Siga-nos nas redes sociais:

CMN regulamenta novos juros para fundos constitucionais e de desenvolvimento

A regulamentação era o último passo necessário para as novas taxas entrarem em vigor. 02/01/2018 - 20:35:58

Os produtores e empresários do Norte, Nordeste e Centro-Oeste podem pegar empréstimos com a nova metodologia de juros. Em reunião extraordinária, o Conselho Monetário Nacional (CMN) regulamentou as novas taxas de financiamentos dos fundos constitucionais do Norte (FNO), do Nordeste (FNE) e do Centro-Oeste (FCO) e dos fundos de Desenvolvimento de cada uma dessas regiões.

A regulamentação era o último passo necessário para as novas taxas entrarem em vigor. Publicada na última quarta-feira (27), a Medida Provisória 812 estabelecia a nova fórmula para os financiamentos. Os encargos serão baseados no cálculo da Taxa de Longo Prazo (TLP), ou seja, serão compostos pela variação do Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) e por taxa de juros real prefixada, mensalmente, de acordo com o equivalente ao rendimento real das Notas do Tesouro Nacional – Série B (NTN-B) no prazo de cinco anos.

Além disso, serão ainda consideradas as diferenças regionais por meio do Coeficiente de Desenvolvimento Regional (CDR), de fatores de ponderação por tipo de operação e de um benefício de adimplência. As regiões menos desenvolvidas e os beneficiários que pagam em dia terão direito a condições melhores de empréstimos. Os contratos antigos não sofrerão alteração e continuarão remunerados pelas taxas contratadas anteriormente à medida provisória.

Na caso dos fundos de Desenvolvimento da Amazônia (FDA), do Nordeste (FDNE) e do Centro-Oeste (FDCO), os encargos seguem critérios semelhantes. A diferença é que esses fundos não terão bônus de adimplência como fator redutor das taxas.

Em nota, o Ministério da Fazenda informou que a definição automática das taxas de juros diminui o gasto com subsídios e torna mais transparente e previsível a política desses fundos. “A nova metodologia elimina a discricionariedade na definição dessas taxas, ao mesmo tempo em que aumenta a potência da política monetária e fortalece a aderência desses encargos ao custo de financiamento da dívida pública”, destacou a pasta.

Segundo o ministério, os redutores contribuem para incentivar o desenvolvimento nas regiões mais necessitadas. “As medidas aprovadas contribuem para a promoção de investimento em regiões relativamente menos desenvolvidas, estabelecendo encargos financeiros adequados ao padrão de renda dessas regiões e à tendência de juros da economia, com mais previsibilidade das taxas aplicadas aos programas de financiamento”, acrescentou o comunicado.

A Lei nº 7.827 de 1989, ao regulamentar artigo da Constituição, criou os fundos constitucionais de Financiamento do Centro-Oeste (FCO), do Nordeste (FNE) e do Norte (FNO), com o objetivo de contribuir para o desenvolvimento econômico e social dessas regiões por meio de financiamentos aos setores produtivos.

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

17/06/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Com perdas de US$ 30 bi, indústria quer combater barreiras comerciais

CNI vai entregar sugestões sobre o tema a candidatos à Presidência

16/06/2018 | IMPORTAÇÃO

Importadoras alertam ANP que programa para diesel pode inviabilizar compras externas

Importadoras de combustíveis alertaram a agência reguladora do setor no Brasil (ANP) que o programa do governo de subsídios ao diesel, fruto de negociações para encerrar a gigantesca greve dos caminhoneiros, poderá inviabilizar compras externas do combust

16/06/2018 | ECONOMIA / MERCADO

Petrobras: produção média de petróleo cai 1,2% em maio

Desse total, 2,57 milhões boed foram produzidos no Brasil e 96 mil boed no exterior.

14/06/2018 | PIS/PASEP

Caixa e BB divulgam calendário de saques do PIS/Pasep

O pagamento das cotas deve injetar R$ 39,5 bilhões na economia, com impacto potencial no Produto Interno Bruto (PIB) na ordem de 0,55 ponto percentual.

12/06/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar opera em queda, abaixo de R$ 3,70, de olho no BC e nos EUA

Na véspera, moeda norte-americana subiu 0,45%, a R$ 3,7242 na venda

11/06/2018 | ECONOMIA LEVANTAMENTO

Datafolha: 72% dos brasileiros avaliam que economia do país piorou

Somente 6% dos 2.824 entrevistados disseram que o quadro econômico progrediu

10/06/2018 | MEGA-SENA

Mega-Sena acumula e pode pagar R$ 14 milhões na 4ª feira

As informações são do site da Caixa Econômica Federal.

09/06/2018 | CARTA FRETE

Caminhoneiros e ANTT voltam a discutir preços de fretes na segunda

Categoria se reunirá no fim de semana para debater ajustes na tabela

08/06/2018 | PRIMEIRO LOTE CONSULTA

Receita libera consulta a primeiro lote de restituição do IR 2018

O lote contempla também restituições residuais dos exercícios de 2008 a 2017, informou a Receita Federal.

07/06/2018 | ECONOMIA / MERCADO

ANP não vai interferir na formação de preços de combustíveis

A formação de preços no Brasil é e continuará sendo livre.

06/06/2018 | ECONOMIA PREÇOS

Conta de energia deve subir 25,7% em um ano, aponta pesquisa

Dois aspectos principais: a adoção da bandeira vermelha patamar 2 pelo governo federal e os reajustes anuais das concessionárias de energias nos diversos estados

05/06/2018 | ECONOMIA / PETROBRAS

Conselho da Petrobras elege Ivan Monteiro para presidir empresa

Mandato vai até 26 de março de 2019, mesmo prazo dos demais diretores