Siga-nos nas redes sociais:

Ministério da Saúde quer distribuir mais remédios gratuitos

Hoje, 26 deles já são distribuídos sem nenhum custo para o consumidor 11/05/2018 - 08:02:53

O Ministério da Saúde estuda uma nova mudança no programa Farmácia Popular, que envolve a distribuição de remédios sem custo ou de preço reduzido para o cidadão. Uma das propostas é estender a gratuidade para os 42 produtos que fazem parte do programa. Hoje, 26 deles já são distribuídos sem nenhum custo para o consumidor. As alterações, no entanto, são criticadas pelo setor farmacêutico.

A estratégia de estender a gratuidade para todo o Farmácia Popular tem como objetivo permitir que os gastos do programa possam ser levados em consideração para o cálculo do mínimo que tem de ser gasto pela União para a área da Saúde.

Hoje, como em 16 produtos há copagamento do consumidor, que arca com 10% do preço do produto, essa despesa não pode ser considerada como gasto em saúde.

A extensão da gratuidade para outros 16 medicamentos seria ainda uma alternativa para o ministério tentar compensar o crescente gasto com o programa. O raciocínio é: se a despesa é inevitável, que ele possa, pelo menos, ser considerado como gasto em saúde.

Ao mesmo tempo, a pasta quer reduzir os custos. Cálculos do setor produtivo indicam que o gasto com o Farmácia Popular cresceu 274% entre 2011 e o ano passado.

De acordo com o ministério, dos R$ 2,8 bilhões do Farmácia Popular, apenas R$ 1,2 bilhão é empregado na compra de medicamentos. Aproximadamente R$ 800 milhões são usados para pagar impostos e os R$ 800 milhões restantes, para pagar o setor varejista.

No programa, farmácias credenciadas podem vender remédios contidos em uma lista preparada pelo ministério com descontos de 90%. Alguns medicamentos para asma, hipertensão e diabetes são dados de forma gratuita.

O valor da diferença ou o preço total, no caso dos remédios gratuitos, é pago pelo Ministério da Saúde. O problema é que, com essa transação, o governo acaba arcando indiretamente impostos que o setor varejista paga para Estados.

Para tentar evitar esses impostos, a alternativa estudada é que a pasta se encarregue de fazer a compra para distribuição nas farmácias credenciadas. A ideia se assemelha a que foi cogitada pelo ex-prefeito de São Paulo João Doria (PSDB), mas abandonada por esbarrar em problemas jurídicos. O Farmácia Popular é um dos programas federais de saúde com mais popularidade na classe média.

Resistência

Ministro da Saúde que assumiu há pouco mais de um mês, Gilberto Occhi, já começou a sondar o setor produtivo. O presidente do Sindicato da Indústria de Produtos Farmacêuticos no Estado de São Paulo (Sindusfarma), Nelson Mussolini, avisou ser contrário. "A coparticipação existe em todos os países e evita desperdícios", defendeu.

"Hoje, todos podem participar do programa. Basta ter uma receita, seja de médico particular ou da rede pública", observou Sérgio Mena Barreto, da Associação Brasileira da Rede de Farmácia e Drogaria (Abrafarma). "Já alertamos que a mudança é insustentável. Vai haver descredenciamento em massa assim que as farmácias esgotarem seus estoques e tiverem de fazer novas compras." 

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Veja tambem

04/01/2019 | NOTA DA ADMINISTRAÇÃO

Comunicado: Farmácia Regional Jacarandás/Posto de Coleta

A Prefeitura de Sinop informa que já registrou um boletim de ocorrência e aguarda o apontamento da perícia técnica para identicação da causa do incêndio.

04/01/2019 | CÉDULAS / RG

Emissão de RG é parcialmente normalizada em MT

A Casa da Moeda do Brasil antecipou a produção de 10 mil cédulas, de um total de 100 mil solicitadas pela Politec

04/01/2019 | SINOP-MT

Fogo danifica Farmácia Popular localizada no Jardim Jacarandás

De acordo com informações um curto-circuito pode ter provocado o princípio de incêndio.

03/01/2019 | NOTA

Seguro DPVAT vale para o ano inteiro

A quitação da taxa acontece preferencialmente junto com o vencimento do IPVA.

03/01/2019 | SAÚDE

SUS vai oferecer remédio para tratar doença rara

O remédio será utilizado no tratamento da fenilcetonúria

31/12/2018 | ENSINO A DISTÂNCIA MEC CURSOS DE GRADUAÇÃO

Cursos de graduação podem ofertar até 40% de aulas a distância

A medida não vale para cursos da área da saúde e de engenharia.

07/12/2018 | AUTONOMIA

Indígenas propõem soluções para valorização da floresta em pé

Em iniciativa inédita, os indígenas poderão acessar cerca de R$ 23 milhões em cinco anos para implantação de políticas socioambientais

05/12/2018 | OS ABUTRE'S

Membros do Abutre's Moto Clube serão jurados em concurso de desenho sobre motocicletas

A escolha dos melhores desenhos será realizada durante o lançamento do Natal Iluminado de Feliz Natal e devem compor um e-book

04/12/2018 | ACIDENTE

Caminhonete capota em rodovia e advogada é arremessada

Vítima foi socorrida e passará por cirurgia

03/12/2018 | ''FIM DOS PIRATAS''

Celular irregular será bloqueado a partir de sábado em MT e mais 09 estados

Os usuários já estão recebendo mensagens de SMS, informando que o aparelho irregular será bloqueado.

03/12/2018 | VOLUNTÁRIOS

Hospital de Câncer de MT promove ação para voluntários

O evento faz parte da comemoração do Dia Internacional do Voluntário, celebrado na data.

01/12/2018 | ENSINO SUPERIOR

Reeducandos de MT têm aulas de reforço para provas do Enem

As provas serão aplicadas nos dias 11 e 12 de dezembro, nas unidades, e mais de mil reeducandos estão inscritos para o exame.