Siga-nos nas redes sociais:

ECOPERATIVA: Com investimento de R$ 7 milhões, região de Curitiba ganha usina de energia limpa

A partir de 2019, restos de podas de árvores e de jardinagem dos bosques, praças e outros locais públicos da região de Curitiba terão outro destino que não somente os aterros sanitários 07/08/2018 - 07:49:53

Em março do ano que vem, esses resíduos serão usados em uma usina termoelétrica movida a biomassa, que terá capacidade para gerar até 1 MW de energia elétrica.

Investimento - Localizada em Fazenda Rio Grande, na região metropolitana, a instalação industrial consumirá um investimento de R$ 7 milhões. O objetivo é oferecer energia limpa a cerca de 3 mil pessoas a um preço 30% mais baixo do que a tarifa base da energia elétrica.

Estudos - Responsável pela implantação da usina, a Ecoperativa, empresa que fomenta outras micro e mini cooperativas de geração de energia, fez estudos ao longo de dois anos para preparar o processo de instalação da termoelétrica. “Chegamos à conclusão de que o Paraná tem muito potencial para produzir biomassa lenhosa, que acaba sendo mais barata do que a fotovoltaica e a eólica. O ‘payback’ é mais vantajoso e também se trata de uma fonte de energia intermitente”, explica o administrador de empresas Luiz Gonzaga Bettega Sperandio, um dos idealizadores da Ecoperativa.

Sistema de compensação - Ele explica que o projeto funcionará dentro de um sistema de compensação. Ou seja, ao aderir às cotas da cooperativa – cada cota é de 50 KW –, o cooperado recebe um crédito em quilowatts na sua conta, abatendo no consumo total. “Não precisa mexer na instalação elétrica da residência nem em nada. Outra vantagem é que as cotas são um bem de capital ativo. Se o cooperado se mudar para outro estado, por exemplo, pode vender essas cotas de volta para a cooperativa”, diz Sperandio.

Pessoa física - Qualquer pessoa física com uma unidade consumidora da Copel pode se tornar cooperado e beneficiar-se do sistema, inclusive em áreas rurais distantes da planta industrial. O projeto da usina, denominado Cooperativa de Energia Paraná 1, tem cada cota (de 50 KW) sendo comercializada por R$ 1,2 mil – só para pessoas físicas. Para 2020 está programada uma segunda planta no mesmo local: a Cooperativa de Energia Paraná 2, também com capacidade para gerar 1 MW, só que destinada exclusivamente a pessoas jurídicas, com cota a ser vendida por R$ 400.

Pouco explorada - De acordo com Sperandio, a produção de energia a partir de biomassa ainda é pouco explorada no cenário nacional. Além de ser uma fonte renovável de energia – substituindo os combustíveis fósseis –, pode aproveitar resíduos de produção agrícola diversos, como casca de arroz, bagaço de cana, palha de milho e cavaco de pinus, entre outros, o que vira uma alternativa de renda extra para os produtores rurais.

Transferência - Outra vantagem do sistema é que se o cooperado tiver um excedente de energia, pode transferir para outra propriedade em área rural ou na cidade, desde que tenha a mesma titularidade na Copel.

Funcionamento - As duas termoelétricas movidas a biomassa vão funcionar com uma planta industrial semelhante, o que inclui um processador Byocom, que transforma galhos e folhagem em cavaco, e um queimador, que funciona junto a uma caldeira. Esta, por sua vez, movimenta a turbina, gerando energia. Dependendo do tipo de biomassa a ser usada, troca-se apenas o tipo de grelha do queimador.

Fonte: Gazeta do Povo

Veja tambem

21/08/2018 | APLICATIVO DO CAMPO

Aplicativo feito pela UFMG indicará no celular as condições de frutas e legumes

A expectativa é a de que a tecnologia esteja disponível em até dois anos para download em smartphones

20/08/2018 | SHOW SAFRA 2019

Show Safra 2019 será lançado na próxima sexta (24)

Terá inicio as (09:30h), na Fundação Rio Verde, em Lucas do Rio Verde, médio norte de MT.

20/08/2018 | PRODUTIVA

Produtiva. Esta foi a avaliação da maioria dos participantes da Missão Técnica de Castro

O balanço foi positivo e a viagem bastante produtiva.

20/08/2018 | PISCICULTURA (PEIXE BR).

PEIXE BR lança campanha para aumento do consumo de peixes nativos no país

A recomendação da FAO é de 12 kg/hab/ano, porém, a média mundial é superior a 20 kg/hab/ano. “Precisamos impulsionar o consumo no Brasil

19/08/2018 | REGULADOR

Regulador chinês pede apoio de instituições financeiras a investimento em infraestrutura

A medida vem em meio a um período de incerteza para a economia chinesa, em parte devido à intensificação da tensão comercial com os Estados Unidos.

18/08/2018 | MILHO E SORGO

Mais de 90% do milho exportado é de Mato Grosso; ritmo de escoamento é menor

Secex egistrou que, mês passado, começaram as exportações da safra 2017/18 de milho no Brasil, apresentando 1,17 milhão de toneladas

17/08/2018 | SOJA EXPORTAÇÃO

Soja: Mercado se ajusta em Chicago após forte avanço e tem leve realização de lucros nesta 6ª

17/08/2018 | PROCESSAMENTO

Mercado de couro verde com viés de baixa

A maior produção de peles associada à baixa procura pelo produto final mantém o viés de baixa no mercado de couro

16/08/2018 | AGROPRODUÇÃO/MILHO

Exportação: Na comparação mensal, o milho tem alta de 88%

Segundo o Ministério da Indústria, Comércio Exterior e Serviços, as exportações de milho na primeira quinzena de agosto atingiram um volume de 799,9 mil toneladas

16/08/2018 | MERCADO FLORESTAL

Encontro em São Paulo reúne investidores nacionais e internacionais e empreendedores do setor florestal e agroflorestal

Seis fundos de investimento conheceram projetos de produtores e empresas brasileiras que, somados, possibilitariam a restauração e reflorestamento de 17 mil hectares em seis estados diferentes

15/08/2018 | GESTÃO

Beef Tour 2018 percorre fazendas dos Estados Unidos que fornecem genética bovina para o Brasil

Propriedades norte-americanas estão entre as mais criteriosas do mundo

14/08/2018 | FEIJÃO

VI Fórum de Feijão e Pulses acontecerá em Curitiba nos dias 15 a 17 de agosto é patrocinado pela UPL e Advanta

Pesquisadores, produtores e todos os interessados no tema se reunirão para palestras e discussões sobre o mercado pulses e feijão