Siga-nos nas redes sociais:

IMEA calcula dívida do produtor de Mato Grosso com o Funrural

Para o estudo do Imea foi utilizado como exemplo o agricultor típico de Mato Grosso que planta em média 900 hectares de soja e 720 hectares de milho 28/02/2018 - 17:27:10

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (Imea) apresentou nesta semana, na assembleia geral do Instituto Pensar Agro (Ipa), em Brasília-DF, uma análise da dívida atual dos agricultores de Mato Grosso com o Fundo de Assistência ao Trabalhador Rural (Funrural) e como seria a amortização das parcelas nos próximos 15 anos, considerando apenas o pagamento mínimo de 0.8% do faturamento bruto conforme prevê o Programa de Regularização Tributária Rural (PRR), instituído pela Lei nº 13.606/2018.

Para o estudo do Imea foi utilizado como exemplo o agricultor típico de Mato Grosso que planta em média 900 hectares de soja e 720 hectares de milho. Levando em consideração a receita deste perfil de agricultor, o faturamento bruto anual total da propriedade corresponde a R$ 3,75 milhões, sendo deste montante R$ 2,58 milhões são provenientes da produção de soja e R$ 1,17 milhão oriundo da produção de milho.

“Nosso objetivo com este estudo é municiar o produtor rural de informações que podem auxiliá-lo na tomada de decisões de como avaliar sua dívida perante o Funrural. Vale ressaltar que é um modelo hipotético. A partir das simulações que fizemos é possível os produtores que aderirem ao PRR avaliem qual modelo apropriado para quitar suas dívidas dentro do prazo estabelecido, sem entrar no mérito nas diversas situações em que eles se encontram, pois cada um precisa avaliar individualmente qual é o seu melhor cenário”, explica o superintendente do Imea, Daniel Latorraca.

O Imea simulou dois cenários para este perfil de agricultor de porte médio. O primeiro utiliza a Selic (Sistema Especial de Liquidação e de Custódia) média dos últimos cinco anos para calcular como será o pagamento dividido em uma entrada e mais 176 parcelas, incluindo as multas. O segundo cenário usa dados Selic atual com outras variáveis constantes para o cálculo, incluindo o impacto do veto do presidente sobre a redução de 100% das multas de mora, de ofício e dos encargos legais. Neste exemplo, o produtor paga o mínimo previsto na lei, que corresponde a 0.8% da dívida e parcela em 12 meses.

Em ambos os cenários avaliados, o Imea constatou que ao final dos 15 anos de parcelamento das dívidas, este perfil de produtor ainda terá resíduos para serem pagos. No primeiro caso o resíduo será de R$ 588.688,27 e no segundo exemplo o saldo remanescente será de R$ 417.052,37, um pouco menor se o Congresso conseguir derrubar o veto sobre as multas.

“Os produtores precisam ficar atentos para ver qual é o melhor cenário. Essa avaliação é justamente para mostrar que queremos pagar, mas de uma forma possível, pois da maneira como está é inviável. A Famato, a CNA, o Ipa e a FPA estão trabalhando neste sentido, pois o prazo provavelmente será prorrogado por mais 60 dias”, avalia o presidente do Sistema Famato Normando Corral.

Fonte: Portal do Agronegócio

Veja tambem

21/09/2018 | AGRICULTURA FAMILIAR

AGRICULTURA FAMILIAR Prefeitura ajuda a diversificar economia de famílias da Gleba Mercedes

O projeto, que tem iniciativa da Prefeitura e emenda parlamentar estadual no valor de R$300 mil

20/09/2018 | AGOSTO

Terminal quebra recorde de transporte de cargas em terminal de Rondonópolis

Volume total transportado pela Companhia em agosto foi de 5,3 milhões de toneladas de produtos agrícolas e industriais em terminais de 6 estados

20/09/2018 | BOVINOS LEITE

Produtores de leite da América Latina conhecem maior núcleo genético da atualidade nos EUA

O terceiro dia do ABS Global Experience contou com visitas a mais uma fazenda familiar – a Johnson’s Rolling Acres – e também à sede do projeto De-Novo

19/09/2018 | APICULTURA

Mato Grosso tem grande potencial botânico e climático para a apicultura

O Brasil possui a maior florada apícola do mundo e o estado destaca-se por ter três ecossistemas bem distintos: Cerrado, Pantanal e Floresta Amazônica.

19/09/2018 | SOJA CONVENCIONAL

Soja convencional ainda é cultivada no Brasil, mas área plantada diminui

No ano passado, semente não-transgênica ocupou 17,3% da área de cultivo e, neste ano, não deve passar de 12%. Custo de produção é mais alto, mas valor de venda também.

18/09/2018 | MEIO AMBIENTE

Inovação no licenciamento ambiental

Pela sua vocação de produtor mundial de alimentos, o Brasil participa do desafio de aumentar a produção agrícola para atender projeção de demanda de alimentos, fibras e bioenergia até o ano 2050

17/09/2018 | PECUÁRIA DE LEITE

Três produtores da região de Quatro Marcos são destaques no SENAR Tec Leite

17/09/2018 | GESTÃO

Mais de 90% dos pecuaristas paulistas que adotaram sistemas integrados afirmam que continuarão com a tecnologia

Os que adotam a integração lavoura-pecuária (ILP) têm maior tempo de experiência com agricultura, participam de eventos agropecuários e de cooperativas agrícolas e recebem mais visitas da assistência técnica

16/09/2018 | EXPORTAÇÃO

Com volume recorde em agosto, exportações totais de carne bovina crescem 9% e já rendem US$ 4,2 bi

As exportações totais de carne bovina (in natura e processada) atingiram a 173.826 toneladas no mês de agosto estabelecendo um novo recorde mensal no setor

15/09/2018 | BRASIL

ECONOMIA: Balança tem superávit de US$ 1,106 bi na primeira semana de setembro

A balança comercial registrou superávit de US$ 1,106 bilhão na primeira semana de setembro, informou na tarde desta terça-feira (11/09) o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços (Mdic)

14/09/2018 | SETOR SUCROALCOOLEIRO

Açúcar mantém valorização nos mercados interno e externo

Os contratos futuros do açúcar demerara fecharam em alta na bolsa de Nova York ontem (13)

13/09/2018 | GESTÃO

Competência técnica é o principal entrave para a contratação de executivos na área de agronegócios

Estudo da Hays Executive mostra também características que os líderes consideram para quem busca fazer carreira de sucesso no setor