Siga-nos nas redes sociais:

Equipamento portátil para a identificação de drogas é testado pela Politec

Durante os testes, os peritos analisam a funcionalidade com o objetivo de verificar a viabilidade da aquisição dos equipamentos para as regionais da Politec no interior do Estado. 21/08/2018 - 17:00:24

Equipamentos portáteis que utilizam a radiação infravermelha para a identificação de drogas estão sendo testados pelos peritos da Diretoria Metropolitana de Laboratório Forense da Politec, para futura aquisição. Até o dia 20 de setembro os testes serão realizados no equipamento Trudefender FTX, da empresa norte-americana Thermo Scientific.

O tempo de análise das substâncias periciadas dura em média 30 segundos. A tecnologia analisa a substância por meio da frequência de vibração das moléculas e busca no banco de dados do equipamento a sua identificação.

Durante os testes, os peritos analisam a funcionalidade com o objetivo de verificar a viabilidade da aquisição dos equipamentos para as regionais da Politec no interior do Estado. "O objetivo é ampliar a capacidade da perícia com a possibilidade de realização de exames definitivos de drogas não somente no Laboratório Forense em Cuiabá, para onde as amostras de drogas apreendidas em todo Estado são encaminhadas. Com o infravermelho portátil o exame poderá ser feito pelos peritos até mesmo no local da ocorrência, com resultado preciso em poucos segundos'', explicou o Diretor Metropolitano de Laboratório Forense, Paulo Sérgio Vasconcelos.   

Além de entorpecentes, o equipamento é capaz de identificar medicamentos e explosivos, além de outras substâncias sólidas e líquidas. Dentre os benefícios constatados estão a melhora da capacidade de identificação de substância, a autonomia, não exigindo manutenção ou calibração programada e também não utilizam consumíveis. 

Fonte: Ass: com Redação

Veja tambem

14/11/2018 | SINOP-MT

DERF cumpre mandado de prisão contra tatuador e durante buscas arma é encontrada

O mandado foi expedido pela Vara Criminal em Sinop.

13/11/2018 | TRANSITO

Três pessoas ficam feridas em acidente no centro

Duas vítimas estavam no Cruze e uma no Uno.

13/11/2018 | OPERAÇÃO MIRÍADE

PF cumpre 8 mandados de prisão em MT, AP, e PR contra fraude em títulos de terras

Servidores públicos são alvos da operação Miríade, deflagrada nesta terça-feira (13)

13/11/2018 | NOVA BANDEIRANTES-MT

Polícia Civil prende mandantes e mais 4 por envolvimentos em incêndio da Prefeitura de Nova Bandeirantes

Os presos vão responder por associação criminosa e dano qualificado por emprego de fogo.

12/11/2018 | QUERÊNCIA

Piloto e passageiro morrem após avião cair em plantação de soja e pegar fogo

Seripa foi comunicada sobre o acidente e deve investigar o que aconteceu

11/11/2018 | DELEGACIA DE JUÍNA

Polícia Civil prende traficante com 2 quilos de pasta base na rodoviária de Juína

O suspeito era monitorado pelos investigadores diante de denúncia sobre uma pessoa que estaria trazendo droga para vender em Juína.

11/11/2018 | NONA CANAÃ DO NORTE

Suspeito de estupro é preso pela Polícia Civil de Nova Canaã do Norte

suspeito foi encaminhado para audiência de custódia.

11/11/2018 | TRAFICO DE DROGAS

Após o crime o suspeito foragiu do município e teria se escondido em região de fronteira.

A ação se deu em cumprimento a mandado de busca e apreensão domiciliar realizado por policiais civis dos municípios de Castanheira e Juína.

11/11/2018 | FEMINICÍDIO

Polícia Civil prende autor de feminicídio contra ex-companheira em Castanheira

Após o crime o suspeito foragiu do município e teria se escondido em região de fronteira.

10/11/2018 | ACIDENTE MT-220

Colisão frontal entre carros causa morte de homem na MT 220

Os dois sobreviventes foram encaminhados em estado considerado grave ao Hospital Regional.

10/11/2018 | CRIME AMBIENTAL

Operação põe fim a retirada ilegal de madeira em áreas indígenas

Um dos infratores flagrados no local revelou que pagava R$ 3 mil por mês a indígenas

10/11/2018 | ALTA FLORESTA-MT

PM prende homem que mantinha mulher em cárcere privado em Alta Floresta

No sítio onde o suspeito vivia há dois anos com a companheira havia duas espingardas e muitas munições.