Siga-nos nas redes sociais:

Brasileiros participam de buscas após novo ciclone atingir Moçambique

Catorze bombeiros da Força Nacional embarcaram para a cidade de Pemba 27/04/2019 - 09:11:44

Catorze bombeiros da Força Nacional de Segurança Pública que estão em Moçambique embarcaram para a cidade de Pemba, no norte do país. A região foi atingida na quinta-feira (25) pelo Ciclone Kenneth. Segundo o Ministério da Justiça e Segurança Pública, a equipe vai ajudar nas ações de busca, salvamento e resgate.

Os demais integrantes da Força Nacional enviados a Moçambique permanecem em Beira, dando continuidade aos trabalhos iniciados na região.

A passagem do Ciclone Kenneth pelo norte de Moçambique provocou, pelo menos, duas mortes e causou grandes estragos. Autoridades moçambicanas informaram  que pelo menos 16 mil pessoas foram afetadas pelo ciclone e há mais de 18 mil pessoas nos 22 centros de acomodação.

O Ciclone Kenneth atingiu o Continente Africano com rajadas de 270 quilômetros por hora (km/h), informou o Centro da Junta de Aviso de Tufão (JTWC, um órgão americano de informações meteorológicas). O desastre ocorreu pouco mais de um mês após a devastação causada pelo Ciclone Idai, na região central do país, que provocou a morte de mais de mil pessoas.

Itamaraty

"Ao lamentar essa nova calamidade natural, o governo brasileiro se solidariza com a população e o governo moçambicano. Em atenção a pedido de ajuda do governo de Moçambique, o Brasil está deslocando a equipe humanitária brasileira já presente no país para as regiões afetadas pelo Ciclone Kenneth, a fim de atuar em missões de busca e salvamento", informou o Ministério das Relações Exteriores.

A equipe de salvamento brasileira é composta por 40 bombeiros militares da Força Nacional de Segurança Pública e do Corpo de Bombeiros Militar do Estado de Minas Gerais. De acordo com o Itamaraty, o grupo é o único contingente internacional com treinamento específico em busca e salvamento que se encontra atualmente em Moçambique.

O governo brasileiro também fornecerá a Moçambique mapas das regiões afetadas, obtidos da rede de satélites da International Charter Space and Major Disasters, para auxiliar nas operações de resgate.

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

15/03/2020 | MUNDO

Donald Trump testa negativo para o coronavírus; Mais províncias chinesas ficam livres

06/03/2020 | ITAMARATY

Brasil condena ataque à Embaixada dos EUA na Tunísia

A posição foi expressa em nota oficial divulgada pelo Ministério das Relações Exteriores no início da noite de hoje.

31/01/2020 | CORONAVÍRUS, CHINA, MORTES

China tem mais de 200 mortos em consequência do coronavírus

Número de infecções confirmadas ultrapassa 9.600

27/01/2020 | DOAÇÃO DE PELE, QUEIMADURAS

Brasil envia pele humana para vítimas de acidente no Peru

Pele é utilizada como curativo biológico no tratamento de queimaduras

24/01/2020 | RELAÇÕES DIPLOMÁTICA

Bolívia suspende relações diplomáticas com Cuba

A decisão foi comunicada pelo chanceler interino do país, Yerko Núñez

17/01/2020 | REFLEXOS NO MERCADO

‘EUA fizeram um acordo de levar soja para China, mas não têm grão suficiente’

De acordo com Bartolomeu Braz, presidente da Aprosoja Brasil, a oferta norte-americana é menor após a quebra de safra e a capacidade de aumentar a produção é limitada neste momento

14/01/2020 | AUSTRÁLIAINCÊNDIOS

Fogo na Austrália é "catástrofe ecológica", diz cientista

A estimativa é de perda de 1 bilhão de animais

09/01/2020 | MUNDO

URGENTE! Boeing 737 que caiu no Irã foi atingido pelo sistema anti-mísseis

06/01/2020 | CONFLITOS E GUERRAS, MUNDO

“173rd Airborne Brigade” partiu hoje rumo ao Oriente Médio

02/01/2020 | MUNDO

Meio bilhão de animais foram mortos nos incêndios na Austrália

Cerca de 30% da população de coalas foi dizimada pelas chamas desde setembro e, ao todo, 17 pessoas perderam suas vidas

28/12/2019 | ISRAEL

Brasil e Israel assinam acordo de combate ao crime organizado

O acordo será publicado no Diário Oficial da União na próxima segunda-feira (30)

18/12/2019 | IMPEACHMENT, DONALD TRUMP

Câmara dos EUA aprova impeachment de Donald Trump

Julgamento segue para o Senado e deve ocorrer em janeiro