a Nordeste), foi preso pela Polícia Judiciária Civil, logo após praticar o crime. O suspeito, Gilcimar Gomes da Silva, 40, foi autuado em flagrante por homicídio qualificado, no sábado (18.08).

Por volta do meio dia de sábado, os policiais civis foram acionados para atender ocorrência em uma casa, no  bairro Vila Veranópolis. Conforme informações, um idoso (Jose Gomes Adriano) de 78 anos havia morrido no local e a causa era desconhecida.

A equipe da Delegacia de Confresa foi até o endereço e, em analise preliminarmente, verificou que corpo da vítima havia sinais de esganadura. Na ocasião, o filho que residia sozinho com a vítima estava em casa. 

Ao ser entrevistado pelos policiais, demonstrou muito nervosismo, o que levantou  suspeitas por parte dos policiais. Em conversa com moradores da Vila Veranópolis, foi descoberto que o idoso tinha dificuldades de andar e estava bastante debilitado. Ele passava a maior parte do tempo deitado na cama.

Com base nos indícios, Gilcimar foi encaminhado à Delegacia de Polícia para melhores esclarecimentos. No depoimento, o filho entrou diversas vezes em contradição, demonstrando claramente ser o responsável pelo homicídio.

Após realização do exame de necropsia, o médico legista confirmou os sinais de esganadura, tratando-se de morte causada por asfixia com uso das mãos.

Diante das provas,  o filho da vítima foi autuado em flagrante pelo crime de homicídio qualificado e foi encaminhado a Cadeia Pública da cidade de Porto Alegre do Norte.

Fonte: Ass: /PJC MT com Redação

Veja tambem

14/11/2018 | SINOP-MT

DERF cumpre mandado de prisão contra tatuador e durante buscas arma é encontrada

O mandado foi expedido pela Vara Criminal em Sinop.

13/11/2018 | TRANSITO

Três pessoas ficam feridas em acidente no centro

Duas vítimas estavam no Cruze e uma no Uno.

13/11/2018 | OPERAÇÃO MIRÍADE

PF cumpre 8 mandados de prisão em MT, AP, e PR contra fraude em títulos de terras

Servidores públicos são alvos da operação Miríade, deflagrada nesta terça-feira (13)

13/11/2018 | NOVA BANDEIRANTES-MT

Polícia Civil prende mandantes e mais 4 por envolvimentos em incêndio da Prefeitura de Nova Bandeirantes

Os presos vão responder por associação criminosa e dano qualificado por emprego de fogo.

12/11/2018 | QUERÊNCIA

Piloto e passageiro morrem após avião cair em plantação de soja e pegar fogo

Seripa foi comunicada sobre o acidente e deve investigar o que aconteceu

11/11/2018 | DELEGACIA DE JUÍNA

Polícia Civil prende traficante com 2 quilos de pasta base na rodoviária de Juína

O suspeito era monitorado pelos investigadores diante de denúncia sobre uma pessoa que estaria trazendo droga para vender em Juína.

11/11/2018 | NONA CANAÃ DO NORTE

Suspeito de estupro é preso pela Polícia Civil de Nova Canaã do Norte

suspeito foi encaminhado para audiência de custódia.

11/11/2018 | TRAFICO DE DROGAS

Após o crime o suspeito foragiu do município e teria se escondido em região de fronteira.

A ação se deu em cumprimento a mandado de busca e apreensão domiciliar realizado por policiais civis dos municípios de Castanheira e Juína.

11/11/2018 | FEMINICÍDIO

Polícia Civil prende autor de feminicídio contra ex-companheira em Castanheira

Após o crime o suspeito foragiu do município e teria se escondido em região de fronteira.

10/11/2018 | ACIDENTE MT-220

Colisão frontal entre carros causa morte de homem na MT 220

Os dois sobreviventes foram encaminhados em estado considerado grave ao Hospital Regional.

10/11/2018 | CRIME AMBIENTAL

Operação põe fim a retirada ilegal de madeira em áreas indígenas

Um dos infratores flagrados no local revelou que pagava R$ 3 mil por mês a indígenas

10/11/2018 | ALTA FLORESTA-MT

PM prende homem que mantinha mulher em cárcere privado em Alta Floresta

No sítio onde o suspeito vivia há dois anos com a companheira havia duas espingardas e muitas munições.