Siga-nos nas redes sociais:

Presidente da Aprosoja rebate discurso de Eduardo Botelho

Galvan apontou que a solução seria a retenção de gastos públicos 03/01/2019 - 08:32:35

O presidente da Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja), Antonio Galvan, por meio de suas redes sociais, nesta quarta-feira (2), rebateu o discurso do presidente da Assembleia Legislativa, Eduardo Botelho (DEM), que criticou o setor produtivo durante seu discurso na posse do governador Mauro Mendes, também democrata, nesta terça-feira (1).  

Galvan apontou que a solução seria a retenção de gastos públicos, enquanto Botelho afirmou que a riqueza do estado está na mão de poucos barões do agronegócio.   O governador disse na ocasião que todos os setores precisam contribuir. 

"Quero registrar que jamais o trabalho duro de um setor, seja qual for, será responsável pela desigualdade social, como foi citado nos discursos do governador Mauro Mendes e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho", disse Galvan em sua publicação.   

Para o presidente, a desigualdade é resultado de anos de má gestão, má aplicação do dinheiro público, inchaço da máquina pública e corrupção. Ele apontou que a solução é uma gestão eficaz.   

"Antes de apontar o dedo para quem planta, produz, gera emprego, renda, leva alimento à mesa, e convive diariamente com as incertezas climáticas, econômicas, jurídicas, devia-se olhar para dentro da própria casa e fazer as mudanças que a sociedade tanto anseia, como corte no excesso de gastos publicou", finalizou.   

Confira o esclarecimento na íntegra:  

"Quero registrar que jamais o trabalho duro de um setor, seja qual for, será responsável pela desigualdade social, como foi citado nos discursos do governador, Mauro Mendes, e do presidente da Assembleia Legislativa, deputado Eduardo Botelho, durante a solenidade de posse do governador, nesta terça-feira.

O que causa desigualdade é o resultado de anos de má gestão, má aplicação do dinheiro público, inchaço da máquina pública e a corrupção. Contra essas práticas não vemos políticos levantarem bandeira. Culpar um setor por injustiças sociais é jogar contra a sociedade que se beneficia - seja por meio de emprego e renda, seja por meio dos produtos gerados -, de determinada cadeia produtiva.

Vocês sabiam que, para 2019, o Governo do Estado prevê o repasse no valor de R$ 896 milhões somente para manutenção da Assembleia Legislativa e do Tribunal de Contas do Estado?

Valor muito superior ao orçamento do município de Várzea Grande, por exemplo, que está estimado em R$ 799 milhões e tem a segunda maior população de Mato Grosso: mais de 280 mil habitantes. Ou seja, 24 deputados estaduais e os 11 conselheiros custam aproximadamente R$ 2,5 milhões, por mês, cada um, aos cofres públicos.

Enquanto para a infraestrutura – essencial para o desenvolvimento -, o valor mal chega a R$ 170 milhões, e a iniciativa privada segue contribuindo, pagando impostos e, muitas vezes, investindo recursos onde o Estado que deveria aplicar.

Ou seja, antes de apontar o dedo para quem planta, produz, gera emprego, renda, leva alimento à mesa, e convive diariamente com as incertezas climáticas, econômicas, jurídicas, devia-se olhar para dentro da “própria casa” e fazer as mudanças que a sociedade tanto anseia, como o corte no excesso de gastos públicos.

Mais tributos, mais cobranças, não vão resolver senão houver gestão eficaz.

E é isso que devemos e vamos cobrar: Gestão eficaz, já!"

PorAna Flávia Corrêa

Foto: João Vieira

Fonte: Gazeta Digital

Veja tambem

21/06/2019 | ETANOL

Produção de etanol de milho pode atingir 15 bilhões de litros

O crescimento dessa indústria dependerá da oferta doméstica de milho, que já excede as necessidades dos setores de ração e alimentos e possibilita uma exportação de mais de 30 milhões de toneladas por ano

20/06/2019 | SOJA / MERCADO BRASILEIRO

Soja encerra o pregão desta 5ª feira com ganhos na Bolsa de Chicago

O vencimento da soja para julho/19 ficou em US$ 9,14 por bushel, uma valorização de 11 pontos pra cima.

20/06/2019 | DESENVOLVIMENTO ECONÔMICO

Sedec inicia planejamento para a Norte Show 2020

18/06/2019 | MILHO

Brasil exportará recorde de 38 mi t de milho no ano, com vendas até aos EUA, diz Agroconsult

14/06/2019 | SUÍNOS

Peste suína africana: desafio do Brasil é manter animais livres da doença letal e sem cura, mas que não afeta humanos

Embrapa tem o papel de fornecer informações sobre a doença, sua prevenção e os impactos na cadeia produtiva de suínos, subsidiando a tomada de decisão dos órgãos competentes

12/06/2019 | FRIGORÍFICOS E ABATEDOUROS

Retomada da Rússia impulsiona exportações brasileiras de carne bovina em maio

Desde janeiro, vendas para aquele país cresceram 137%

11/06/2019 | BRASIL / MÉXICO

Frango: Brasil negocia acordo bilateral "ambicioso" com o México

O Brasil está pronto para negociar um acordo bilateral "ambicioso" com o México que permita livre comércio entre os dois países, informaram nesta sexta-feira os ministérios da Economia e das Relações Exteriores, em nota conjunta

11/06/2019 | Agronegócio

Produtores apontam riscos da alta carga tributária e prejuízos para produção rural

Antônio Galvan faz o encerramentom oficial da edição do Circuito Aprosoja deste ano

10/06/2019 | BOVINOS LEITE

Interleite Brasil deve reunir 1.300 participantes nos dias 07 e 08 de agosto, em Uberlândia (MG)

Nos três dias, cerca de 1.300 produtores, técnicos, laticínios, empresas de insumos e especialistas ligados ao leite passarão pelo Center Convention em Uberlândia

03/06/2019 | MERCADO FINANCEIRO

PIB da agropecuária no 1º trimestre de 2019 recuou pelo segundo ano seguido

De acordo com o IBGE, o Produto Interno Bruto (PIB) da agropecuária brasileira no primeiro trimestre de 2019 registrou variação negativa de 0,1% em relação ao mesmo trimestre de 2018

02/06/2019 | Política Economia

Plano de Safra 2019/2020 será lançado no dia 12 de junho, diz Ministra da Agricultura

Tereza Cristina quer Brasil com política agrícola definida (Ag. Brasil, *Com informações do site do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento)

01/06/2019 | MILHO E SORGO

Agroconsult eleva projeção de produção de milho do Brasil em 2018/19 para 100,4 mi t

O aumento da projeção ocorre em meio a boas condições climáticas para a segunda safra de milho, a maior do país, cuja colheita já está se desenvolvendo