Siga-nos nas redes sociais:

Brasileiro lidera equipe que investiga ataque químico na Síria

Especialistas revelam como age as cinco classes de armas químicas 16/04/2018 - 07:56:15

É de um brasileiro a responsabilidade de descobrir quais elementos foram usados na suposta arma química lançada pelo governo de Bashar al-Assad contra a cidade de Douma, na Síria, no último dia 7. Diretor de inspeções da Organização para a Proibição de Armas Químicas (OPAQ), o cientista Marcelo Kós lidera o esquadrão que está na capital síria desde o sábado (14).

"A equipe da FFM (Missão para Encontrar Provas) chegou a Damasco, na Síria, para começar os trabalhos", informou a organização no Twitter. Apontado como causa da morte de dezenas de pessoas e do envenenamento de centenas, o atentado químico é usado como justificativa para o lançamento de 100 mísseis pelos Estados Unidos, França e Inglaterra contra território sírio, na nesta sexta-feira (13).

A operação maciça teve como alvo três instalações — duas a Oeste de Homs e uma na área de Damasco — que estariam relacionadas a um suposto programa de armas químicas sírias. Damasco nega qualquer atentado biológico em Douma. A Rússia também chamou de "montagem" o alegado uso de agentes tóxicos e insiste na investigação da Opaq.

Como agem as armas químicas

Em entrevista ao Fantástico, especialistas explicaram que existem cinco classes de armas químicas. Os neurotóxicos, como os gases Sarin e o ainda mais potente VX, causam pane no sistema nervoso central, provocando dificuldade de respirar, convulsão, salivação excessiva e ataque cardíaco. As armas sufocantes, como o cloro, provocam sensação de sufocamento, ardor nos olhos, boca e nariz, além de acúmulo de líquido no pulmão. Os gases sanguíneos usam cianeto para bloquear a oxigenação nas células e causar a falência do corpo.

As toxicinas, como a Ricina e a Saxitoxina, provocam irritação nos olhos, nariz e garganta, além de edema pulmonar e podem matar. Ao contrário das vesicantes, como o Gás Mostarda, que não é letal, mas atacam a pele, causam dor intensa e podem levar à cegueira. As armas químicas foram proibidas em acordo humanitário internacional, firmado na Convenção de Genebra, e, desde 1997, entrou na jurisdição da Opaq, que investiga e destrói armas em laboratórios de Porton Down, no Sul da Inglaterra.

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Veja tambem

17/08/2018 | MUNDO ITÁLIA

Motorista que ficou ‘à beira da morte’ em Gênova fala em ‘milagre’

Homem que ficou a poucos metros do abismo provocado pela queda da ponte ainda estará se recupera do choque

12/08/2018 | MUNDO TRAVESSIA

Trump e taxa de R$ 77 mil não inibem imigrantes brasileiros

A procura continua a mesma, inclusive por parte de famílias com filhos pequenos

10/08/2018 | MUNDO DEFESA

Secretário de Defesa dos EUA vem ao Brasil semana que vem

O Brasil e os Estados Unidos não mantêm acordos de aliança militar.

01/08/2018 | MUNDO PERU

França proíbe o uso de celular nas escolas

Ao entrar na escola, os estudantes terão de desligar seus dispositivos móveis, sejam celulares ou tablets.

24/07/2018 | MUNDO CENAS DE HORROR

Incêndios na Grécia: 60 mortos e mais de 170 feridos

Mulheres foram encontradas carbonizadas com os filhos, diz TV.

10/07/2018 | MUNDO JAVALIS SELVAGENS

Batalha vencida: todo o time é resgatado de gruta na Tailânda

O que poderia ter se tornado uma tragédia, acabou com um final feliz

07/07/2018 | MUNDO TEMPESTADES

Tailândia tem 4 dias para salvar jovens; resgate pode ficar para 2019

Percurso de ida e volta do ponto onde o grupo se encontra isolado até a parte externa da caverna é feito por mergulhadores profissionais em cerca de 11 horas

05/07/2018 | DRAMA A 1,200-MT

Meninos na Caverna: o que aconteceu e quando eles serão tirados de lá?

O drama começou no dia 23 de junho, quando uma enchente repentina surpreendeu o grupo formado por 12 garotos de um time de futebol e seu treinador

30/06/2018 | MUNDO CHICAGO

Drama de 58 filhos de brasileiros será discutido pelo Itamaraty nos EUA

O ministro das Relações Exteriores, Aloysio Nunes Ferreira, coordenará a reunião com os cônsules brasileiros nos EUA, México e Canadá

25/06/2018 | MUNDO SUPERVISÃO

Deputados europeus virão ao Brasil avaliar situação de venezuelanos

Visita ocorre entre hoje (25) e o próximo dia 29

10/06/2018 | INTERNACIONAL

Países do G7 se comprometem a "modernizar" OMC

O objetivo é tornar a organização mais justa

19/05/2018 | MUNDO FAMÍLIA REAL

Meghan e Harry trocam alianças em cerimônia que exalta o amor

Noiva caminhou até o altar acompanhada pelo pai de Harry, o príncipe Charles