Siga-nos nas redes sociais:

Comissão Nacional em nova fase. Vem aí a ORDEM DOS DETETIVES DO BRASIL e a FEDERAÇÃO NACIONAL DOS DETETIVES

Depois de diversos anos a lutar pela regulamentação da profissão de Detetive Particular no Brasil, decidimos, devido a Lei Federal 13.432/17, reavaliar a função da CNPRD. 09/09/2017 - 10:53:16

Desta forma analisamos a atual situação e vamos dividir as funções nesta nova caminhada em prol da categoria. Esses assuntos abaixo será estudado, analisado e posto ao debate à categoria pelo Detetive Raul Subtil (Àbacus) do RS e Detetive Décio Freitas (SP). Ambos são experientes e detetives profissionais há mais de 25 anos e sabem bem dos interesses da categoria e poderão contribuir em muito neste novo momento. 

A hora é de somar e não de criticar somente por criticar.
Venha se agregar a este novo momento!!!!

A PRIMEIRA LINHA a ser seguida será o registro de um Conselho Nacional em Cartório Público para debater a estruturação, organização e normatização da classe. 

Junto ao novo Conselho será instituída a ORDEM DOS DETETIVES DO BRASIL. Tudo em caráter privado e com a adesão livre dos profissionais interessados a continuar a luta. 

 

Detetive Ábacus

Este novo grupo será composto por profissionais que trabalharam incansavelmente para a regulamentação da profissão, inicialmente sob a coordenação do Detetive Raul Subtil (Àbacus) do RS, que fará todos os atos e convites aos profissionais a integrarem o grupo.

A SEGUNDA LINHA será a sindicalização da profissão, com a criação de sindicatos em todos os estados do Brasil e consequentemente a constituição de uma Federação e no futuro a Confederação Nacional dos Detetives Particulares do Brasil. 

Detetive Décio Freitas SP

Na sindicalização da profissão o Detetive Décio Freitas (SP), será o responsável pela organização desta entidade sindical no Brasil que deverá ser registrado no Ministério do Trabalho, onde buscarão a CARTA SINDICAL, para que surta os efeitos legais para o crescimento da categoria. Interessados em participar do grupo procurem o detetive acima citado.

Por fim queremos em nome de todos que de uma forma ou de outra participaram da luta, agradecer o apoio, a dedicação, a defesa do tema e a vontade de ajudar a categoria participando solidariamente, gratuitamente e voluntariamente para que chegássemos até aqui. Foi com a força de todos e o respeito que a CNPRD teve por todos que hoje o respeito e admiração são reciprocas, entre os detetives e a CNPRD.


A direção agradece de público o trabalho incansável realizado pelo GT - Grupo Técnico que por diversos meses trabalhou na juntada e análise documental sobre a categoria, além de apresentarem um pré projeto de estatuto, código de ética etc.. e o assessoramento à Direção da Comissão Nacional.
Muito obrigado aos Detetives Josué (SC), André Luiz (SP), Clóvis Aquino (PE), Socorro do Amaral (MA) e Àbacus (RS).


Dito isso está findado todo e qualquer ente simbólico feito até aqui, ou seja (não existem mais cargos simbólicos) para que novos rumos sejam tomados e direcionados à criação do CONSELHO NACIONAL (Ordem dos Detetives do Brasil) e a Federação Nacional dos detetives do Brasil via sindicato. Tudo na linha privada.

AGUARDEM AS NOVIDADES.


Porém agradecemos em especial os Detetives Edison Arnold, Clóvis Aquino, Fabiana Lemos, Décio Freitas e Itacir Flores que fizeram parte da Direção Nacional da CNPRD desde 2010.

Itacir Flores - Rio Grande do Sul
 
Fabiana Lemos - Rio Grande do Sul

 

Edison Arnold - Brasília

 

Clóvis Aquino - Pernambuco
 
Décio Freitas - São Paulo
 

Não podemos, neste momento em que a CNPRD, busca um novo rumo pensando em melhorar a profissão no Brasil, deixar de agradecer ao Detetive Henrique Vargas que junto com o nosso Itacir Flores deram o ponta pé inicial para que pudéssemos estar aqui hoje mostrando o que pretendemos para o futuro de nossa profissão.

Detetive Henrique Vargas, então deputado Federal Ronaldo Nogueira e Itacir Flores
reunidos para tratar do PL 1211/11 - Porto Alegre - RS. (2012)

 

Detetive Henrique Vargas, Detetive Walmir Battu e Itacir Flores
reunidos na Assembleia Legislativa do RS - Restaurante

 

Itacir Flores, Josué Oliveira e Henrique Vargas reunidos em Itajaí Santa Catarina
onde foramk tratar com o Detetive Josué seu apoio a CNPRD

 

Detetives Socorro Amaral (MA), Will Verun (SP) senador Edison Lobão,
presidente Itacir Flores e Detetive Henrique Vargas

 

Detetive Henrique Vargas, Itacir Flores, O Chefe de gabinete do deputado federal Protógenes Queiroz e 
Robson Jorge (SP) data em que fomos conversar sobre o voto em separado do referido deputado
.

 

Uma das primeiras fotos da Comissão Nacional Pró Regulamentação da Profissão de Detetive Particular no Brasil tirada na Assembleia Legislativa do RS, na reunião de Trabalho para estruturar o PL 1211/11. Na foto Detetives Borges, 
Amadeu, Lemos, Fabiana Lemos dentre outros. Alem  dos deputados XX, Ronaldo Nogueira e o presidente Itacir Flores

 

Detetives Lemos, Itacir, Darci, Mário Delpratto e Henrique Vargas, no aeroporto Salgado Filho 
em Porto Alegre recepcionando o Detetive de São Paulo Mário Delprato

 

Confraternização no Dia do Detetive em restaurante no Rio Grande do Sul

 

Representação Gaúcha na Câmara Federal em uma das suas primeiras incursões 
em prol da aprovação do PL1211/11

 

Detetive Henrique Vargas palestrando em Recife Pernambuco

 

Visita ao Detetive Henrique Vargas que se encontra enfermo.



NOSSO MUITO OBRIGADO AOS DEMAIS GUERREIROS DA PROFISSÃO QUE SEMPRE ESTIVERAM CONOSCO E JAMAIS SERÃO ESQUECIDOS PELA CLASSE.

Não nominaremos nomes devido a grande quantidade de parceiros que estão conosco nesta luta, pois nosso carinho é para com todos.


Venha fazer parte deste novo momento!!!

Atenciosamente.

Direção Nacional da hoje extinta CNPRD

Fonte: CNPRD Com Redação

Veja tambem