Siga-nos nas redes sociais:

Com salário mínimo menor, governo poupará R$ 3,4 bi

Piso será corrigido dos atuais R$ 937 para R$ 954 - um reajuste de 1,81% 30/12/2017 - 10:58:53

O presidente Michel Temer assinou decreto nesta sexta-feira (29) concedendo reajuste para o salário mínimo de 2018 abaixo da inflação. O valor é também inferior ao que está previsto no Orçamento do ano que vem. Com a diferença, o governo prevê economizar R$ 3,4 bilhões.

Pelo texto que será publicado nesta segunda-feira (1º), o piso será corrigido dos atuais R$ 937 para R$ 954 -um reajuste de 1,81%.

A projeção do governo, no entanto, é que a inflação de 2017 medida pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor) fique um pouco maior: 1,88%. O número oficial será divulgado no dia 10 de janeiro pelo IBGE.

A regra de correção do salário mínimo, em vigor até 2019, prevê que o piso seja reajustado de acordo com o crescimento do PIB de dois anos atrás mais a inflação do ano anterior.

No caso de 2018, o PIB não é levado em conta, pois em 2016 a economia ficou no negativo, com uma retração de 3,5%.

A diferença (para menos) na parte da inflação resultará em um desconto no valor do salário mínimo de R$ 1,41 em 2018.

Segundo o Ministério do Planejamento, a diferença se deve a reajuste do salário mínimo, acima da inflação, concedido no passado. A compensação, algo que ainda não tinha sido feito sob a vigência da regra de correção, ficou para 2018.

AJUSTE

Como o salário mínimo também é referência para benefícios sociais e aposentadorias, o governo vai economizar com um piso abaixo do que previa.

No Orçamento, enviado em outubro para o Congresso, o governo projetou que o minimo seria de R$ 965, um reajuste de 2,9%.

Mas a inflação em declínio reduziu a correção. Até novembro, o INPC acumula alta de 1,95% e expectativas no mercado para o ano de 2017 fechado giram em torno de 2,1%.

O reajuste menor do que o inscrito no Orçamento vai produzir uma redução nas despesas previstas para 2018 de R$ 2,4 bilhões no pagamento de aposentadorias do RGPS (Regime Geral de Previdência Social), de R$ 426 milhões nas aposentadorias sociais (Renda Mensal Vitalícia e Benefício de Prestação Continuada) e de R$ 577 milhões no abono salarial e seguro-desemprego.

O novo valor entrará em vigor a partir de segunda-feira (1º). Segundo o decreto, o valor diário do salário mínimo corresponderá a R$ 31,80 e o valor horário passará a ser R$ 4,34. 

Fonte: NOTICIAS AO MINUTO

Veja tambem

23/09/2018 | BLOQUEIO DE CELULARES, ANATEL

Celulares irregulares serão notificados a partir deste domingo

Bloqueio dos aparelhos começa em dezembro, usuários serão informados

22/09/2018 | GERAÇÃO DE EMPREGOS, MINISTÉRIO DO TRABALHO

País registra criação de 110 mil novas vagas de trabalho em agosto

Com os dados, o nível de estoque do emprego formal aumentou para 38,4 milhões

20/09/2018 | MERCADO FINANCEIRO

‘Bolsa de Mercadorias’: uma nova oportunidade para você

Associado da ABCZ pode adquirir o serviço ‘Desenvolvimento Rural Integrado’ com 15 % de desconto. A empresa que prestará o serviço é a Tac Force Assessoria Agropecuária Ltda.

19/09/2018 | MONITOR DO PIB, FGV, ECONOMIA

FGV: economia brasileira recuou 0,5% no trimestre encerrado em julho

Na comparação com o trimestre encerrado em julho de 2017, no entanto, houve um crescimento de 0,5%.

18/09/2018 | INVESTIMENTOS FGV FUNDAÇÃO GETULIO VARGAS

Intenção de investimentos da indústria recua 3,1 pontos no trimestre

O indicador busca antecipar as tendências econômicas no país a partir da disseminação do ímpeto de investimento entre as indústrias.

17/09/2018 | ECONOMIA MOEDA

Mercado espera que dólar oscile principalmente entre 1° e 2° turnos

Especialistas projetam mais oscilação do dólar nas próximas semanas

16/09/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Importadores reduzem compras em 30% com disparada do dólar

Moeda norte-americana atingiu a maior cotação desde o início do Plano Real

15/09/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Após cotação recorde na véspera, dólar ronda patamar de R$ 4,20

Após cotação recorde na véspera, dólar ronda patamar de R$ 4,20

15/09/2018 | CORREIOS, INDENIZAÇÃO A CARTEIROS

Correios terão que pagar indenização por expor carteiros a insegurança

A ação foi movida pelo Ministério Público do Trabalho (MPT). Cabe recurso ao Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região.

14/09/2018 | ECONOMIA / MERCADO

Em visita ao Ceasa/MT, Leitão reitera compromisso com a agricultura familiar

Atualmente o Ceasa/MT é responsável pelo abastecimento da maior parte das redes supermercadistas de Cuiabá, Várzea Grande e região.

14/09/2018 | SEGURANÇA PÚBLICA

Estados perdem competitividade por causa de violência, aponta pesquisa

Na área de segurança pública, passou de 5º colocado (em 2015) para 20º (em 2018).

13/09/2018 | ECONOMIA VENDAS MERCADO

Setor de cachaça faturou mais de R$ 10 bilhões em 2017

No Dia Nacional da Cachaça, produtores pedem mudanças em impostos