Siga-nos nas redes sociais:

BOI/PERSPEC 2020: Oferta restrita e demanda firme podem seguir sustentando preços em 2020

O setor pecuário nacional inicia 2020 com perspectivas de que o mercado siga firme 16/01/2020 - 11:00:45

De acordo com pesquisadores do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, o fundamento vem da baixa oferta de animais para o abate e da possível continuidade da demanda internacional aquecida. Nesse sentido, em 2020, a pecuária nacional vai ter que responder com aumento de produtividade para conseguir atender à crescente demanda por novos lotes para abate.

No geral, o cenário econômico brasileiro é favorável. O Relatório Focus, divulgado pelo Banco Central (BC) no encerramento de dezembro, prevê crescimento de 2,3% da economia brasileira em 2020. Além disso, estimativas indicam inflação controlada e taxa de juros baixa, contexto que pode atrair novos investimentos na produção e estimular a demanda.

Do lado da oferta, a disponibilidade de animais está baixa em todas regiões acompanhadas pelo Cepea. De modo geral, esse cenário é resultado do crescente abate de fêmeas em anos recentes. Além disso, os preços considerados baixos por operadores de mercado entre 2017 e início de 2019 também desestimularam parte dos pecuaristas, o que freou o ritmo de investimentos nos últimos anos. Nesse sentido, os preços do bezerro devem continuar firmes ao longo dos próximos dois anos.

Quanto à procura, pesquisadores do Cepea indicam que a esperada melhora da economia tende a elevar a demanda por carne bovina. Ressalta-se, contudo, que o atual alto patamar dessa proteína pode fazer com que parte dos demandantes migre para proteínas mais competitivas, como a suína e a de frango.

Já no contexto internacional, os persistentes casos de Peste Suína Africada (PSA) na China podem manter o país asiático comprando volumes elevados de carne bovina brasileira. O alto patamar do dólar, por sua vez, deve continuar estimulando frigoríficos exportadores a realizarem novos contratos externos. Ressalta-se que, em novembro de 2019, novas plantas frigoríficas brasileiras foram habilitadas para exportar carne à China e, para 2020, há possibilidade de abertura de novos mercados, como a Indonésia.

Assim, agentes do setor acreditam que os embarques brasileiros de carne bovina sigam acima de 100 mil toneladas por mês, cenário que tem sido verificado desde julho de 2018, conforme dados da Secex.

CUSTOS DE PRODUÇÃO – As perspectivas são de aumento nos custos de produção da pecuária de corte em 2020. O principal motivo é a baixa oferta de animais de reposição e sua consequente valorização – vale lembrar que esse item chega a representar mais da metade dos gastos dentro da fazenda de recria. Somado a isso, os fundamentos atuais indicam sustentação nos preços do milho, que estão mais elevados no mercado domésticos, devido, entre outros fatores, às exportações recordes desse cereal em 2019.

Fonte: Portal do Agronegócio / CEPEA

Veja tambem

19/09/2020 | AGRONEGÓCIO

No topo da produção nacional de grãos, Sapezal comemora 26 anos; Governo celebra com repasses em dia e ajuda no combate à Covid 19

O município figurando entre os primeiros do país na produção de algodão, soja e milho. Recebeu, entre janeiro e setembro deste ano, R$ 46,323 milhões de repasses referentes a ICMS, IPVA e Fethab. Também foram enviados testes rápidos e medicamentos

16/09/2020 | PRÓXIMA SAFRA

Produtores rurais apostam em capacitação enquanto aguardam chuva

15/09/2020 | AGRONEGÓCIO

Anec eleva previsão para exportação de milho do Brasil em setembro; mantém soja

O Brasil está no pico do escoamento do milho, com a Anec projetando no início do mês embarques entre 31 milhões e 33 milhões de toneladas para 2020.

14/09/2020 | BOVINOS DE CORTE

Exportações brasileiras de carne bovina crescem 12,3% no acumulado de 2020

Volume embarcado entre janeiro e agosto de 2020 chegou a 1,294 milhão de toneladas; faturamento no período cresceu 23,3%

13/09/2020 | AGRONEGÓCIO

Exportações do agronegócio do Brasil somam quase US$ 9 bi em agosto com soja e açúcar

Em agosto, as exportações de soja em grão atingiram 2,21 bilhões de dólares, alta de 25,1% na variação anual, mas abaixo dos 3,61 bilhões obtidos em julho.

09/09/2020 | AGRONEGÓCIO

Mato Grosso representa o Brasil em Feira Internacional de Investimento na China

A CIFIT é um evento internacional de promoção de investimentos da China que visa facilitar o investimento bilateral.

08/09/2020 | SOJA

Vendas da nova safra de soja de MT alcançam 55,9% do esperado; as de milho superam 50%

Produtores estão adiantados em fechamentos de negócios para a safra futura.

05/09/2020 | AGRONEGÓCIO

Forte exportação de soja, milho, arroz e feijão faz preços explodirem e traz de volta a ameaça da inflação

Exportação aquecida de grãos pode provocar crise na agroindústria, alerta a Federação da Agricultura e Pecuária de Sta. Catarina (Faesc)

05/09/2020 | RURALISTA

Planejamento rural auxilia na profissionalização das propriedades

Assessoria jurídica com foco no direito rural pode ser determinante na tomada de decisões e sucessão no agronegócio

04/09/2020 | AGROGESTÃO RURAL

Embrapa oferta material propagativo de mandiocas de indústria para o Brasil Central

Já está disponível o edital de oferta pública para produtores de mudas de mandioca

01/09/2020 | BOI

Arroba do boi a R$240 já está consolidada com alta da carne no atacado, mas para chegar aos R$245 precisa de aval do consumidor

Arroba do boi a R$240 já está consolidada com alta da carne no atacado, mas para chegar aos R$245 precisa de aval do consumidor

01/09/2020 | ETANOL

Usina de etanol de milho começa a operar em Nova Mutum (MT)

Mais uma usina de etanol de milho inicia suas atividades no Brasil