Siga-nos nas redes sociais:

Dia de Campo Milho Safrinha difunde híbridos de biotecnologia avançada

Mais de 50 híbridos foram apresentados no Dia de Campo do Milho Safrinha Copagril, realizado sexta-feira (08/06) na Estação Experimental da cooperativa, em Marechal Cândido Rondon (PR) 14/06/2018 - 07:05:04

Mais de 50 híbridos foram apresentados no Dia de Campo do Milho Safrinha Copagril, realizado sexta-feira (08/06) na Estação Experimental da cooperativa, em Marechal Cândido Rondon (PR).

Muitos produtores rurais circularam pelo local do evento, aproveitando a oportunidade de ampliar seus conhecimentos sobre os diferentes materiais expostos.

Empresas parceiras - De acordo com o diretor-presidente da Copagril, Ricardo Sílvio Chapla, o Dia de Campo contou com empresas parceiras para demonstrar aos associados da cooperativa e produtores em geral as características das variedades que estão no mercado. “Na nossa estação experimental os produtores têm condições de comparar os híbridos e escolher aquele que melhor se adapta às condições de sua propriedade. Nós recomendamos que o produtor escolha variedade que tenha não só boa produtividade, mas também boa qualidade de grão”, salienta.

Tendência - Conforme Chapla, existe uma tendência que o milho poderá se tornar uma commodity a ser classificada a partir do seu teor de amido. Desse modo, poderão ser melhor remunerados os produtos com maior conversão em energia – assim como hoje acontece com o trigo, por exemplo.

Bons resultados - Segundo o diretor-presidente, mesmo com a estiagem de cerca de 40 dias ocorrida na região Oeste paranaense, muitos produtores deverão ter bons resultados na colheita da safrinha deste ano. “É evidente que haverá grande variação de resultados, mas principalmente quem investiu em tecnologia poderá ter uma produtividade satisfatória”, enfatiza Chapla.

Experimentos - Na estação experimental, a Copagril cultivou mais de 50 híbridos de empresas parceiras, dividindo em parcelas devidamente identificadas. Conforme o gerente da área experimental, Darci Sonego, todas as variedades receberam o mesmo manejo. “O plantio foi realizado no dia 06 de fevereiro, com adubação de base (14 sacos) e adubação nitrogenada de cobertura (sete sacos). Foram realizadas três aplicações de fungicida e quatro de inseticida”, descreve, acrescentando que, mesmo diante da estiagem prolongada não houve irrigação.

Dicas - No evento, os visitantes ainda receberam dicas de manejo e podem conferir demonstração de pastagens, agricultura de precisão e máquinas agrícolas.

Biotecnologia - Durante as visitas, os produtores receberam informações sobre os tipos de híbridos, suas características de colmo, enraizamento, tolerância às condições climáticas, resistência a pragas, formação de espiga e peso de grão. Algumas empresas fizeram pré-lançamento de uma nova geração de híbridos, com maior biotecnologia, que será colocada no mercado já para a próxima safrinha: são materiais com ultrarresistência a lagartas.

Colheita - O desenvolvimento das plantas e as espigas formadas puderam ser conferidas durante a visitação ao evento. “Depois que o milho estiver maduro e fizermos a colheita, todos os resultados de produtividade de cada híbrido serão repassados para o nosso setor agronômico da cooperativa, ficando à disposição dos produtores que quiserem obter esta informação após o evento”, conclui Darci Sonego.

Fonte: Portal do Agronegócio

Veja tambem

17/07/2018 | BOVINOS DE CORTE

Raça Montana passa a integrar programa de produção de carnes premium da JBS

O Programa Montana se enquadra com folga nas exigências da norma 1953, fornecendo animais com mais de 50% de composição taurina e cobertura de gordura entre três e seis milímetros

16/07/2018 | ANÁLISE DE MERCADO

Produtividade garantirá safra recorde de grãos em Minas

A safra 2017/18 de grãos caminha para o encerramento com um novo recorde produtivo em Minas Gerais

16/07/2018 | ANÁLISE DE MERCADO

IGP-10 desacelera alta a 0,93% em julho com queda de agropecuários no atacado, diz FGV

Os preços dos Produtos Agropecuários registraram no período queda de 0,83 por cento, depois de terem avançado 2,78 por cento em junho.

15/07/2018 | EXPORTAÇÃO

Brasil exportou 2.157 milhões de sacas de café no mês de junho

Comparada a maio passado, onde os números ficaram em 1.414 milhão de sacas e US$ 214,3 milhões de faturamento, as exportações de café de junho apresentaram elevações de 52,6% em termos de volume e 44,8% na receita cambial

14/07/2018 | EXPORTAÇÃO

Exportações totais de carne bovina caem 47% em junho

Com isso, o semestre foi encerrado com um crescimento de apenas 4% em toneladas e de 3% na receita

13/07/2018 | TRANSPORTE

Sem transporte, comercialização da soja em Mato Grosso trava em 86%

Relatório do Imea alerta que os efeitos da greve dos caminhoneiros praticamente pararam as negociações de soja no Estado

12/07/2018 | AGRO/SOJA

Venda de soja da safra 17/18 chegou a 77% do total, estima consultoria

De acordo com a Safras e Mercado, sojicultor também já comprometeu 15% da produção de 2018/2019, que ainda será plantada

11/07/2018 | APOSTA DE FUNDOS

Mundo enfrenta enorme excedente de açúcar

Os estoques de açúcar deverão atingir um recorde e, devido à desaceleração do crescimento da demanda e ao aumento da produção, a commodity registra o pior desempenho de 2018

10/07/2018 | MERCADO FINANCEIRO

Bolsa de Buenos Aires: seca representa perda de US$6 bi na soja e milho argentinos

09/07/2018 | ANÁLISE DE MERCADO

Enormes e implacáveis

A sobretaxa imposta pelo governo chinês às importações de carne de frango do Brasil, de até 38% e em nome de uma política antidumping, pode ter raízes e implicações negociais mais profundas do que a aparência sugere

06/07/2018 | AGRO/FEIÃO

Previsão de esfriamento da Terra deve impactar a produção de Feijões, Pulses e Colheitas Especiais

Informação é do professor Luiz Carlos Molion, que vai ministrar palestra sobre as perspectivas do clima para 2018/2019 e as tendências para os próximos anos no VI Fórum Brasileiro do Feijão, Pulses e Colheitas Especiais

05/07/2018 | EXPORTAÇÃO

Produtor brasileiro de leite recebe proteção em proposta que limita importações

O produto mais importado foi o leite em pó (61%), seguido pelos queijos (26%), com maior concentração na Argentina e Uruguai.