Siga-nos nas redes sociais:

Preocupação com guerra comercial pressiona JBS

A preocupação de investidores com o impacto da guerra comercial sobre as operações da JBS nos EUA derrubou as ações da empresa na bolsa 02/08/2018 - 08:36:15

Ontem, os papéis caíram 5,3% na B3, negociados a R$ 9,10. Foi a maior desvalorização do Ibovespa. O índice subiu 0,5%.

As ações da JBS recuaram na esteira da revisão de projeções feitas pela americana Tyson Foods. Principal rival da companhia brasileira nos EUA, a Tyson cortou em mais de 10% a previsão de lucro por ação no exercício fiscal de 2018, que se encerra em setembro. A empresa, que antes previa lucro por ação entre US$ 6,55 e US$ 6,70 revisou a previsão para entre US$ 5,70 e US$ 6,00.

Entre as justificativas para a revisão, a Tyson apontou os efeitos da guerra comercial nos EUA sobre os preços de exportação das carnes suína e de frango. Por causa das sobretaxas aplicadas por China e México, as exportações de carne suína podem ser afetadas, elevando a oferta do produto no mercado americano.

Os efeitos colaterais não foram os únicos responsáveis pela revisão das projeções da Tyson. Antes da disputa comercial, os frigoríficos de carne de frango dos EUA já sofriam com a sobreoferta do produto e a maior concorrência com a carne bovina, o que também já havia prejudicado as ações da americana Pilgrim's Pride, controlada pela JBS. Desde o início de 2018, os papéis da Pilgrim's recuaram mais de 40% na Nasdaq.

Além disso, a Tyson reduziu a previsão de economia de impostos com a reforma tributária nos EUA em 10%. Em fevereiro, a companhia estimou em US$ 300 milhões o impacto positivo da reforma tributária sobre o fluxo de caixa em 2018.

Na contramão da JBS, a também brasileira Marfrig foi ajudada pela Tyson. Nesse caso, não pela revisão nas projeções, mas pela proximidade da venda da subsidiária Keystone. A Marfrig deu exclusividade à Tyson para a venda dos ativos. A expectativa é que o negócio seja fechado ainda esta semana. Ontem, as ações da Marfrig subiram 3,03% na bolsa, negociadas a R$ 8,14.

Fonte: Portal do Agronegócio

Veja tambem

17/10/2018 | IBOVESPA BOLSA DE VALORES

Bolsa de Valores de SP fecha com leve alta, apesar de Eletrobras

O indicador encerrou hoje (17) com alta de 0,05%, aos 85.764 pontos.

17/10/2018 | EXPORTAÇÃO

Exportações do agronegócio atingem US$ 8 bilhões em setembro

Em setembro, as exportações brasileiras do agronegócio somaram US$ 8,17 bilhões,

16/10/2018 | BRASIL

Mercado eleva estimativa de inflação para 2018 e para 2019

Expectativa de inflação para este ano passou de 4,40% para 4,43%. Previsão de alta do PIB de 2018 permaneceu em 1,34%. Pesquisa foi divulgada pelo BC nesta segunda (15)

15/10/2018 | ECONOMIA PEDIDOS

Aposentadoria automática por idade no INSS já chega a 17,3% do total

Há cinco meses, quem pede a aposentadoria por idade não precisa mais ir até uma agência do Instituto Nacional do Seguro Social

12/10/2018 | BRASIL

Comércio internacional: Em setembro, vendas externas do setor somam mais de US$ 8 bilhões

O saldo no setor foi superavitário em US$ 7,1 bilhões

11/10/2018 | INFLAÇÃO DA TERCEIRA IDADE PESQUISA FGV

Inflação da terceira idade é de 0,69% no terceiro trimestre

A principal contribuição para a queda da taxa do segundo para o terceiro trimestre deste ano partiu do grupo alimentação, que passou de 2,50% para -1,57%.

10/10/2018 | ECONOMIA ARGENTINA

Economia argentina voltará a crescer em 2019, diz ministro

09/10/2018 | ECONOMIA MERCADO

Dólar fecha perto dos R$ 3,70 após três pregões de queda

Moeda americana recuou 1,46%

09/10/2018 | ECONOMIA

Ibovespa futuro sobe quase 5% após desempenho forte de Bolsonaro em 1º turno da eleição

Por volta das 09:15, o contrato do Ibovespa que vence no próximo dia 17 subia 4,86 por cento, a 86.825 pontos

07/10/2018 | ECONOMIA PROJEÇÃO

País pode acelerar crescimento em 2019 se começar ajuste no 1º semestre

Com juro e inflação baixos, mão de obra disponível e capacidade ociosa, há chance de que o País cresça além de seu potencial médio

06/10/2018 | ECONOMIA NEGÓCIOS

Petrobras volta a vender gasolina mais barata que exterior

Setembro teve maior período de estabilidade desde que a estatal autorizou reajustes diários

06/10/2018 | CRÉDITO RURAL

Crédito rural com taxa pós-fixada é tendência no médio prazo, diz DLL

Com melhorias gradativas na economia brasileira, as linhas com juros pós-fixados devem se tornar mais atrativas para os produtores