Siga-nos nas redes sociais:

Países do G7 se comprometem a "modernizar" OMC

O objetivo é tornar a organização mais justa 10/06/2018 - 07:49:56

O G7 se comprometeu neste sábado (9) a "modernizar" a Organização Mundial do Comércio (OMC) para torná-la "mais justa o mais rápido possível" e expressou sua vontade de reduzir barreiras comerciais, tanto tarifárias como não tarifárias, e também os subsídios.

A declaração está contida no comunicado conjunto emitido pelos líderes do G7 ao término da cúpula que se desenvolveu durante os dois últimos dias na cidade canadense de La Malbaie.

O comunicado conjunto também condena a Rússia pelo ataque químico na cidade britânica de Salisbury e a anexação da Crimeia, e o G7 se mostrou favorável a "tomar mais medidas restritivas" contra Moscou para "aumentar os custos" sobre o país. 

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, anunciou que o comunicado conjunto foi "assinado por todos" os membros do grupo.

Trudeau também confirmou que o comunicado final contém referências à mudança climática e ao Acordo de Paris, mas que esses trechos não foram assinados pelos Estados Unidos.

Apesar de Washington não ter assinado a parte sobre mudança climática, Trudeau afirmou que a cúpula foi "um sucesso" ao permitir "discussões francas e abertas" entre os sete países mais industrializados do mundo.

Trudeau também tentou minimizar as ameaças feitas por Trump pouco antes de deixar hoje a cidade de La Malbaie, local de realização da cúpula na província canadense de Quebec, e nas quais afirmou que os Estados Unidos deixarão de negociar com os países que não eliminarem tarifas aos produtos americanos.

Durante uma entrevista coletiva final, Trudeau afirmou que "o presidente (Trump) vai continuar dizendo o que quiser dizer", mas que a cúpula terminou com um comunicado final assinado por todos.

Trudeau também contradisse Trump ao negar de forma contundente que o novo Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês), que está sendo negociando por EUA, Canadá e México, terá uma cláusula de dissolução automática.

O governante afirmou com um contundente "não" que o Canadá não aceitará a cláusula de dissolução a cada cinco anos, ou "de qualquer outra duração", que os EUA querem incorporar.

Trudeau explicou que o Nafta já conta com um mecanismo para que qualquer país deixe o acordo com um aviso de seis meses.

O chefe do governo canadense também disse que seu país vai impor "sem sombra de dúvida" represálias comerciais aos Estados Unidos a partir de 1º de julho pela decisão de Washington de sobretaxar as exportações canadenses de aço e alumínio, e que isso foi comunicado "diretamente" a Trump.

"Nós canadenses somos educados, mas não permitiremos que nos empurrem", explicou Trudeau. 

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

10/02/2019 | MUNDO

Coronel do Exército venezuelano rompe com Maduro e pede ajuda humanitária

Ajuda humanitária cruzará fronteira de Venezuela com Brasil, promete povo indígena Pemon

09/02/2019 | MUNDO VENEZUELA

Governo venezuelano reforça presença militar na fronteira com o Brasil

Objetivo de Maduro é evitar entrada de ajuda humanitária enviada pelos EUA

02/02/2019 | MUNDO LEVANTAMENTO

Mineração causou três vazamentos por ano no mundo desde 2009

Eles deixaram um rastro de, no mínimo, 93,77 milhões de m³ de rejeitos e substâncias tóxicas, segundo levantamento da Wise Uranium Project

29/01/2019 | MUNDO AJUDA INTERNACIONAL

União Europeia oferece assistência humanitária e técnica a Brumadinho

Há quatro dias, a àrea foi soterrada por um mar de lama

25/01/2019 | MICOLÁS MADURO, ANISTIA

Juan Guaidó sugere anistia a Maduro para restaurar “ordem democrática”

As declarações foram feitas à emissora de TV norte-americana Univision.

24/01/2019 | MUNDO CENÁRIO POLÍTICO

Entenda o que está acontecendo na Venezuela

O país enfrenta grave escassez de medicamentos e alimentos; 2,3 milhões de pessoas já fugiram do país

23/01/2019 | JUAN GUAIDÓ VENEZUELA JAIR BOLSONARO IVÁN DUQUE

Bolsonaro, Duque e vice-presidente do Peru reiteram apoio a Guaidó

Ministra das Relações Exteriores do Canadá também estava presente

17/01/2019 | MUNDO ITAMARATY

Brasil recebe opositores de Maduro e articula transição na Venezuela

Líderes políticos se reúnem com ministro das Relações Exteriores do governo Bolsonaro nesta quinta-feira (17)

15/01/2019 | MUNDO DISCURSO

Presidente dos EUA fala sobre Bolsonaro: 'É o Trump da América do Sul'

Chefe de Estado norte-americano ainda disse que líder político brasileiro estava feliz com a comparação

24/12/2018 | MUNDO / VENEZUELA

Maduro diz que armará 1,6 milhão de milicianos, a maioria sem treinamento

O número é três vezes maior do que os "400 mil" membros que o regime havia informado em abril

29/11/2018 | MUNDO BARRA DA TIJUCA

Braço direito de Trump se reúne com Bolsonaro no Rio

Jair Bolsonaro, bateu continência para o assessor de Segurança Nacional dos EUA

19/11/2018 | MUNDO TRAFICANTE

Marcelo Piloto é extraditado do Paraguai para o Brasil

Segundo a imprensa do Paraguai, ele deixou o país em uma aeronave do Grupo Aerotático da Força Aérea Paraguaia às 5h05