Siga-nos nas redes sociais:

Elevação da nota de risco do Brasil é questão de tempo, diz Meirelles

O Congresso tem mostrado que tem aprovado as reformas fundamentais no país 13/01/2018 - 09:46:46

O ministro da Fazenda, Henrique Meirelles, afirmou nesta sexta-feira (12), que a elevação da nota de risco do Brasil é uma questão de tempo. A declaração foi dada em entrevista coletiva para comentar o rebaixamento da classificação da dívida pública brasileira pela agência Standard & Poor’s (S&P). Meirelles manifestou confiança na aprovação da reforma da Previdência e das medidas de ajuste fiscal nos próximos meses.

“O Congresso tem mostrado que tem aprovado as reformas fundamentais no país. Aprovou o teto de gastos, a reforma trabalhaista, a Lei das Estatais e a TLP [Taxa de Longo Prazo]. Outras medidas, como o cadastro positivo e a duplicata eletrônica estão em aprovação. Existe um histórico de aprovação. Essas reformas vão continuar ocorrendo, e a perspectiva de aumento do rating é questão de tempo. Isso foi levado em conta na melhora da perspectiva [da nota do Brasil pela S&P] de negativa para estável”, destacou o ministro.

Meirelles comentou que, no dia seguinte à redução da nota do Brasil para três níveis abaixo do grau de investimento, o mercado financeiro teve uma reação calma. Segundo o ministro, isso ocorre porque o país continua crescendo com baixa inflação e porque o rebaixamento já estava “precificado”, incorporado aos indicadores financeiros.

“Um ponto importante, que parece ser digno de ênfase neste momento, é a reação da economia no curto prazo, dos indicadores de mercado que reagem na mudança do rating no Brasil. Hoje, o dólar caiu um pouquinho, os juros de longo prazo caíram um pouquinho, e a bolsa continua estável”, acrescentou.

De acordo com Meirelles, a economia brasileira está num momento positivo, com previsão de crescer até 3% este ano e criar 2 milhões de empregos, depois de incorporar pelo menos 1 milhão de pessoas ao mercado de trabalho em 2017. Para ele, as previsões da S&P são conservadoras, comportamento que considerou normal nas agências de classificação de risco.

“Vamos continuar trabalhando e seguindo na direção que está dando certo. O país está crescendo. Nossa previsão de crescimento para 2018 é 3%. A agência [S&P] vai de forma mais conservadora, o que é normal. Isso [o conservadorismo das agências] também aconteceu no ano passado. O país em pleno processo de recuperação sólida. Foram criados mais de 1 milhão de empregos no ano passado, e esperamos a criação de 2 milhões de empregos este ano”, concluiu Meirelles.

Meirelles reforçou ainda que o rebaixamento não pode se transformar em “um grande evento político” do país. “A agência faz trabalho deles e nós fazemos o nosso. Não se deve dar um peso excessivo [ao rebaixamento], transformando isso em um movimento político. A questão de upgrade ou downgrade é pontual, um importante sinalizador, mas não é um grande evento político do país. Pelo contrário, [houve uma] observação de que eles vão aguardar a aprovação de todas medidas relevantes do ponto de vista fiscal. Nós temos nossa agenda de trabalho e na medida que isso vai funcionando, as agências vão reconhecendo no devido tempo”, afirmou.

Fonte: JB

Veja tambem

15/01/2018 | COMPETITIVIDADE

ANP: etanol sobe em 18 Estados e no Distrito Federal na última semana

No Brasil, o preço mínimo registrado na semana inicial de 2018 para o etanol em um posto foi de R$ 2,249 o litro, em Mato Grosso.

15/01/2018 | ECONOMIA IBC-BR

'Prévia' do PIB do Banco Central registra crescimento de 0,49%

Índice de atividade calculado pelo BC passou de 136,67 pontos para 137,34 pontos na série dessazonalizada de outubro para novembro

11/01/2018 | S&P REBAIXA BRASIL

Standard & Poor's rebaixa Brasil para três níveis abaixo do grau de investimento

A redução da nota do país foi divulgada hoje (11) à noite.

11/01/2018 | ECONOMIA / MUNDO

Coreia do Norte pede que Seul abandone manobras com EUA

09/01/2018 | ECONOMIA

Variação de preço de material escolar pode ir até 260%

Na comparação com a edição anterior do estudo, verificou-se uma alta de 9,25% no preço desses materiais

08/01/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Confiança da micro e pequena empresa cresce em 2017, mostra indicador da CNDL

A maior parte (46%) dos micro e pequenos empresários acredita que ele não se alterará ao longo deste primeiro semestre do ano.

08/01/2018 | ECONOMIA PRAZO

Primeira fase de implantação do eSocial para empresas começa hoje

Ao todo, etapa envolve 14,4 mil empresas, que faturaram mais de R$ 78 milhões em 2016 ou que aderiram voluntariamente

07/01/2018 | ECONOMIA LUZ

Vale a pena adotar a Tarifa Branca de energia?

“É preciso conhecer muito bem a sua capacidade de mudar hábitos de consumo de energia”, explica especialista

06/01/2018 | ECONOMIA AGENDA

Calendário de saques do PIS/Pasep será divulgado 2ªfeira

Saques poderão ser feitos na Caixa Econômica Federal

04/01/2018 | ECONOMIA FUNDO DE GARANTIA

Temer libera empréstimo de R$ 15 bilhões para a Caixa

O empréstimo foi sancionado e será publicado na edição desta sexta-feira (5) do Diário Oficial da União

04/01/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Inflação de produtos na saída das fábricas é de 1,47%

O IPP acumula 3,73% nos 11 primeiros meses de 2017 e 5,07% em 12 meses, de acordo com o IBGE.

02/01/2018 | MERCADO FINANCEIRO

CMN regulamenta novos juros para fundos constitucionais e de desenvolvimento

A regulamentação era o último passo necessário para as novas taxas entrarem em vigor.