Siga-nos nas redes sociais:

Auxílio emergencial poderá durar mais que três meses, diz secretário

Benefício poderá ser mantido ou desmontado gradualmente 11/05/2020 - 20:01:31

Criado para aliviar a perda de renda da população afetada pela crise econômica gerada pela covid-19, o auxílio emergencial de R$ 600 (R$ 1,2 mil para mães solteiras) poderá ser mantido após o fim da pandemia. A afirmação é do secretário especial de Produtividade, Emprego e Competitividade do Ministério da Economia, Carlos da Costa, que participou hoje (11) de transmissão ao vivo promovida pelo banco BTG Pactual.

Segundo Costa, o governo discute se o auxílio emergencial e outras medidas de socorro deverão durar os três meses inicialmente planejados ou se deverão ser desmontadas gradualmente, num processo de transição para um novo modelo econômico. “Não podemos virar a chave e desligar tudo de uma hora para outra”, disse, referindo-se à possibilidade de manutenção do benefício no segundo semestre deste ano.

Na avaliação do secretário, o auxílio emergencial é “extremamente liberal”, nos moldes do Imposto de Renda negativo, em que pessoas abaixo de determinado nível de renda recebem pagamentos suplementares do governo em vez de pagarem impostos.

Caso o benefício permaneça, Costa disse que o governo terá de estudar uma forma de financiá-lo e de mantê-lo. Segundo ele, o governo pode desmontar o auxílio emergencial gradualmente, conforme as medidas de recuperação econômica ou as reformas estruturais prometidas pelo governo antes de a pandemia entrar em vigor.

O secretário ressaltou que a equipe econômica não estuda somente a continuidade do auxílio emergencial, mas de outras ações tomadas pelo governo. “Talvez alguns programas tenham vindo para ficar”, disse. Ele, no entanto, não detalhou quais programas poderiam permanecer além do benefício de R$ 600.

Costa indicou que medidas de apoio e de desoneração das empresas possam ser mantidas. Para ele, o “novo normal” da economia brasileira será um cenário com “menos ônus” sobre os empregadores.

Financiamentos

Em relação ao programa de ajuda para microempresas, o secretário disse que os financiamentos para o setor poderão ser destravados com a sanção da lei que permite a utilização do Fundo de Garantia de Operações (FGO), administrado pelo Banco do Brasil, para cobrir possíveis inadimplências nos empréstimos.

Segundo Costa, o governo injetará R$ 15 bilhões no FGO, aumentando o orçamento do fundo para até R$ 18 bilhões. Esse fundo cobrirá até 85% da perda que eventualmente deixar de ser paga às instituições financeiras que emprestarem às micro e pequenas empresas.

Sobre as médias empresas, o secretário disse que o governo pretende lançar o novo Fundo Garantidor para Investimentos (FGI) e ampliar o escopo do fundo, que passará a cobrir o calote não só de investimentos, mas de linhas de crédito de capital de giro. Segundo Costa, o governo pretende aportar R$ 20 bilhões no fundo.

Edição: Fábio Massalli

© Marcello Casal 

Fonte: Ag Brasil

Veja tambem

05/06/2020 | PETROBRAS COMBUSTÍVEIS

Petrobras bate novo recorde na exportação de óleos combustíveis

A empresa exportou 1,11 milhão de toneladas de óleo combustível

04/06/2020 | BIOCOMBUSTÍVEL

Produtor poderá vender etanol diretamente a postos de combustiveis, define o CNPE

03/06/2020 | POLITICA ECONOMIA

Comitê da Câmara dos EUA diz que se opõe a qualquer acordo comercial entre EUA-Brasil

02/06/2020 | ANÁLISE DE MERCADO

Agropecuária é único setor da economia com crescimento na pandemia, diz IBGE

Resultado positivo foi puxado pelo bom desempenho da safra, como a da soja, no primeiro trimestre do ano

01/06/2020 | BRASIL

Expectativa de contração da economia brasileira este ano passa de 6%

A expectativa do mercado pra a contração da economia neste ano ultrapassou 6%, como consequência das medidas de contenção do coronavírus, mostrou nesta segunda-feira a pesquisa Focus do Banco Central

30/05/2020 | Bacia Potiguar

Petrobras conclui venda de sete campos de produção no RN

A ação foi concluída com o pagamento de R$ 676,8 milhões

29/05/2020 | IRPF 2020

Receita paga nesta sexta-feira as restituições do 1º lote do IRPF 2020

Estão sendo depositados R$ 2 bilhões para 901.077 contribuintes

28/05/2020 | MERCADO FINANCEIRO

Dólar fecha em alta e aproxima-se de R$ 5,40 após seis dias de queda

Bolsa caiu 1,13% em dia de realização de lucros

28/05/2020 | DF

Publicada com vetos lei sobre ajuda financeira a estados e municípios

Salários dos servidores ficarão sem reajuste até o fim de 2021

27/05/2020 | AUXILIO EMERGENCIAL

Saiba como contestar resultado do cadastro do auxílio emergencial

Descubra o que fazer quando o cadastro é considerado inconclusivo

26/05/2020 | MERCADO FINANCEIRO

Em queda pela quinta sessão, dólar fecha no menor valor em um mês

Bolsa oscilou bastante, mas fechou com pequena baixa

26/05/2020 | AUXILIO EMERGENCIAL

Auxílio Emergencial chega a populações ribeirinhas do Pará e Amazonas

Até essa segunda-feira (25), a Caixa pagou R$ 65,5 bilhões de auxílio emergencial, somadas as primeiras e segunda parcelas, informou Pedro Guimarães.