Siga-nos nas redes sociais:

Grêmio goleia Tucumán e pega River Plate na semi da Libertadores

Luan, Cícero, Alisson e Jael marcaram para o tricolor 03/10/2018 - 09:06:05

O Grêmio confirmou classificação à semifinal da Libertadores 2018 em grande estilo. Nesta terça-feira (2), o time gaúcho fez 4 a 0 em cima do Atlético Tucumán (ARG), em Porto Alegre. No jogo de ida, a equipe de Renato já havia vencido por 2 a 0. Agora, o adversário é o River Plate, que eliminou o Independiente.

 

A vitória do Grêmio veio com os gols de Luan, Cícero, Alisson e Jael. Dois deles foram de pênalti, mas com bola rolando o time criou muito.

Ainda no primeiro tempo, o Grêmio superou pressão alta do Tucumán e ainda viu o goleiro Lucchetti ser expulso com auxílio do VAR. Na etapa final, o domínio virou atropelo. Nem a ausência de Léo Moura, que fez o time gaúcho atuar com 10, pesou.

Os confrontos entre Grêmio e River Plate ainda terão datas confirmadas pela Conmebol, mas devem ocorrer nos dias 24 de outubro e 1º de novembro. O jogo de ida será em Buenos Aires e a partida de volta em Porto Alegre.

O destaque da vitória gremista foi Luan. O meia-atacante distribuiu passes, marcou um gol e deu assistência para outro. No decorrer do jogo, ainda aplicou chapéu e caneta em marcadores. Mostrou nível parecido com aquele de 2017, quando era o principal jogador do Grêmio.

A escalação inédita do Grêmio (Ramiro foi vetado pelos médicos e se juntou a Maicon, suspenso, como desfalque) cobrou seu preço. Com um meio-campo mais leve e sem tanto poder de marcação, o Grêmio precisou de alguns minutos para se encaixar. Matheus Henrique trocou de companhia rapidamente. Thaciano foi adiantado e Cícero recuado. Com isso, o setor melhorou e reduziu espaços. Também elevou o poder de fogo.

A estratégia do Atlético Tucumán era clara: tentar um gol cedo para mudar o cenário. Foram mais de cinco chutes de média e longa distância na arrancada do jogo. O time argentino explorou a adaptação do Grêmio para apertar e criar. Mas sempre com chutes fortes de longe.

Antes dos 20 minutos, o Grêmio já estava no jogo como de costume. A velocidade de Everton, primeiro em passe de Luan e depois em lançamento longo de Cícero, levou o time à frente. O gol chegou apenas aos 36 minutos e com outro fundamento: cruzamento de Léo Moura que foi escorado por Thaciano e finalizado por Luan.

E ainda houve tempo para o Grêmi ampliar em cobrança de pênalti de Cícero, aos 44min, em jogada que culminou com a expulsão do goleiro Lucchetti.

A vantagem numérica e superioridade técnica fizeram o jogo ficar com cara de treino na etapa final. O Tucumán não se fechou e o Grêmio agradeceu aos espaços concedidos.

Alisson fez o terceiro gol, aos 7min, após boa trama do ataque e assistência de Luan. Na jogada, um defensor do Tucumán tirou o perigo em cima da linha, mas a bola bateu no goleiro e entrou.

O time gaúcho ainda teve oportunidades incríveis. Em uma delas, chegou a ter quatro jogadores contra apenas um marcador. Mas só nos acréscimos conseguiu transformar o placar em goleada. Jael cobrou pênalti e fechou o placar.

GRÊMIO

Marcelo Grohe; Léo Moura, Geromel, Kannemann (Paulo Miranda), Bruno Cortez; Matheus Henrique, Cícero, Alisson (Douglas), Thaciano, Everton (Jael); Luan. T.: Renato Gaúcho

ATLÉTICO TUCUMÁN

Lucchetti; San Román, Cabral, Lamas (Patrón), Abero; Acosta, Mercier, Aliendro, David Barbona (Alejandro Sanchez); Rodríguez, Leandro Díaz (Leyes). T.: Ricardo ZielinskiEstádio: Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS)

Juiz: Roberto Tobar (CHI)

Cartão vermelho: Lucchetti (Tucumán)

Gols: Luan, aos 36min, e Cícero, aos 44min do primeiro tempo, Alisson, aos 7min, e Jael, aos 46min do segundo tempo

Fonte: Folhapress.

Veja tambem

17/02/2019 | ESPORTE IMPASSE

Taça Guanabara: Justiça determina portões fechados na final de hoje

Partida entre Vasco e Fluminense será realizada às 17 horas deste domingo, no Maracanã

16/02/2019 | DIRETORIA ESPERANÇOSA

Mixto mais perto de conciliar dívidas por Ato Trabalhista

O clube precisa do apoio da torcida nos jogos do Estadual e da Copa do Brasil e por meio da Timemania

15/02/2019 | TEMPORADA 2019

Gerência de Esporte começa divulgação de inscrição das escolinhas esportivas

As escolinhas oferecerão aulas de futebol, futsal, handebol, volêi e ginástica e deverão atender crianças e adolescentes de 8 a 17 anos.

15/02/2019 | ESPORTE CLÁSSICO

Herói no Fla-Flu, Luciano diz que 'investimento não ganha jogo'

O autor do gol aos 47 minutos do segundo tempo festejou o resultado conquistado na noite desta quinta-feira (14), no Maracanã

15/02/2019 | ESPORTE O JOGO

Corinthians se salva com gol no fim e empata com o Racing na ‘Sula’

O Corinthians voltará a enfrentar o Racing no dia 27, na Argentina, e precisará fazer gols. Um empate por 0 a 0 dá a classificação aos "hermanos"

14/02/2019 | ESPORTE TAÇA GUANABARA

De luto, Flamengo enfrenta o Fluminense nesta quinta no Maracanã

Partida está marcada para às 20h30 (de Brasília), no Maracanã

13/02/2019 | ESPORTE DUDU

‘Se vier um Barcelona ou um Real, vão penar para me tirar do Palmeiras’

A fala é de Dudu, que planeja permanecer no futebol brasileiro

11/02/2019 | ESPORTE SELEÇÃO SUB-20

Brasil vence, impede título da Argentina, mas fica fora do Mundial

O triunfo sobre a Argentina por 1 a 0 impediu o título dos rivais e favoreceu o Equador, que ficou com o troféu

08/02/2019 | ESPORTE

Operário LTDA reforça elenco e entra com força máxima contra o Sinop

Para o duelo contra o Sinop, pela quarta rodada, a expectativa é de estreia dos três reforços.

07/02/2019 | A CAÇADA

Tigre surpreende, abocanha e abranda fome com Azulão do Nordeste

Mixto vence CSA-AL por um a zero, solidifica união do grupo, avança para 2ª fase e agora não tem mais jogadores em campo, mas verdadeiros Tigres

06/02/2019 | O TIGRE LUTA

'Será nosso jogo do ano, vale muito e ajudará o Mixto', diz treinador sobre jogo contra CSA-AL

A torcida precisa comparecer e apoiar do início ao fim. Só ela pode ser o 12° jogador e empurrar o atleta para o desempenho máximo

06/02/2019 | ESPORTE EM ALTA

Com premiação alta, Copa do Brasil se torna prioridade dos clubes

Campeão pode ganhar até R$ 67 milhões se disputar o torneio desde o início