Siga-nos nas redes sociais:

Produtores têm até segunda para aderir ao Refis Rural

Débitos foram transferidos para União, mas não estão na dívida ativa 25/12/2019 - 21:19:27

Os produtores com prestações do crédito rural em atraso têm até a próxima segunda-feira (30) para pedir o desconto da dívida transferida para a União, desde que o débito não esteja inscrito em dívida ativa. A renegociação faz parte do Programa de Regularização Tributária Rural, também conhecido como Refis Rural.

Os procedimentos para adesão ao programa foram regulamentados por uma portaria editada em setembro pela Advocacia-Geral da União (AGU). Os pedidos de adesão aos benefícios deverão ser feitos pelo próprio devedor ou seu representante legal nos órgãos da Procuradoria-Geral da União (PGU) ou no processo judicial que estiver em tramitação para cobrança da dívida.

O procedimento vale para liquidação de dívidas de operação de crédito rural em execução pela PGU. O desconto será aplicado de forma progressiva, conforme o valor consolidado da dívida em execução.

Quanto maior o débito, menor o desconto percentual sobre a faixa de endividamento. A redução começará em 95% para dívidas de até R$ 15 mil e cairá para 60% para débitos de mais de R$ 1 milhão.

Paralelamente haverá o desconto de um valor fixo, que aumentará conforme a faixa de endividamento. Débitos de até R$ 15 mil não terão desconto nenhum. A redução sobe para R$ 750 para a dívidas entre R$ 15.001 e R$ 35 mil, aumentando progressivamente até chegar a R$ 142,5 mil para débitos acima de R$ 1 milhão.

Segundo a AGU, o mutuário ou seu representante legal poderá pedir a adesão ao Refis Rural. Excepcionalmente, o pedido poderá ser apresentado por terceiros sem representação legal, mas a PGU analisará caso a caso.

A portaria também regulamentou o recálculo do saldo devedor das operações de crédito rural contratadas com o extinto Banco Nacional de Crédito Cooperativo (BNCC) em execução pela AGU. Esses débitos também não estão inscritos na dívida ativa.

Segundo o Ministério da Agricultura, o recálculo, nesse caso, não depende de pedido do devedor porque foi determinado pela própria lei do Refis Rural.

Veja na TV Nacional:

Colaborou André Richter

Edição: Nádia Franco

Foto Reprodução

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

19/09/2020 | Política Economia

Dólar salta 2,8% e tem maior alta desde junho com nervosismo fiscal

15/09/2020 | CREDITO

Crédito com juros menores para microempresários movimenta R$ 7 milhões

Parceria entre CNI e Caixa viabiliza empréstimos para capital de giro

14/09/2020 | GESTÃO

Importação de arroz pelo Brasil dispara no acumulado de setembro

As maiores importações comparativamente com 2019, de acordo com dados do Ministério da Economia divulgados nesta segunda-feira

11/09/2020 | Política Economia

Real supera bolsa e renda fixa em semana marcada por noticiário sobre inflação

A moeda oscilou entre alta de 0,57%, para 5,3501 reais, durante a tarde, e queda de 1,13%, para 5,2600 reais, ainda pela manhã.

11/09/2020 | AGRONEGÓCIO

CNA participa de seminário sobre acordo comercial Coreia-Mercosul

De janeiro a agosto deste ano, do total de exportações do Brasil para a Coreia, 59% foram de produtos agropecuários.

09/09/2020 | POLITICA DE ECONOMIA

Ministério da Justiça pede explicações a supermercados sobre alta da cesta básica

08/09/2020 | MERCADO FINANCEIRO

Banco Central lança agenda de sustentabilidade ambiental

Ações incluem campanhas internas e criação de linha de crédito

06/09/2020 | ECONOMIA

Clima e pandemia elevam preços de hortifrúti em mais de 80%

O saco de 22kg do limão tahiti era vendido em março a R$ 35. Hoje, essa mesma quantidade é vendida a R$ 100. A fruta cítrica vendida em MT está vindo de SP

05/09/2020 | BRASIL

Balança comercial tem superávit recorde de US$ 6,6 bilhões em agosto

Os dados foram divulgados na terça-feira (01/09) pela Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia ((Secex/ME

04/09/2020 | POLÍTICA ECONÔMICA

Estudo aponta que retomada econômica passa pela questão ambiental

Trabalho sobre o tema foi apresentado em seminário

01/09/2020 | POLITICA DE ECONOMIA

Dólar fecha em queda com sinais do governo sobre agenda de reformas

O dólar à vista caiu 1,75%, a 5,385 reais na venda, menor patamar desde 13 de agosto (5,3675 reais).

29/08/2020 | AUXILIO EMERGENCIAL

Bolsonaro deve prorrogar auxílio de R$ 300 por mais 4 meses

Ao definir pela prorrogação da ajuda, governo decide deixar para um segundo momento o Renda Brasil