Siga-nos nas redes sociais:

Meninos na Caverna: o que aconteceu e quando eles serão tirados de lá?

O drama começou no dia 23 de junho, quando uma enchente repentina surpreendeu o grupo formado por 12 garotos de um time de futebol e seu treinador 05/07/2018 - 18:02:02

Você deve ter ouvido sobre os meninos que estão há vários  dias presos em uma caverna na Tailândia, não é mesmo? O drama começou no dia 23 de junho, quando uma enchente repentina surpreendeu o grupo — formado por 12 garotos de um time de futebol e seu treinador — e inundou a passagem que dá acesso ao exterior.

O grupo foi descoberto em uma das várias cavernas que fazem parte de um sistema — que abriga um labirinto de túneis e grutas — chamado Tham Luang, situado na província tailandesa de Chiang Rai. O time é formado por garotos com idades entre 11 e 16 anos de idade (mais o treinador, que tem 25) e havia ido a passeio explorar o local, mas desconsiderou o risco de enchentes que podem ocorrer a qualquer momento nesta época do ano, que é quando se dá o período de monções na região.

Pois, no dia 23, enquanto o grupo se embrenhava pelas cavernas, rolou uma baita de uma chuva, a água inundou o túnel que dá onde eles se encontravam e o grupo só foi ser localizado no dia 2 de julho! Por sorte eles já estavam na caverna quando a enchente aconteceu e, desde então, o mundo inteiro vem acompanhando o drama sobre como será realizado o resgate dos garotos. E você sabe o motivo de tanto debate e discussão?

Para chegar até a caverna onde o grupo se encontra, é necessário percorrer cerca de 2,5 quilômetros por um estreito túnel — que se encontra completamente inundado em algumas partes. As autoridades trabalhando na operação de resgate começaram a bombear a água do sistema de cavernas assim que a localização dos garotos foi determinada, mas estão correndo contra o tempo, já existe previsão de mais chuvas fortes (e mais água) para o final de semana.

Até o momento, os responsáveis pela operação — que estão usando centenas de bombas dia e noite — conseguiram drenar cerca de 40% da água nos últimos dias, liberando por volta de 1,5 quilômetro do túnel. Esperar que o restante escoe naturalmente seria uma opção, mas com as constantes precipitações, poderiam se passar vários meses até que a passagem volte a ficar desobstruída.

De acordo com mergulhadores profissionais, o mergulho em cavernas é a modalidade mais perigosa do mundo, tanto que, segundo levantamentos internacionais, entre os anos de 1969 e 2007, foram registradas 368 mortes nesses ambientes.

O que acontece é que, enquanto um mergulhador normalmente sabe em qual direção deve nadar para chegar à superfície caso ele encontre qualquer imprevisto em locais abertos — como o oceano, rios e lagos —, nos mergulhos em cavernas essa opção não existe. Se algo der errado, as únicas alternativas são seguir adiante ou voltar ao ponto de partida.

E muitas coisas podem dar errado. Uma característica dos mergulhos em cavernas é a ausência de luz, portanto, os mergulhadores podem se perder pelos túneis e ficar desorientados. Além disso, existe o risco de que eles fiquem sem oxigênio no meio do caminho — caso se percam ou calculem mal o tempo em que ficarão debaixo d’água — ou acabem ficando presos em alguma passagem mais estreita, por exemplo.

No caso dos garotos, profissionais com experiência em mergulhos em cavernas explicaram que alguns trechos são tão estreitos que é impossível passar com os tanques de oxigênio presos às costas, e são necessárias cerca de 11 horas entre chegar até onde o grupo se encontra e sair novamente. Então, simplesmente botar a molecada para nadar não é tão simples como parece.

Outra dificuldade apontada pelas autoridades é que, como se trata de uma enchente, além de não haver luz alguma no túnel, a água se encontra extremamente turva por causa dos sedimentos e, portanto, a visibilidade é baixíssima e o uso de lanternas não serviria para muita coisa. Ademais, embora na Tailândia o clima seja cálido, não podemos nos esquecer de que, na água, o corpo perde calor muito mais depressa do que na superfície, então, ainda existe o risco de hipotermia.

Os garotos e o treinador estão aprendendo a mergulhar com os profissionais que vão até a caverna checar como eles estão e levar suprimentos — como alimentos e medicamentos —, mas parece que a maioria sequer sabe nadar. No entanto, a expectativa é que, conforme os meninos se sintam prontos e seguros (e tenham coragem, obviamente), que eles comecem a se aventurar pelo túnel.

Os mergulhadores ancoraram uma longa corda pela extensão da passagem para ajudar no deslocamento e direcionamento e, em paralelo, outra equipe do time de resgate está realizando levantamentos nas imediações da caverna para ver se há possibilidade de abrir outro túnel até os garotos.

Existem centenas de pessoas trabalhando dia e noite para evacuar o grupo da caverna, incluindo integrantes da polícia tailandesa, do exército, marinha e aeronáutica, mergulhadores internacionais, engenheiros e voluntários de todos os tipos e de várias partes do mundo. Tem até monges budistas por lá!

E o mundo inteiro certamente está na torcida para que todos sejam evacuados sãos e salvos o mais depressa possível. Mas, enquanto ocorre essa mobilização toda no exterior, sabe sobre o que os meninos não param de perguntar? O que está acontecendo na Copa do Mundo! Prioridades, né, gente?! Pois tomara que os esforços funcionem e que eles possam acompanhar as fases finais do mundial.

Fonte: Mega Curioso

Veja tambem

23/05/2019 | MUNDO SETORES

Trabalhadores da Petrobras fazem greve geral em Montevidéu

Os trabalhadores da MontevideoGas decidiram paralisarem as atividades

11/05/2019 | GRUPO PARLAMENTAR, COMÉRCIO EXTERIOR, BRASIL

Cazaquistão quer intensificar relações com o Brasil, diz embaixador

Os dois países recriaram um grupo parlamentar

09/05/2019 | MUNDO CRISE

Serviço secreto da Venezuela prende vice-presidente do Parlamento

O anúncio foi feito pelo próprio Edgar Zambrano - número 2 de Juan Guaidó na Assembleia Naciona

27/04/2019 | FORÇA NACIONAL MOÇAMBIQUE

Brasileiros participam de buscas após novo ciclone atingir Moçambique

Catorze bombeiros da Força Nacional embarcaram para a cidade de Pemba

16/04/2019 | NOTRE-DAME, CATEDRAL, INCÊNDIO

França pede doações e avalia danos na Notre-Dame

Primeiras ofertas foram anunciadas nesta terça-feira(16)

30/03/2019 | INTERNACIONAL

Missão brasileira viaja a Moçambique para ajudar vítimas de ciclone

O apoio humanitário atende a pedido feito pelo presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, ao presidente Jair Bolsonaro

24/03/2019 | MUNDO CARACAS

Com tropas, aviões militares russos pousam na Venezuela

As aeronaves estariam levando uma autoridade de defesa russa e quase cem soldados, segundo informações das agências de notícias

03/03/2019 | MUNDO VATICANO

Papa diz que políticos sem sabedoria prejudicam a sociedade

Francisco ainda pediu para os fiés não fazerem fofocas

03/03/2019 | CRISE VENEZUELANA RÚSSIA EUA

Rússia propõe aos Estados Unidos dialogar sobre a crise venezuelana

Rússia propõe aos Estados Unidos dialogar sobre a crise venezuelana

24/02/2019 | MUNDO APÓS CONFRONTOS

Divisa entre Brasil e Venezuela está mais tranquila neste domingo

Fluxo de imigrantes voltou à divisa, apesar do fechamento da fronteira

10/02/2019 | MUNDO

Coronel do Exército venezuelano rompe com Maduro e pede ajuda humanitária

Ajuda humanitária cruzará fronteira de Venezuela com Brasil, promete povo indígena Pemon

09/02/2019 | MUNDO VENEZUELA

Governo venezuelano reforça presença militar na fronteira com o Brasil

Objetivo de Maduro é evitar entrada de ajuda humanitária enviada pelos EUA