Siga-nos nas redes sociais:

Com tropas, aviões militares russos pousam na Venezuela

As aeronaves estariam levando uma autoridade de defesa russa e quase cem soldados, segundo informações das agências de notícias 24/03/2019 - 19:43:46

Em meio a um fortalecimento dos laços entre Caracas e Moscou, dois aviões da Força Aérea russa desembarcaram neste sábado (23) no aeroporto de Maiquetía, nos arredores de Caracas.

As aeronaves estariam levando uma autoridade de defesa russa e quase cem soldados, segundo informações das agências de notícias.

Um dos aviões, com a bandeira russa, estaria sob vigilância da Guarda Nacional.

Um site de rastreamento de voos mostrou que as aeronaves partiram de um aeroporto militar russo para Caracas na sexta (22). Um deles já teria partido de Caracas neste domingo (24).

Acredita-se que estavam a bordo o general Vasily Tonkoshkurov, diretor do alto comando das Forças Armadas russas, além de uma carga de cerca de 35 toneladas de equipamentos pertencentes aos militares.

Não está claro, ainda, o motivo da chegada dos aviões no país. O desembarque ocorre três meses depois de as duas nações realizarem exercícios militares em solo venezuelano, acontecimento classificado por Washington como invasão russa na região.

Contatadas pela agência France Presse, nem as autoridades venezuelanas nem a embaixada da Rússia em Caracas se manifestaram.

Rússia e China, principais credores da dívida externa da Venezuela, foram dois dos maiores aliados do governo do ditador Nicolas Maduro em meio à crescente pressão internacional para que ele abandone o poder.

Os Estados Unidos impuseram sanções financeiras contra a Venezuela e sua estatal petrolífera PDVSA. No próximo dia 28 de abril, um embargo de Washington às exportações venezuelanas de petróleo entrará em vigor.

A administração de Donald Trump é um dos 50 governos que reconhecem o líder da oposição, Juan Guaidó, chefe do Parlamento, como presidente da Venezuela.

A colaboração militar entre Caracas e Moscou foi fortalecida desde o início do chavismo, com a compra de equipamentos e armas militares.

© Carlos Jasso/Reuters

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Veja tambem

15/03/2020 | MUNDO

Donald Trump testa negativo para o coronavírus; Mais províncias chinesas ficam livres

06/03/2020 | ITAMARATY

Brasil condena ataque à Embaixada dos EUA na Tunísia

A posição foi expressa em nota oficial divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores no início da noite de hoje.

31/01/2020 | CORONAVÍRUS, CHINA, MORTES

China tem mais de 200 mortos em consequência do coronavírus

Número de infecções confirmadas ultrapassa 9.600

27/01/2020 | DOAÇÃO DE PELE, QUEIMADURAS

Brasil envia pele humana para vítimas de acidente no Peru

Pele é utilizada como curativo biológico no tratamento de queimaduras

24/01/2020 | RELAÇÕES DIPLOMÁTICA

Bolívia suspende relações diplomáticas com Cuba

A decisão foi comunicada pelo chanceler interino do país, Yerko Núñez

17/01/2020 | REFLEXOS NO MERCADO

‘EUA fizeram um acordo de levar soja para China, mas não têm grão suficiente’

De acordo com Bartolomeu Braz, presidente da Aprosoja Brasil, a oferta norte-americana é menor após a quebra de safra e a capacidade de aumentar a produção é limitada neste momento

14/01/2020 | AUSTRÁLIAINCÊNDIOS

Fogo na Austrália é "catástrofe ecológica", diz cientista

A estimativa é de perda de 1 bilhão de animais

09/01/2020 | MUNDO

URGENTE! Boeing 737 que caiu no Irã foi atingido pelo sistema anti-mísseis

06/01/2020 | CONFLITOS E GUERRAS, MUNDO

“173rd Airborne Brigade” partiu hoje rumo ao Oriente Médio

02/01/2020 | MUNDO

Meio bilhão de animais foram mortos nos incêndios na Austrália

Cerca de 30% da população de coalas foi dizimada pelas chamas desde setembro e, ao todo, 17 pessoas perderam suas vidas

28/12/2019 | ISRAEL

Brasil e Israel assinam acordo de combate ao crime organizado

O acordo será publicado no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira (30)

18/12/2019 | IMPEACHMENT, DONALD TRUMP

Câmara dos EUA aprova impeachment de Donald Trump

Julgamento segue para o Senado e deve ocorrer em janeiro