Siga-nos nas redes sociais:

Parceria para gás boliviano ser fornecido ao Estado deve ser finalizada em janeiro

O secretário disse, ainda, que a parceria possibilitará a ampliação do mercado do gás em Mato Grosso. 20/12/2017 - 19:05:31

A sociedade entre as empresas fornecedoras de gás de Mato Grosso e da Bolívia foi discutida em nova reunião entre o governador Pedro Taques e o ministro de Hidrocarburos da Bolívia, Luis Alberto Sánchez, na manhã desta quarta (20), desta vez em Cuiabá. A previsão é que a parceria seja oficializada na Bolívia, em 30 de janeiro, com a presença do presidente Evo Morales.

A reunião é resultado do encontro do governador Pedro Taques com o presidente da Bolívia, Evo Morales, realizada no início deste mês, em Brasília, que tratou sobre a importação do gás boliviano para Mato Grosso.

Segundo o secretário de Desenvolvimento Econômico, Carlos Avalone, a sociedade entre os dois países vai garantir o fornecimento do gás ao setor industrial e também do gás de cozinha às residências do Estado. “Estamos reunindo os documentos para que esta sociedade seja consolidada. É muito importante para que a quantidade suficiente de gás seja garantida a Mato Grosso”, disse Avalone, ressaltando que nos dias 03 e 04 de janeiro será realizado um outro encontro entre as equipes técnicas do Estado e da Bolívia.

O secretário disse, ainda, que a parceria possibilitará a ampliação do mercado do gás em Mato Grosso. “Nunca pudemos fazer os investimentos necessários, porque nunca tivemos um contrato com segurança jurídica o suficiente, que fosse para o ano todo. Os contratos previam que, quando eles tivessem o gás, eles nos disponibilizavam. Agora, com esta sociedade, a garantia será dada e com isto podemos fazer os investimentos para que o gás avance em Mato Grosso”, completou.

Os consumidores nas indústrias e nas residências também serão beneficiados com a sociedade, segundo o secretário. “Tendo uma fonte de energia mais barata, isto vai fazer com que os produtos baixem e viabilize os mercados externos para vendermos a nossa produção. E também, se conseguirmos viabilizar o gás de cozinha através do transporte pela hidrovia, ferrovia ou estrada, também conseguiremos baratear o produto”, disse.

O ministro de hidrocarburos da Bolívia, Luís Alberto Sanches, disse que o país está trabalhando tecnicamente para saber a real demanda de Mato Grosso e apresentar uma proposta de quanto poderá abastecer.

“Queremos fechar acordos comerciais para aumentar a produtividade dos campos de Mato Grosso e lógico que queremos participar como sócios das termoelétricas. Também queremos concretizar a rodovia de San Inácio a San Matias. Então, seria uma interação não apenas elétrica, mas também uma integração de rodovias, que vai viabilizar as exportações de gás, ureia, como também de carne”, disse.

Fonte: RDNEWS

Veja tambem

15/12/2018 | FRIGORÍFICOS E ABATEDOUROS

Abate de frangos cai 3,8% no 3º trimestre ante 3º tri de 2017, diz IBGE

Segundo o órgão, agosto teve o segundo maior volume de cabeças abatidas, atrás apenas de janeiro

15/12/2018 | VENDA DIRETA

Fazenda defende venda direta de etanol do produtor para os postos

Ontem (13), um grupo de trabalho da ANP concluiu não haver impedimento regulatório para a venda direta de etanol.

14/12/2018 | ECONOMIA

Mudanças tributárias podem render R$ 52,6 bi em três anos

Em seu cenário fiscal básico para os próximos anos, o Ministério da Fazenda considerou ser possível arrecadar, com novas mudanças na tributação, R$ 16,4 bilhões em 2020, R$ 17,5 bilhões em 2021, R$ 18,7 bilhões em 2022 – um total de R$ 52,6 bilhões em trê

13/12/2018 | ABONO SALARIAL, PIS, PAGAMENTO, SEXTO LOTE

Começa hoje pagamento do sexto lote do Abono Salarial PIS de 2017

Benefício será concedido a 1,7 milhão de trabalhadores

11/12/2018 | COPOM REUNIÃO SELIC BC BANCO CENTRAL

Começa hoje reunião do Copom; expectativa é de manutenção da Selic

De outubro de 2012 a abril de 2013, a taxa foi mantida em 7,25% ao ano e passou a ser reajustada gradualmente até alcançar 14,25% em julho de 2015.

10/12/2018 | MERCADO FINANCEIRO, COTAÇÃO DO DÓLAR

Dólar tem quinta alta consecutiva e fecha o dia cotado a R$ 3,92

Índice B3 da Bovespa começa semana em baixa de 2,5%

09/12/2018 | ROYALTIES, PETRÓLEO

Queda do petróleo afetará pouco contas federais, diz especialista

Redução do preço internacional diminui pagamento de royalties

09/12/2018 | ECONOMIA APOSENTADORIA

INSS divulga datas para pagamento de benefícios

Novo calendário segue a sequência de anos anteriores, que antecipa em cinco dias úteis o início dos créditos para parte dos segurados com renda mensal de até um salário mínimo

09/12/2018 | SELIC BANCO CENTRAL

Copom realiza última reunião do ano, com expectativa de manter Selic

A expectativa de instituições financeiras é da taxa permanecer em 6,5%

07/12/2018 | ECONOMIA MOEDA AMERICANA

Dólar encerra semana em alta, valendo R$ 3,89

O dólar tem uma alta acumulada de 17,55% no ano

06/12/2018 | PETROBRAS REFINO PLANO DE NEGÓCIOS

Em novo plano, Petrobras focará no refino e redução de endividamento

Diretor diz ainda que plano é reflexo da estatal, e não de uma pessoa

04/12/2018 | DÓLAR BANCO CENTRAL BOVESPA

Dólar sobe e fecha em R$ 3,85, mesmo após intervenção do Banco Central

Depois de duas quedas seguidas, o dólar comercial registrou o maior fechamento em uma semana desde 27 de novembro.