Siga-nos nas redes sociais:

Países do G7 se comprometem a "modernizar" OMC

O objetivo é tornar a organização mais justa 10/06/2018 - 07:49:56

O G7 se comprometeu neste sábado (9) a "modernizar" a Organização Mundial do Comércio (OMC) para torná-la "mais justa o mais rápido possível" e expressou sua vontade de reduzir barreiras comerciais, tanto tarifárias como não tarifárias, e também os subsídios.

A declaração está contida no comunicado conjunto emitido pelos líderes do G7 ao término da cúpula que se desenvolveu durante os dois últimos dias na cidade canadense de La Malbaie.

O comunicado conjunto também condena a Rússia pelo ataque químico na cidade britânica de Salisbury e a anexação da Crimeia, e o G7 se mostrou favorável a "tomar mais medidas restritivas" contra Moscou para "aumentar os custos" sobre o país. 

O primeiro-ministro do Canadá, Justin Trudeau, anunciou que o comunicado conjunto foi "assinado por todos" os membros do grupo.

Trudeau também confirmou que o comunicado final contém referências à mudança climática e ao Acordo de Paris, mas que esses trechos não foram assinados pelos Estados Unidos.

Apesar de Washington não ter assinado a parte sobre mudança climática, Trudeau afirmou que a cúpula foi "um sucesso" ao permitir "discussões francas e abertas" entre os sete países mais industrializados do mundo.

Trudeau também tentou minimizar as ameaças feitas por Trump pouco antes de deixar hoje a cidade de La Malbaie, local de realização da cúpula na província canadense de Quebec, e nas quais afirmou que os Estados Unidos deixarão de negociar com os países que não eliminarem tarifas aos produtos americanos.

Durante uma entrevista coletiva final, Trudeau afirmou que "o presidente (Trump) vai continuar dizendo o que quiser dizer", mas que a cúpula terminou com um comunicado final assinado por todos.

Trudeau também contradisse Trump ao negar de forma contundente que o novo Tratado de Livre Comércio da América do Norte (Nafta, na sigla em inglês), que está sendo negociando por EUA, Canadá e México, terá uma cláusula de dissolução automática.

O governante afirmou com um contundente "não" que o Canadá não aceitará a cláusula de dissolução a cada cinco anos, ou "de qualquer outra duração", que os EUA querem incorporar.

Trudeau explicou que o Nafta já conta com um mecanismo para que qualquer país deixe o acordo com um aviso de seis meses.

O chefe do governo canadense também disse que seu país vai impor "sem sombra de dúvida" represálias comerciais aos Estados Unidos a partir de 1º de julho pela decisão de Washington de sobretaxar as exportações canadenses de aço e alumínio, e que isso foi comunicado "diretamente" a Trump.

"Nós canadenses somos educados, mas não permitiremos que nos empurrem", explicou Trudeau. 

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

17/08/2018 | MUNDO ITÁLIA

Motorista que ficou ‘à beira da morte’ em Gênova fala em ‘milagre’

Homem que ficou a poucos metros do abismo provocado pela queda da ponte ainda estará se recupera do choque

12/08/2018 | MUNDO TRAVESSIA

Trump e taxa de R$ 77 mil não inibem imigrantes brasileiros

A procura continua a mesma, inclusive por parte de famílias com filhos pequenos

10/08/2018 | MUNDO DEFESA

Secretário de Defesa dos EUA vem ao Brasil semana que vem

O Brasil e os Estados Unidos não mantêm acordos de aliança militar.

01/08/2018 | MUNDO PERU

França proíbe o uso de celular nas escolas

Ao entrar na escola, os estudantes terão de desligar seus dispositivos móveis, sejam celulares ou tablets.

24/07/2018 | MUNDO CENAS DE HORROR

Incêndios na Grécia: 60 mortos e mais de 170 feridos

Mulheres foram encontradas carbonizadas com os filhos, diz TV.

10/07/2018 | MUNDO JAVALIS SELVAGENS

Batalha vencida: todo o time é resgatado de gruta na Tailânda

O que poderia ter se tornado uma tragédia, acabou com um final feliz

07/07/2018 | MUNDO TEMPESTADES

Tailândia tem 4 dias para salvar jovens; resgate pode ficar para 2019

Percurso de ida e volta do ponto onde o grupo se encontra isolado até a parte externa da caverna é feito por mergulhadores profissionais em cerca de 11 horas

05/07/2018 | DRAMA A 1,200-MT

Meninos na Caverna: o que aconteceu e quando eles serão tirados de lá?

O drama começou no dia 23 de junho, quando uma enchente repentina surpreendeu o grupo formado por 12 garotos de um time de futebol e seu treinador

30/06/2018 | MUNDO CHICAGO

Drama de 58 filhos de brasileiros será discutido pelo Itamaraty nos EUA

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, coordenará a reunião com os cônsules brasileiros nos EUA, México e Canadá

25/06/2018 | MUNDO SUPERVISÃO

Deputados europeus virão ao Brasil avaliar situação de venezuelanos

Visita ocorre entre hoje (25) e o próximo dia 29

19/05/2018 | MUNDO FAMÍLIA REAL

Meghan e Harry trocam alianças em cerimônia que exalta o amor

Noiva caminhou até o altar acompanhada pelo pai de Harry, o príncipe Charles

18/05/2018 | MUNDO CRISE

Todos os bispos chilenos pedem demissão por escândalo de pedofilia

Papa ainda não disse se aceita ou não os pedidos