Siga-nos nas redes sociais:

Empresa da família Riva alega que seguranças se defenderam de “emboscada” de grupo armado

Tiroteio entre invasores de fazenda de ex-deputado estadual e seguranças particulares deixou 2 mortos 05/01/2019 - 16:39:40

A empresa Floresta Viva, ligada a familiares do ex-deputado estadual José Riva (sem partido), distribuiu uma nota defendendo os seguranças particulares da Fazenda Bauru, também de propriedade dos Riva, que seriam os responsáveis pelas mortes de pelo menos 2 trabalhadores rurais que teriam invadido o imóvel neste sábado (5). A Fazenda Bauru localiza-se em Colniza (1.036 km de Cuiabá).

De acordo com a nota, a propriedade rural já sofreu “inúmeras invasões ilegais” e que os seguranças particulares do imóvel, contratados por meio de uma empresa terceirizada, apenas se defenderam. “Infelizmente, no dia de hoje, empregados da empresa habilitada de segurança terceirizada privada, situada na Fazenda Bauru, sofreram uma emboscada realizada por terceiros, fortemente armados, que atentaram contra a vida dos seguranças e empregados da fazenda. A empresa de segurança limitou-se a se defender no intuito de garantir a integridade física dos seus empregados”, diz trecho da nota.

O texto segue, afirmando que apesar de se intitular como “trabalhadores rurais”, trata-se de um grupo “fortemente armado”. A Fazenda Bauru é de difícil acesso e é utilizada na extração de madeira.

“Lamentavelmente pessoas que se auto denominam trabalhadores rurais, mas que fazem parte de um grupo armado, novamente desrespeitando ordem judicial de reintegração de posse e de afastamento dos limites da propriedade, não somente atentaram contra a vida de pessoas como pretenderam com o uso da força, invadir a propriedade rural produtiva, para cometer crimes de toda ordem”, diz outro trecho da nota.

Na manhã deste sábado, trabalhadores rurais teriam invadido a fazenda Bauru e realizado uma emboscada contra os seguranças particulares presentes no imóvel. Um vídeo mostra o início do conflito.

As imagens, de qualidade ruim e de apenas 6 segundos, registram apenas o carro que seria dos seguranças na estrada de acesso a fazenda. Em seguida, é ouvido os disparos.

As informações, no entanto, são desencontradas. Outras fontes relataram que os trabalhadores rurais foram surpreendidos num rio da região pelos seguranças, sugerindo que eles é que teriam sofrido a emboscada.

Em outubro de 2018 o Ministério Público Estadual (MP-MT) alertou sobre a possibilidade de um conflito em razão da invasão de 200 famílias na propriedade, fortemente vigiada pelos seguranças contratados pela família Riva. A Fazenda Bauru possui 46 mil alqueires.

Confira abaixo a nota na íntegra.

A empresa Floresta Viva, em decorrência dos últimos fatos ocorridos em sua propriedade rural situada em Colniza-MT, esclarece:

1) A Fazenda Bauru desde sua aquisição sofre inúmeras invasões ilegais, onde a propriedade é destruída e crimes ambientais são realizados. Todas as invasões foram devidamente comunicadas ao Poder Judiciário;                                2) Os invasores insistem em desrespeitar as ordens judiciais, inclusive de afastamento dos limites da propriedade e, cometem toda sorte de crimes, como ameaça, crimes ambientais e etc. Tais ocorrências sempre foram devidamente comunicadas em tempo e modo as autoridades competentes;                            

3) Em razão das inúmeras invasões, a empresa contratou uma empresa de segurança privada, devidamente registrada  e previamente informada as autoridades, com a finalidade de proteger o local das inúmeras invasões;              

4)Infelizmente, no dia de hoje, empregados da empresa habilitada de segurança terceirizada privada, situada na Fazenda Bauru, sofreram uma emboscada realizada por terceiros, fortemente armados, que atentaram contra a vida dos seguranças e empregados da fazenda.

5) Lamentavelmente pessoas que se auto denominam trabalhadores rurais, mas que fazem parte de um grupo armado, novamente desrespeitando ordem judicial de reintegração de posse e de afastamento dos limites da propriedade, não somente atentaram contra a vida de pessoas como pretenderam com o uso da força, invadir a propriedade rural produtiva, para cometer crimes de toda ordem.

6)A empresa de segurança limitou-se a se defender no intuito de garantir a integridade física dos seus empregados.                               

7) A empresa Floresta Viva, imediatamente após o ocorrido, comunicou os fatos as autoridades competentes.

8) Igualmente, como em todas as ocasiões, a empresa Floresta Viva levará a situação ao Poder Judiciário para garantir a ordem e o cumprimento da lei.

9) Por fim, a empresa lamenta o ocorrido, externando sua preocupação com a vida e integralidade física de todos os envolvidos.

Fonte: Folha Max

Veja tambem

19/03/2019 | SINOP-MT

DERF apreende 30kg de maconha em residência em Sinop, três detidos

A investigação durou mais de trinta dias até chegar na localização do endereço e a droga.

18/03/2019 | EM CÁCERES-MT

Jovens são ouvidos pela polícia após fazerem ameaças de "massacre" em escolas de MT

Em Cáceres (MT), 14 estudantes dos 18 que fazem parte de um grupo foram ouvidos pela Polícia Civil

18/03/2019 | EM CÁCERES-MT

Jovens são ouvidos pela polícia após fazerem ameaças de "massacre" em escolas de MT

Em Cáceres (MT), 14 estudantes dos 18 que fazem parte de um grupo foram ouvidos pela Polícia Civil

18/03/2019 | EM CÁCERES-MT

Jovens são ouvidos pela polícia após fazerem ameaças de "massacre" em escolas de MT

Em Cáceres (MT), 14 estudantes dos 18 que fazem parte de um grupo foram ouvidos pela Polícia Civil

18/03/2019 | ASSASSINATO

Advogado é morto em Sinop ao abrir a porta de sua casa

Os familiares disseram que o advogado estava na residência quando ouviram o barulho dos três tiros.

17/03/2019 | TRAFICO

Cadela da PM ajuda achar 23 quilos de drogas

Eles desceram na BR-163 e entraram no Fiat Siena, que estava parado às margens da rodovia.

13/03/2019 | SORRISO-MT

Resultado final do processo seletivo de médicos está disponível

A quadrilha foi desarticulada depois de terem arrombado uma residência na área central.

13/03/2019 | OPERAÇÃO ONIPRESENTE

PF faz buscas contra médico que recebia mega salário sem morar em MT

Médico recebia da prefeitura de Salto do Céu e também atuava na Delegacia de Polícia de Ariquemes, em Rondônia

13/03/2019 | OPERAÇÃO TERRA A VISTA

Polícia faz operação para prender 128 envolvidos em fraude ambiental

Engenheiros florestais e ex-servidores da Sema são alvos da operação, que apura ilegalidades no setor madeireiro

12/03/2019 | VILA BELA

Casal é preso por matar taxista com 14 facadas em Vila Bela da St. Trindade

A vítima foi morta após aceitar uma corrida para levar duas pessoas da cidade de Pontes e Lacerda até o município, onde foi morto.

12/03/2019 | ACIDENTE

Condutor perde o controle de carro e cai em valeta em Sinop-MT

O acidente aconteceu na noite desta segunda-feira (11).

11/03/2019 | COLÍDER-MT

Caminhonete sai da pista e bate em carreta em Colíder

A caminhonete deu perda total e motorista foi encaminhado para o HRCOL.