Siga-nos nas redes sociais:

Governo propõe reduzir tarifa social de energia elétrica

Economia prevista com a medida seria de R$ 800 milhões por ano 05/05/2018 - 07:31:40

O governo federal propôs limitar a tarifa social de energia elétrica, que dá descontos na conta de luz a famílias de baixa renda.

 

A economia prevista com a medida seria de R$ 800 milhões por ano, segundo o Ministério de Minas e Energia. Em 2017, foram cerca de R$ 2,37 bilhões dados de desconto, valor que foi repartido entre os demais consumidores.

Hoje, o desconto é dado a famílias com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo e famílias com renda até três salários mínimos que tenham pessoas deficientes ou doentes, que requeiram tratamento contínuo.

A proposta, agora, é que o critério seja o mesmo do Bolsa Família, que beneficia famílias extremamente pobres (renda mensal de até R$ 85 por pessoa). Caso tenham em sua composição gestantes e crianças ou adolescentes de até 17 anos, o benefício se estende à faixa de famílias pobres (entre R$ 85,01 e R$ 170,00 por pessoa).

Além disso, haveria um limite máximo de desconto que poderia ser dado, de R$ 22 por mês. Em fevereiro de 2018 (dados mais recentes divulgados), o desconto médio havia sido de R$ 22,56.

MENOS SUBSÍDIOS

A proposta faz parte de um pacote de medidas para reduzir os subsídios incluídos na conta de luz, que são contabilizados na CDE (Conta de Desenvolvimento Energético).

Além de reduzir o desconto a famílias pobres, o Ministério de Minas e Energia propôs criar um teto geral para as despesas, exigir contrapartidas dos beneficiados e criar normas para evitar o acúmulo de benefícios.

Neste ano, o orçamento para a CDE é de R$ 18,8 bilhões -valor 17,8% maior que o do ano passado.

A conta foi criada em 2002, com três objetivos: promover fontes renováveis; o desenvolvimento energético de estados; e a universalização da energia no país.

Hoje, a conta contém nove subsídios, incluindo carvão mineral para termelétricas, desconto de energia para produtores rurais e famílias pobres, desconto para prestadores de serviço de água e esgoto e benefícios a fontes renováveis.

Neste ano, o orçamento para a CDE é de R$ 18,8 bilhões -valor 17,8% maior que o do ano passado.

O item que mais pesa é a CCC (Conta de Consumo de Combustível), usada para subsidiar os custos de geração em regiões isoladas do país.

A proposta do governo para limitar esse gasto ainda deverá ser fruto de contribuições da consulta pública.

A redução gradual desses subsídios foi aprovada em 2016, para conter o aumento desses gastos, que têm pesado cada vez mais na conta.

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Veja tambem

20/01/2019 | ECONOMIA BLOCO COMERCIAL

Bolsonaro quer despolitizar Mercosul e reduzir taxa de importação

Não ficará no radar do Mercosul avançar em direção a uma moeda comum ou qualquer inovação que comprometa a independência dos países

19/01/2019 | BOLSA DE VALORES DE SÃO PAULO B3 IBOVESPA

Bolsa fecha semana em alta e índice de desempenho bate recorde

Dólar encerra período com valorização de 0,23%

18/01/2019 | MERCADO FINANCEIRO

Índices acionários chineses têm 3ª semana de ganhos com otimismo comercial

Os índices acionários chineses fecharam em alta nesta sexta-feira, registrando a terceira semana consecutiva de ganhos, impulsionados pelas expectativas de que Pequim e Washington possam fechar um acordo para encerrar a guerra tarifária entre os dois país

17/01/2019 | SUÍNOS

Suínos: Exportação e custo menor podem garantir ano mais positivo

Depois de atravessar um 2018 desafiador, o setor suinícola está mais otimista, à espera de uma recuperação em 2019

17/01/2019 | ECONOMIA PAGAMENTO

Pis/Pasep começa a ser pago hoje

A partir de hoje (17), trabalhadores da iniciativa privada podem procurar a Caixa Econômica Federal

17/01/2019 | ECONOMIA CONTAS

Estados fazem pressão por socorro federal

A sede do Ministério da Economia recebeu ontem uma romaria de governadores pedindo ajuda da União para equilibrar suas contas

16/01/2019 | PRODUÇÃO TOTAL DE PETRÓLEO E GÁS, BOED

Produção total de petróleo e gás da Petrobras atinge meta para 2018

A Petrobras identificou entre os principais destaques da produção em 2018 a entrada em operação de quatro novos sistemas de produção:

15/01/2019 | PREÇOS AGROPECUÁRIOS

Saiba como montar um desidratador de alimentos de baixo custo

A desidratação pode ser feita em frutas, plantas medicinais, ervas aromáticas, condimentos, legumes e tubérculos

14/01/2019 | Política Economia

Índices chineses fecham em queda com dados comerciais fracos

O índice CSI300, que reúne as maiores companhias listadas em Xangai e Shenzhen, recuou 0,87 por cento, enquanto o índice de Xangai teve queda de 0,71 por cento.

13/01/2019 | ECONOMIA BRADESCO

Banco testa empréstimo online para quem não é correntista

A startup possui um aplicativo que permite que consumidores procurem empréstimo e outros serviços financeiros

12/01/2019 | ANÁLISE DE MERCADO

Puxados pelo agronegócio, só MT e mais cinco estados devem superar pior recessão da história

Mato Grosso está na lista dos seis estados brasileiros que devem superar os índices da maior recessão da história do País

11/01/2019 | BRASIL

Banco Mundial reduz projeção para PIB brasileiro em 2019

O Banco Mundial (Bird) reduziu as previsões de crescimento do Brasil de 2018 e para este ano