Siga-nos nas redes sociais:

Felipão, 70, supera desconfiança e lidera arrancada da equipe

Na época da sua chegada, a equipe era apenas figurante na disputa pelo troféu 25/11/2018 - 20:59:40

Visto com desconfiança quando contratado, em julho deste ano, Luiz Felipe Scolari, 70, é o maior símbolo da virada do Palmeiras no Brasileiro, que culminou com a conquista do título neste domingo (25).

Na época da sua chegada, a equipe era apenas figurante na disputa pelo troféu. Após a derrota para o Fluminense, pela 15ª rodada, o time caiu para a sétima colocação e ficou oito pontos atrás do Flamengo, então líder.

Roger Machado foi demitido, e Felipão, contratado. Na sequência, o time alviverde reagiu. Embalou a maior sequência invicta da história dos pontos corridos -22 jogos- e sagrou-se campeão, algo considerado improvável há quatro meses.

A busca pelo técnico pentacampeão mundial foi uma aposta na sua especialidade em torneios de mata-mata. Com o Palmeiras em situação difícil no Brasileiro, na época a esperança para salvar a temporada era ganhar a Copa do Brasil ou a Libertadores, principal obsessão da torcida.

Felipão tem histórico positivo nas duas competições. Venceu o mata-mata brasileiro em quatro oportunidades (1991, 1994, 1998 e 2012), as duas últimas pelo Palmeiras, e o continental em outras duas (1995 e 1999), a segunda pelo time alviverde. O técnico, porém, nunca havia sido campeão brasileiro na era dos pontos corridos.

"Estamos trazendo um perfil vencedor, um técnico que tem amplo conhecimento dos valores do Palmeiras, das competições que estamos disputando. Esperamos um time que tenha bastante entrega, uma postura diferente daquela que vínhamos tendo", afirmou o presidente do Palmeiras, Maurício Galliote, em agosto.

Felipão chegou também com a incumbência de melhorar o clima no vestiário. Dudu demonstrava irritação com Roger, enquanto Lucas Lima não conseguia reeditar o futebol apresentado no Santos. O elenco, um dos mais fortes do país, também era pouco usado pelo antigo comandante.

Com a sequência de jogos em três torneios, o técnico praticamente montou dois times. Um para o Campeonato Brasileiro e outro para Copa do Brasil e Libertadores. Assim, nomes que tinham poucas oportunidades com Roger Machado, começaram a ser usados com frequência, como Mayke, Victor Luís, Gustavo Gómez, Luan, Moisés e Deyverson.

"O Roger fez um grande trabalho, mas o Felipão mudou o ambiente", disse o meia Lucas Lima.

Dessa forma, o Palmeiras chegou às seminais da Copa do Brasil e da Libertadores. Ao mesmo tempo, o time arrancou no Nacional e entrou definitivamente na briga pelo título com a vitória sobre o Corinthians, quando a diferença para o líder Internacional caiu para três pontos.

Nas copas, porém, o Palmeiras não conseguiu chegar aonde gostaria. Parou diante do Cruzeiro na Copa do Brasil e no Boca Juniors na Libertadores.

Entre os jogos contra o time argentino, em outubro, Felipão teve que mostrar o seu lado motivador. Três dias após a derrota em Buenos Aires, ele fez o time se concentrar no Brasileiro e arrancar um empate contra o Flamengo no Maracanã. Assim, a diferença, que poderia cair para dois pontos, permaneceu em quatro.

Na rodada seguinte, três dias após a desclassificação do torneio sul-americano, o Palmeiras alcançou uma vitória crucial sobre o Santos.

Com a vantagem na liderança, o técnico montou o time para que encarasse cada partida como uma decisão.

Felipão já havia faturado a competição com o Grêmio, em 1996. Na época, a fase final do torneio tinha o formato mata-mata.

"Tínhamos a pretensão de seguir em frente em todas as competições. Fomos até a semifinal da Libertadores e também da Copa do Brasil, que há muito tempo o Palmeiras não chegava, mas não conseguimos passar. Eu não esperava essa situação no Brasileiro, esperava passar na Libertadores e na Copa do Brasil, e não passei", disse Felipão recentemente.

O título faz o profissional afastar a sombra de técnico ultrapassado que passou a acompanhá-lo nos últimos anos, principalmente após a goleada de 7 a 1 sofrida contra a Alemanha, na semifinal da Copa do Mundo de 2014, disputada no Brasil.

Após o Mundial, Felipão teve passagem pelo Grêmio, onde ficou 11 meses e não venceu nenhum título. Em 2015, trocou o time gaúcho pelo Guanzhou Evergrande, da China. Ficou dois anos e meio e ganhou sete títulos, três deles de pontos corridos. Ele já havia conquistado um nesse formato pelo Bunyodkor, do Uzbequistão.

Agora, terá a chance de se tornar o treinador com mais pontos conquistados em um turno do Brasileiro.

O recorde é de Fábio Carille, que somou 47 na primeira metade da competição do ano passado, com o Corinthians. Para atingir a marca, o Palmeiras terá que ganhar do Vitória, no domingo (2), no Allianz Parque, pela última rodada.

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Veja tambem

14/12/2018 | BOLA PESADA

Alto Paraguai recebe último estadual de futsal neste fim de semana

A Taça Mato Grosso de Futsal compõe as festividades em homenagem ao aniversário de 65 anos de Alto Paraguai

10/12/2018 | ESPORTE POR LUCAS PRATTO

River campeão da Libertadores fará São Paulo receber quase R$ 4,5 mi

Quantia refere-se a bônus pela venda de Lucas Pratto

10/12/2018 | ESPORTE VENCEDORES

Após título do River, confira ranking dos campeões da Libertadores

Time argentino levantou a taça do torneio continental pela quarta vez

09/12/2018 | ESPORTE LIBERTADORES

É campeão! River vence o Boca e conquista a América... na Europa

De virada, o River Plate superou o Boca Juniors por 3 a 1 e ficou com o título da Libertadores da América de 2018

07/12/2018 | ESPORTE NOVO COMANDO

Corinthians anuncia retorno do técnico Carille

Sete meses após deixar o clube rumo ao Al Wehda, da Arábia Saudita, o técnico foi repatriado pelo time paulista

07/12/2018 | JOGO DUELO DAS DAMAS

Ex-jogadora da seleção brasileira participa de amistoso de futebol neste sábado (08)

A Prefeitura de Sinop é parceira da Liga e, na ocasião, cede o Estádio Massami Uriú para a realização dos trabalhos.

03/12/2018 | RAQUETE

Em final reprise, Marvin vence Lucas e fatura torneio Bruna Paes de Tênis

O próximo torneio e último do ano será o Master de Tênis, de 10 a 16 de dezembro, no Clube Monte Líbano, em Cuiabá

02/12/2018 | PALMEIRAS CAMPEONATO BRASILEIRO DE FUTEBOL

Bolsonaro acompanha vitória do Palmeiras e entrega taça de campeão

Time paulista conquistou o decacampeonato

02/12/2018 | ESPORTE DECACAMPEÃO

Campeão antecipado, Palmeiras vence e amplia recorde de invencibilidade

O time comandado por Felipão somou 23 vitórias

02/12/2018 | ESPORTE 2018

Fim do Brasileirão: veja a classificação final dos times na competição

Confira os clubes que foram rebaixados e os que se classificaram para a Libertadores e Copa Sul-Americana

02/12/2018 | ESPORTE FUTEBOL NACIONAL

Brasileirão termina neste domingo; veja os jogos e o que pode acontecer

Cinco times correm risco de rebaixamento: Fluminense, Vasco, Chapecoense, América-MG e Sport

02/12/2018 | ESPORTES / GALO DO NORTE

Diretoria apresenta comissão técnica e libera treinador

A apresentação dos jogadores acontece dia 8 de dezembro, quando já inicia a pré-temporada.